Um povo analfabeto é um povo fácil de ser enganado.Professores em luta por escola pública de qualidade.

Professores e alunos, da rede estadual, em Peruíbe, sairam em passeata no dia 1º de Maio de 2013 reivindicando melhores condições de trabalho, ensino de qualidade em escolas públicas e melhoria do salário da categoria.

A concentração foi na Praça da Igreja Matriz de Peruíbe, o BOCA DE RUA foi convidado a comparecer e esteve presente do começo ao fim, na luta junto com os professores e alunos que levaram faixas, cartazes e camisetas com frases de impacto.

O QUE, REALMENTE, OS PROFESSORES ESTÃO REIVINDICANDO???

Eles estão reivindicando não só melhoria salarial, mas também, melhoria nas dependências das escolas, em salas de aula, material didático, reivindicam que haja o básico suficiente para poder exercer um trabalho digno com os alunos, eles reivindicam que haja diginidade para eles e para os alunos, haja vista, o ensino estar deveras banalizado, que há aluno do 3º colegial que escreve “ÇENHORA” ao invés de Senhora, como podem prestar um exame do ENEM e serem bem sucedidos? Humanamente impossível.

VEJA A QUALIDADE DO NOSSO ENSINO.

O País que tem na Casa de Leis um deputado como esse, não pode esperar que haja qualidade no ensino sem haver muita luta pela melhoria na educação. Tendo em vista, ser esses homens da Lei que irão elaborar Leis para todo brasileiro cumprir.

É ISSO QUE VOCÊ QUER PARA SEU FILHO???

Ou melhora a educação, o ensino ou estaremos fadados a continuar na lanterna, onde, há alguns anos estávamos no mesmo patamar em qualidade de ensino que a Angola.

MAIS UMA REIVINDICAÇÃO, DE FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS, E NÃO VI O VEREADOR DO PT QUE DIZ LUTAR PELOS TRABALHADORES.

Na reivindicação do SINTRAPE a luta dos SERVIDORES PÚBLICOS o tal do vereador do PT que se diz o melhor de todos e o RESTO é RESTO, não comparece para ajudar os trabalhadores, o PT não quer dizer PARTIDO DOS TRABALHADORES? eentão senhor vereador, o RESTO do povo estava lá na praça da matriz na luta por melhores condições de trabalho, melhoria na educação pública e melhoria salarial e o senhor mais uma vez virou as costas para os trabalhadores.

O BOCA DE RUA entrou em contato com o vereador do mesmo partido do Governador do Estado de Sâo Paulo, que também não pode comparecer, mas enviou um comunicado, veja:

Agradeço as palavras de apoio. Isso nos fortalece no trabalho de cada dia. Conte comigo nessa luta de melhorar a nossa cidade e defender a população de Peruíbe para que tenham uma vida digna e que haja respeito ao dinheiro público por nossos governantes.

Com relação à manifestação, infelizmente não poderei comparecer, em razão de compromissos assumidos anteriormente.

Ressalto meu apoio a toda reivindicação justa do funcionalismo. São pessoas trabalhadoras que merecem um salário digno com a função que exercem junto à população.

Entretanto, vejo necessário olhar com algumas ressalvas essa manifestação, primeiro por me parecer uma greve política, sem o apoio maciço da classe dos professores; segundo por perceber que o Estado de São Paulo é uma das unidades da Federação que paga salários acima do piso nacional, além de ter instituído avaliação por mérito, que resulta na valorização dos profissionais da educação, inclusive na questão salarial.

Repito: apóio a luta por salários melhores. Mas acho que essa luta precisa ser feita de uma forma honesta, deixando as questões políticas e partidárias de lado.

Coloco-me, como sempre, à disposição.

Atenciosamente.

Luiz Mauricio (VEREADOR)

Excelentíssimo senhor vereador, devo discordar do senhor, haja vista, reivindicar melhores condições em sala de aula e melhoria no ensino público, não vejo cunho político, tampouco, que haja questões político-partidárias nesse movimento totalmente legal, o que eles reivindicam é apenas poder ter o básico para trabalhar que tem mãe de alunos que dizem ter comprar até giz para o filho levar para os professores, é o mínimo que se tem que ter em uma sala de aula é o giz que é a ferramenta básica do professor.

QUANTO GANHA UM PROFESSOR???.

QUANTO GANHA UM GARÇOM NO SENADO???.

SERÁ QUE ISSO ESTÁ CERTO???

No manifesto dos professores havia uma criança com um cartaz dizendo o seguinte:

GOVERNADOR, FINJA QUE EU SOU A COPA DO MUNDO, INVISTA EM MIM.

