Que Estado é esse? Deve o Estado servir ao cidadão ou deve o cidadão servir ao Estado?

ESTADO-INVASOR-CAM04043

A Barra do Una é da União: Federal e da União do Povo, não é do Estado de São Paulo.

A BARRA DO UNA EM PERUÍBE, é terra da UNIÃO, Federal e da UNIÃO dos moradores, do povo que está engajado a defender esses moradores que há mais de meio século vivem de maneira sustentável nesse local e agora, chega o gigante, que é o ESTADO e sem ao menos uma prosa com os moradores que lá estão, chega demolindo as residências, arrancando os móveis de dentro das casas na ausência dos moradores, lacrando as casas como se ele fosse regido pela Lei de Talião a Lei do olho por olho dente por dente, do velho ditado: QUEM PODE MAIS CHORA MENOS.

Olho por olho dente por dente

FÓRUM, O PIVÔ DE TODA ESSE TRANSTORNO DA BARRA DO UNA.

Desta vez, foi a frente do Fórum, o local escolhido como palco de um protesto dos moradores da Barra do UNA, foi um manifesto pacífico como sempre, eles foram embaixo de chuva reivindicar o óbvio, que é o DIREITO A MORADIA DAS FAMÍLIAS QUE VIVEM HÁ MAIS DE MEIO SÉCULO NA BARRA DO UNA a palavra DIREITO já diz tudo, esse direito que não é respeitado pelo próprio ESTADO TIRANO.

JUIZ

Existem famílias tradicionais que vivem há mais de cinquenta anos naquele local, muito antes do Governo do Estado decretar que lá é ÁREA DE RESERVA, não são os moradores, que lá estão, há décadas, que são os invasores e sim o ESTADO que acabou de chegar por lá, sequer foi conversar com o povo que lá está há vários anos de maneira sustentável, sem depredar a Natureza, o ESTADO TIRANO E NAZISTA, esse sim, está depredando a natureza demolindo as residências e deixando para trás todo o entulho sem remover do local, isso sim é depredação, isso sim é agir de maneira predatória.

Esse mesmo ESTADO que chama para si a responsabilidade de toda desavença com qualquer cidadão, é o mesmo que desobedece a Constituição e não cumpre com o seu papel de defender o cidadão o elo mais fraco dessa corrente.

Quando ele, o ESTADO, coloca na Constituição que a CASA É ASILO INVIOLÁVEL….. e ele próprio viola esse Artigo Cláusula Pétrea, como pode o cidadão respeitar um TIRANO DESSES?

É ISSO QUE O ESTADO FAZ INVADE E DERRUBA A CASA DO CIDADÃO DE BEM.

CASA7-1024x768-300x225

O ESTADO TIRANO deixou para trás todo o lixo na natureza depredando de maneira “insustentável” todo o meio ambiente, isso sim é crime ambiental.

ESTADO VIOLENTO

O Estado apresenta-se como representante de toda a sociedade, tendo o papel de “guardião da ordem”, intervindo nos conflitos entre os indivíduos, e mantendo a segurança para que todos possam desenvolver livremente suas atividades.

Estabelecendo-se assim então a total divisão entre o público e o privado.

Politicamente se fundamentou a idéia de soberania popular, que podemos ver presente nesse trecho de nossa constituição: “Todo o poder emana do povo, que exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição.” Isso significa que, numa eleição, os votantes se pronunciam elegendo os representantes da vontade popular.

O que estamos vendo ultimamente não é bem assim, o PODER está sendo emanado do GOVERNO e não do povo, que está sendo esmagado pelo poderio econômico, esse sim é o ESTADO IDIOTA.

ESTADO IDIOTIZADOR

FAREMOS UMA VIAGEM NO TÚNEL DO TEMPO.

Geraldo Alckimin travestido de Luis XIV.

