A população de Peruíbe exige que a prefeita explique, porque paga mais para a UPA e atende menos pessoas?

INFORMAÇÃO IMPORTANTÍSSIMA DO VEREADOR LUIZ MAURÍCIO.

Na sessão ordinária do dia (5), na câmara municipal de Peruíbe, o vereador Dr. Luiz Maurício (PSDB) apresentou documentos obtidos junto ao site do ministério da saúde e, segundo demonstrado, a UPA de Peruíbe gasta mais e atende menos pessoas do que a unidade de praia grande.

De acordo com dados do ministério e do contrato firmado entre a prefeitura de praia grande e a empresa gestora da UPA, a cidade paga R$ 1,350 milhões para o atendimento de cerca de 50 mil pacientes/ mês.

Já a cidade de Peruíbe mantém um contrato emergencial com a associação plural, pagando R$ 1.700 milhões para o atendimento de cerca de 15 mil pacientes/mês.

Conforme documentos exibidos pelo Dr. Luiz Maurício, o custo por paciente em praia grande é de R$ 27,00, enquanto que em Peruíbe é de R$ 113,33. As informações trazidas pelo vereador apontam para uma diferença de R$ 86,33 por paciente, entre a UPA de praia grande e a de Peruíbe. “exijo que a prefeita explique porque paga mais e atende menos pessoas.

A comparação dessas informações indica uma situação muito grave acontecendo na prefeitura de Peruíbe.

Dinheiro público precisa ser usado com responsabilidade” disse o vereador denunciante. O contrato emergencial existente entre a prefeitura de Peruíbe e a atual gestora da UPA, tem sido motivo de discussões durante as sessões na câmara municipal da cidade.

POSTADO PELA EQUIPE DO BOCA DE RUA

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

4 respostas a A população de Peruíbe exige que a prefeita explique, porque paga mais para a UPA e atende menos pessoas?

  1. Fábio disse:

    Isto não é uma acusação, mas considerando que os nossos excelentes edis agindo de maneira sorrateira e encoberta, levando a efeito reuniões “secretas” em que o povo e a imprensa livre tenham acesso proibido ao que está sendo tratado (veja reuniões da CEI há poucos meses), será que essa diferença não estaria na mala preta da senhora baixinha que foi atendida rapidamente, entrando no recinto após toctocar na porta? – Veja sua postagem “…De repente, junto com o Diretor da Câmara, veio uma senhora, baixinha, com uma mala preta na mão, nunca vi a tal senhora, o diretor da Câmara deu apenas dois toques na porta (toc, toc) e o Woner veio abrir a porta só que não abriu de tudo com medo que entrássemos, ele abriu a porta, meia boca, pegou a mala da mão da senhora e fechou novamente, e a senhora foi embora.” É… dá o que pensar!

    • Pois então Fábio, caso não houvesse nada na tal mala que fosse comprometedor, talvez ele pudesse abrir a mala e mostrar para o Plínio e para mim. Mas ao contrário ele pegou rapidamente a mala e fechou a porta que estava entreaberta, partindo daí ele abriu um leque de hipóteses que nós pudéssemos levantar. Será que é isso??? Será que é aquilo??? Ou será que “são” aquilo????

  2. haydée domingues disse:

    Precisei de atendimento médico no UPA na madrugada de 24 para 25/9 com pressão arterial 19/9. Recebi atendimento rápido e atencioso por parte de atendentes, enfermeira e também dos médicos.Fui medicada mas não a pressão não baixou e depois de 12 h em observação fui para a Unimed outra cidade, pois em Peruíbe não há outro atendimento
    emergencial. Precisei andar 40 km para um atendimento adequado.
    Apesar dos esforços dos profissionais da UPA lá falta algodão, luvas descartáveis e medicamentos . Lá o médico solicitou 4 medicamentos e só havia à disposição 1 dos que ele pediu. Parabéns a esses profissionais que cumprem seu dever com dignidade., mas os poderes públicos deixam muito, muito a desejar!

    • Veja voce que o BOCA DE RUA está sendo chamado quase todos os dias la no Forum p explicacoes do porque o BOCA sempre aborda o assunto Plural sera que é o BOCA que tem mesmo que dar explicações ou sao eles que têm que dar explicações a população de Peruibe por estar faltando médico remédio e até o básico?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>