Esse é o lamento de um povo que não tem perspectiva de um futuro melhor, um povo que não visualiza melhoria em nenhum setor público, principalmente no da EDUCAÇÃO.

O DESPERDÍCIO DO DINHEIRO PÚBLICO.

Em um colégio da cidade de Peruíbe o material escolar estava assim, veja só como o desperdício do dinheiro público está em todos os lugares:

AS FOTOS FALAM POR SI SÓ.

Esse é o reflexo de uma EDUCAÇÃO FALIDA, um sistema de ensino de fachada, de enganação, de hipocrisia.

O POVO É MASSA DE MANOBRA DOS POLÍTICOS.

Os professores da rede estadual estão em campanha salarial e educacional. Várias escolas do município paralisaram suas atividades por tempo indeterminado, de acordo com declaração realizada por eles próprios.

Insatisfeitos, disseram “Não fazemos greve porque queremos ou gostamos, a greve é um recurso que os trabalhadores têm quando as tentativas de negociação não surtem efeito e a situação fica insustentável e este é nosso caso”.

A greve teve início no mês de Abril após convenção realizada na capital paulista com cerca de 20 mil profissionais e será por tempo indeterminado, pois o Governador está resistindo e querendo descaractarizar o movimento em prol de melhoria no ensino além de estar fazendo uma manobra rasteira, com o visivel intuíto de jogar a população contra os professores que a reivindicação maior dessa CLASSE é mais para melhorar a qualidade no ensino do que a melhoria salarial, mas o governo esperto e não querendo perder a pose de tucano MENTE descaradaMENTE, para que a população fique contra os professores e a favor do governo.

POSTADO PELA EQUIPE DO BOCA DE RUA

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

4 respostas a Um povo analfabeto é um povo fácil de ser enganado.Professores em luta por escola pública de qualidade.

  1. Nicole Kirby disse:

    Na rede municipal de ensino de Cuiabá, a categoria cobra o cumprimento das metas estabelecidas no Plano Municipal de Educação, aprovado pela Câmara de Vereadores em dezembro de 2010, que assegura a ampliação dos recursos como garantia da universalização do atendimento da educação fundamental e infantil, a melhoria nas condições estruturais das escolas e creches e a valorização dos trabalhadores da educação com recomposição salarial acima da inflação.

  2. Marco A. Cunha disse:

    Caso consigam 10% de aumento e mais 10 alunos por sala de aula, o que acontece com a greve ?

    • Katsunori disse:

      Para a Maria, para o Sr. Nogueira e para o Sr. Crato (estes dois faltimos farinha do mesmo saco)Sou prsfeosor contratado colocado em duas escolas (num total de 17 horas semanais), uma delas dista 120 Km da minha resideancia e tenho, nesta escola, um hore1rio de 6 horas com contrato ate9 final de julho, com um vencimento de 200 euros que nem de1 para o combustedvel. Nunca faltei a uma fanica aula, tenho suportado reunif5es mensais de departamento com durae7e3o de 5 horas e agora fui presenteado com duas vigile2ncias e uma coadjuvae7e3o nos exames, mais que qualquer prsfeosor do quadro daquela escola. Como o Sr. Crato afirma, os prsfeosores contratados ganham menos porque fazem menos. Aqui este1 um bom exemplo.Como ne3o sou do tipo de fazer muitos trabalhinhos em cartolina para pendurar nas paredes da escola (julgo que chamam a isto participar na vida da escola e da comunidade) irei ser avaliado com Bom.Como tenho apenas 9 contratos com o ministe9rio da educae7e3o que totalizam 6 anos de servie7o, ne3o irei entrar para os quadros (posie7e3o do tal movimento); como ne3o tenho 4 contratos anuais seguidos na mesma escola, embora tenha uma graduae7e3o profissional e habilitae7f5es profissionais e litere1rias muito superiores e0queles que os team,ne3o irei entrar para os quadros (posie7e3o do Sr. Nogueira).De1 vontade de agarrar numa espingarda e correr esta gente toda e0 rajada.

  3. As ações e programas de luta em favor de uma Educação de qualidade na Bahia são o tema principal do governador Jaques Wagner em seu programa semanal de rádio desta terça-feira (2). Ele afirma que uma das prioridades do seu primeiro governo e do atual mandato é traduzida no Programa Todos Pela Escola, que visa “reforçar o ensino fundamental da 1ª à 3ª série, trazendo uma metodologia mais moderna, material didático, material para a sala de aula, de tal forma que a gente possa colher essa melhoria no ensino”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>