LUIS-REI-DA-FRANCA

Geraldo Alckimin

nat-alckmin-hitler_

“L’État c’est moi” (em português: O Estado sou eu)

Para Karl Marx o Estado é, portanto, uma organização cujos interesses são os da classe dominante na sociedade capitalista: a burguesia.

Por quanto tempo continuaremos a achar que é normal sentirmos medo da polícia?

Nós não podemos ter uma polícia REPRESSIVA e sim uma polícia DEFENSIVA que defende os direitos do cidadão, que é o ELO mais fraco da corrente chamada sociedade, por isso temos que ter alguém para nos defender realmente, não nos repreender, nos esmagar.

A mesma mão que arrecada não é a mesma que afaga, que protege o cidadão das garras dos PODRES PODERES.

O ESTADO

FOTOS DO MANIFESTO DO DIA 23 DE MAIO DE 2014.

ACAO-DE-DESPEJO-CAM04054

POVO-SEM-TETO-CAM04044

PREFEITURA-CAM04052

SR-WALTER-CAM04055

VERGONHA

VÍDEOS DO MANIFESTO DO DIA 23 DE MAIO DE 2014.

O PODER MÁXIMO, O ESTADO, O PODER MÍNIMO, O POVO DA BARRA DO UNA.

MAXIMO-PODER

Fica aí mais um protesto pacífico dos moradores tradicionais da BARRA DO UNA EM PERUÍBE, eles estão na luta contra os TITÃS DO ESTADO, eles, diante do ESTADO são formiguinhas, mas são formiguinhas lava-pé aquelas que ferroa com força, eles são uma minoria, mas uma minoria que luta pelos seus direitos adquiridos e vão vencer essa dura batalha, contra os PODRES PODERES.

BANDEIRA

VEM VAMOS EMBORA! QUE ESPERAR NÃO É SABER QUEM SABE FAZ A HORA, NÃO ESPERA ACONTECER……

POSTADO PELA EQUIPE DO BOCA DE RUA

LUTA

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

3 respostas a Que Estado é esse? Deve o Estado servir ao cidadão ou deve o cidadão servir ao Estado?

  1. júnior disse:

    Meu pai tem casa lá há mais de dez anos e há seis fixou residência lá com meus três irmãos. Porém foi determinada sua saída sem ter para onde ir. O sentimento é como se ele fosse um feto desesperado lutando contra um aborto, mas o final já conhecemos.

    • Júnior, para onde foi sua família? Seu pai deveria resistir bravamente, ele não deveria ceder aos caprichos de um ESTADO DITADOR, quando fomos em Abril de 2012, fizemos um cordão humano e eles não demoliram mais residências que eles iam demolir, chegaram até a chamar o SAMU para a dona Helena, pois ela estava muito abalada, chorava muito e com razão, mas nós impedimos que levassem a dona Helena ao Pronto socorro, pois se ela saísse de lá eles entrariam e iam demolir a casa dela, ela não estava doente estava, sim, nervosa e com toda razão. Por que não seguir o exemplo de Fernando de Noronha, os moradores que estão lá, há muitos anos permanecem, como guardião da Ilha não podendo chegar mais pessoas para fixar residência, é só estabelecer critérios, capacitar aos moradores que lá estão para que eles continuem vivendo de maneira sustentável. Deixe essa história continuar existindo, não faça com que ela exista apenas nos livros de leitura, as crianças precisam da teoria, mas também da prática.

  2. Luis P S Correia disse:

    interesses escusos devem estar a caminho por parte de alguns espertalões/. Para toda aquela área, deveriam nomear os moradores como verdadeiros fiscais ambientais e não pagar altos salários para burocratas engravatados de gabinete de ar condicionado e no conforto das grandes cidades, decidirem o que fazer com esta população pioneira e desbravadora que não tem para onde ir e não saberia viver em outro lugar a não ser aumentar as favelas à margem das grandes cidades. Estão criando um grande problema social.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>