Nelsinho do Posto (Secretário da Saúde Pública) parece articular com o Conselho de Saúde de Peruíbe a cassação da Prefeita Ana Preto.

VEJA COMO ESTÁ SENDO FEITA A ARTICULAÇÃO.

Uma articulação Comandada por Américo Pereira, presidente do Conselho Municipal de Saúde, está muito próxima de cassar o mandato da Prefeita Ana Preto.

SECRETARIO-DA-SAUDE

Percorrendo o mesmo caminho que cassou os direitos políticos de Julieta Omuro, o Presidente do Conselho de Saúde, apoiado pelo vice-prefeito, atual Secretário da Saúde Municipal, Nelsinho do Posto parece estar articulando a cassação da Prefeita Ana Preto.

EXPULSÃO DO CONSELHEIRO PLÍNIO MELO, PELO PRESIDENTE DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE PÚBLICA.

Expulsao-Conselheiro

Só tem rabiscos nessa folha, as únicas assinaturas que vemos bem nítidas são a do Sr. Américo Pereira que certamente será chamado a depor do Sr. Josias e da Srª Aurilene que parece ser a concubina do presidente do Conselho, também serão chamados a depor, só que agora será diferente da OBRIGAÇÃO DE FAZER.

DA LEI QUE REGULAMENTA O CONSELHO MUNICIPAL DA SAÚDE.

LEI-2.342-CMSP
LEI-2.342-CMSP2002

Como podemos ver, qualquer outro membro do Conselho Municipal de Saúde poderia ter sido excluído, menos o PLÍNIO ou outro qualquer representante dos usuários do SUS, assim preceitua a LEI específica para a criação do Conselho.

Vejamos o que diz o artigo 130 parágrafo 2º da Lei Orgânica do Município (LOM) essa lei é a nossa Carta Magna, depois das Constituições Federal e Estadual essa Lei é a nossa Constituição, veja:

Lei Orgânica do Município de Peruíbe – atualizado até a Emenda nº 24, de 15 de Outubro de 2009

Art. 130. Ficam criadas no âmbito do Município duas instâncias colegiadas de caráter deliberativo: a conferência e o conselho municipal de saúde.

DO BOLETIM DE OCORRÊNCIA DO PLÍNIO, CONTRA O PRESIDENTE DO CONSELHO.

BO-DO-PLINIO

DA REPRESENTAÇÃO CONTRA O PRESIDENTE DO CONSELHO.

REPRESENTACAO1.
REPRESENTACAO2.

Vale ressaltar que o Regimento Interno supostamente foi feito da maneira que o presidente achou melhor, totalmente à revelia da Lei, como manda o Estatuto do Conselho Estadual de Saúde Pública, a Lei manda que sejam nomeados apenas dois funcionários do município e o Presidente decidiu, por nomear quatro, o cargo de chefia, o senhor conselheiro recebe como chefe de transporte, recebe como supervisor e continua como Conselheiro, o que é proibido também e outras tantas irregularidades que existem no Conselho Municipal de Saúde de Peruíbe, que o Conselho tem um único dono, esse dono chama-se Américo Pereira.

Há indícios que seriam dois anos de mandato para o presidente, supostamente o Sr. Américo Pereira, mudou de dois anos para quatro anos, isso tudo teria sido feito a bel prazer e teria sido do gosto do presidente do Conselho, ele impede que tenhamos acesso aos documentos públicos, agora está tentando impedir que o povo participe das reuniões do Conselho Municipal de Saúde, ele até ameaçou de chamar a polícia para tirar a Claudete Andreotti de dentro da Reunião do dia 10/10/2013, sob a alegação de que ela não poderia falar nada, teria que entrar muda e sair calada, essa é a ditadura do CMS de Peruíbe, veja só como foi o ocorrido:

Como Julieta Perdeu os Direitos Políticos.

A ex-Prefeita Municipal JULIETA FUJINAMI OMURO, por vontade própria e sem qualquer fundamento legal, anulou as nomeações dos Conselheiros sem respeitar o término do mandato de 2 (dois) anos que os conselheiros tinham o direito de cumprir.

Em uma Ação Civil Pública movida pelo MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO SÃO PAULO em litisconsórcio ativo com a MONGUE PROTEÇÃO AO SISTEMA COSTEIRO contra a MUNICIPALIDADE DE PERUÍBE e a EX-PREFEITA MUNICIPAL JULIETA FUJINAMI OMURO, ante a ocorrência de violação aos princípios orientadores da Administração Pública.

O Tribunal de Justiça resolveu condenar JULIETA FUJINAMI OMURO à suspensão de seus direitos políticos por cinco anos; ao pagamento de multa civil de cinco vezes o valor de sua última remuneração percebida no cargo de Prefeita Municipal de Peruíbe, com a devida atualização monetária; além da proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de três anos.

Ana Preto vai perder os Direitos Políticos e Nelsinho vai assumir?

Com apoio e proteção do Vice – Prefeito e atual Secretário de Saúde, o presidente do Conselho Municipal está “cassando e expulsando” Conselheiros eleitos na Conferencia Municipal de Saúde e empossados por Decreto Municipal.

Qual será o objetivo? O Vice se tornará Prefeito e o Presidente do Conselho, apesar da “meia dúzia de votos” que teve como candidato a Vereador supostamente,usando a Saúde como TRAMPOLIM POLÍTICO, pois usou o SLOGAN para as ELEIÇÕES como sendo AMÉRICO DA SAÚDE, será que ele ganhará algum cargo? Vamos esperar pra ver.

MAIS UM PITACO DA CEI DA SAÚDE.

POSTADO PELA EQUIPE DO BOCA DE RUA

CEGA

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

4 respostas a Nelsinho do Posto (Secretário da Saúde Pública) parece articular com o Conselho de Saúde de Peruíbe a cassação da Prefeita Ana Preto.

  1. Stanley disse:

    Se essa articulação está rolando mesmo, não sei até que ponto isso seria bom para cidade. vejo motivos para se preocupar
    - O vice-prefeito é secretário de saúde e até o momento não melhorou a Saúde em nada, nem o local onde ele fica o dia todo foi melhorado, continua cheio de ratos pombos e etc, continuar no cargo de Secretário e articular contra a Prefeita mostra que ele também não é tão ligado aos bons princípios, se deseja tira-la do poder seria mais ético e digno deixar o cargo, afinal ele falando mal da gestão e da Saúde esta dando um tiro no próprio pé.
    Um processo de cassação não teria grandes resultados nesse momento, até porque ela certamente ira recorrer e vai arrastar a cassação até o final do mandato, isso é bem lógico e praticamente certo. além disso ainda há o fato de que ela já não faz grande coisa sem estar sendo cassada, com uma cassação em andamento seria muito pior. Uma vantagem da cassação seria deixa-la fora da próxima eleição mas ai só pagando pra ver.
    Realmente não vejo uma saída a curto prazo para nossa cidade….

    • Stanley, desde que iniciou o ano de 2013, vários prefeitos já foram cassados, por IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA, impossível que essa prefeita com todos esses Contratos milionários que ela fez sem licitação, nem precisa mais nada, se tivermos um Judiciários IMPARCIAL e que CUMPRA A LEI À RISCA teremos sucesso em nosso pedido, caso contrário, ela continuará mesmo até o final do mandato dela, mas, ao entrar com uma AÇÃO na Justiça, não tem mais volta.

      Não viu a velha prefeita? Tentamos de todas as maneiras e olha que materialidade tínhamos de sobra, para cassar a velha prefeita, nem precisava muito bastava o caso da O.O.LIMA, só o fato dela ter contratado essa empresa já daria a cassação dela, contratou a MIKZ supostamente, sem licitação, contratou a TERMAQ, talvez da mesma maneira, a OSEP, a MRF, a CARVALHO, a ABC, etc e ela foi até o final, mas agora está começando a pipocar os resultados em favor da sociedade e contra quem deu causa a tudo isso.

      Também vejo a longo prazo para isso começar a melhorar.

      O povo tem que aprender que essas duas famílias dilapidaram o patrimônio público, depreciaram os imóveis da cidade de Peruíbe, por isso mereceriam uma AÇÃO INDENIZATÓRIA POR DANOS MORAIS.

  2. Frente aos últimos fatos ocorridos e a inércia e irresponsabilidade apresentados por nossos administradores e Prefeita Ana Preto…tive a iniciativa de encaminhar ofício ao Secretário de Segurança do Estado:

    Ilmo Senhor Secretário de Segurança do Estado de São Paulo
    D.D Sr.Fernando Grella Vieira!
    Diante o aumento vertiginoso da criminalidade na cidade de Peruíbe,Estância Balneária e Turística,eu,Julio Cesar Brasileiro,RG 13.835.772,Funcionário Efetivo há 31 anos junto a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo,solicito através deste,as seguintes informações e ao final requerer o que se segue:
    1)Tem o Sr acompanhado os lamentáveis fatos criminais(assassinatos,latrocínios,furtos de toda ordem,invasões a residências,explosões de caixas automáticas,etc,etc) ocorridos nos últimos 6 meses em nossa cidade de Peruíbe?
    2)Qual é o atual efetivo de oficiais,soldados e número de viaturas em condições para efetuar o patrulhamento da cidade?
    3)Quais são as estratégias atuais de segurança afim de resguardar locais públicos e população da cidade,tais como Rodoviária,Região Central e bairros,Orla Marítima,Bares e Restaurantes?
    4)Qual o motivo de não se fazer policiamento ostensivo e 24 horas na cidade?
    5)Por qual razão não se utilizam os locais existentes de alvenaria nas entradas da cidade,na orla marítima e também no Guaraú,onde também já existem estruturas físicas?
    6)Por qual motivo e razões ainda não se utilizam os aparelhos “decibilímetro e bafometro” afim de se coibir os excessos?
    7)Se existe,qual o Projeto a ser executado para Festas de Fim de ano e durante temporada de férias?Períodos aos quais,comprovada e estatísticamente a população quadruplica.
    8)Por qual motivo,ultimamente o fone 190 não atende aos chamados na cidade nos horários noturnos e madrugadas?E quando atende, a demora em executar a averiguação ultrapassa os limites propostos pelos orgãos de segurança nacional.
    9)Existe projeto para ampliação e fixação do efetivo Policial para a cidade ainda este ano de 2013 e também 2014?
    Diante ao exposto, solicito suas dignas providências urgentes, com a finalidade de executar ações afim de proteger e salvaguardar a segurança da população da cidade de Peruíbe.
    (Cópia desta será encaminhada junto a Casa Civíl do Governo do Estado,Comissão de Segurança na Assembléia Legislativa do Estado,etc).
    Grato:Júlio Cesar Brasileiro Pereira

  3. Pietro disse:

    Pelo que se pode observar o povo peruibense continuara a tomar suco feito com LARANJAS PODRES.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>