Por que a Prefeita Ana Preto foi irresponsável, infantil e leviana?

O SUICÍDIO POLÍTICO DA PREFEITA. O TIRO SAIU PELA CULATRA.

NOTA DA ANA

A prefeita Ana Preto divulgou essa nota nas redes sociais dando conta de que havia uma dívida de R$ 16.000.000,00 (dezesseis milhões de reais) herdada pela gestão anterior ao seu governo.

A prefeita, Ana Preto de maneira desesperada e totalmente desequilibrada, mete os pés pelas mãos e acusa de maneira rasteira e severa, muito que tardiamente, a velha prefeita, antes elas estavam juntas e agora estão se alfinetando novamente?

ANA-X-MILENA1

A DÚVIDA: SERIAM DOZE MILHÕES OU DEZESSEIS MILHÕES???

O apontamento foi feito de maneira leviana, tendo em vista, não houve prova alguma do alegado, uma vez que houve somente falas, curioso que ao conceder um pronunciamento à Imprensa essa mesma prefeita disse que havia herdado uma dívida de doze milhões de reais da gestão anterior, veja o pronunciamento da prefeita Ana Preto.

Em Agosto de 2013 a prefeita Ana Preto fala em uma herança de dívida da administração anterior de doze milhões de reais, um ano se passou e agora ela vem dizer em dezesseis milhões de reais, ocorre que nas duas vezes ela apenas falou e nada provou.

CADÊ OS SEUS ADVOGADOS QUE NÃO A ORIENTARAM NESSAS FALAS???

Muito me admira prefeita a senhora tendo um corpo jurídico composto de procuradores renomados e advogados contratados exclusivamente para defender a senhora nessas decisões importantes de sua vida e a senhora vem às redes sociais e solta uma acusação séria contra a sua antecessora sem ao menos exibir as provas cabais que iriam corroborar com as suas denúncias graves.

Prefeita a senhora não ouviu as pessoas que realmente queriam o bem da cidade, várias vezes o BOCA DE RUA, antes da senhora ter sido eleita enquanto estava em campanha, o BOCA orientava a senhora para contratar auditores sérios, isentos de qualquer afeto ou desafeto com a senhora ou com a antiga prefeita, e realizar uma operação pente fino, nas contas deixadas pela ex prefeita, caso encontrassem irregularidades ou dívidas, como a senhora mesmo afirma sem provas, o caminho mais certo seria entregar tudo nas mãos da Justiça, mas isso teria que ser feito nos três meses de transição da senhora, quando a velha prefeita ainda estava no comando, deveriam ter feito inventário de tudo o que estava sendo deixado e em contrapartida a ex prefeita deveria também inventariar o que estava deixando, mas parece que nada disso foi realizado.

A PREFEITA TENTA COLHER O LEITE DERRAMADO.

Agora, prefeita, depois de 21 meses, como a senhora disse, tentando de maneira desesperada justificar seus erros bárbaros, que a senhora vem com uma pá tentando colher o leite derramado?

Agora já era, a senhora perdeu a oportunidade de ter feito isso nos três meses de transição de seu governo, quando a senhora contratou aquela equipe totalmente despreparada, para fazer uma auditoria que um fiscal de carreira que foi contratado pela senhora para encontrar eventuais irregularidades no governo anterior e o BOCA DE RUA o questionou:

- E aí senhor “A…..” houve diferença no caixa da prefeitura deixada pelo governo anterior? Qual foi o valor, se é que houve?

Pelo que ele respondeu-me: – Não Claudete! A única diferença que achamos foi de aproximadamente três milhões de reais, devido que em Setembro, Outubro, Novembro e Dezembro, de 2012, esses meses não foram cobrados a taxa de iluminação pública, a única diferença que houve foi essa.

O BOCA DE RUA acreditou nessas falas, muito embora, também, da mesma maneira nada provou ficando apenas na conversa, até o BOCA participar do pronunciamento da prefeita e ela, também, sem provas alguma, disse que havia herdado uma dívida de doze milhões da gestão anterior.

A partir do momento que um governo está diante dos microfones da Imprensa ele terá que, no mínimo, estar munido de todos os documento e todas as provas para serem exibidas a todos as alegações que irá fazer diante das lentes da Imprensa, não foi isso que aconteceu.

SERÁ QUE HOUVE ALGUM ACORDO ENTRE OS DOIS GOVERNOS???

É o tal negócio, talvez ela tenha assumido o governo com uma dívida mesmo de doze milhões de reais, mas teria ela feito acordo com o governo anterior para não divulgar essa dívida??? Se for isso mesmo que aconteceu qual teria sido o acordo entre as duas, por que de repente elas aparecem posando para fotos, abraçadas e sorrindo, como exibe a foto acima e assim, do nada a prefeita vai às redes sociais e solta uma bomba dessas?

Analisando a foto acima, é o que o povo vai imaginar, que as duas teriam se acertado e não divulgaria eventuais erros, que poderiam ter sido detectados. O que fez a prefeita mudar de ideia com relação à ex prefeita? Em meados do ano de 2013, até cogitou dessa prefeita, supostamente, contratar a ex prefeita para exercer a função de advogada e o pai da ex prefeita ser o chefe de gabinete dessa prefeita, percebam que estava tudo indo muito bem entre as duas, de repente, do nada a atual prefeita joga essa bomba.

O SECRETÁRIO DA SAÚDE DE PERUÍBE.

FOTO DR RUBENS 4

Ao assumir o cargo de Secretário da Saúde do município de Peruíbe, esse da foto, se calou diante das eventuais irregularidades que poderiam ter ocorrido, da mesma maneira ele teria que contratar auditores isentos de quaisquer afetos ou desafetos (neutro) porém, sendo imparciais seguindo com rigor os ditames da Lei e fazer uma operação pente fino na saúde desde Janeiro de 2013 até a presente data, ao contrário, não foi isso que ele fez, se houvesse alguma irregularidade ele chamou para si a responsabilidade dos eventuais erros do ex secretário, quando fez vistas grossas a possíveis erros.

VAMOS AQUI USAR O VELHO DITADO: QUEM CALA CONSENTE E PASSA A SER CONIVENTE.

VEJA, NA ÍNTEGRA, A NOTA DA PREFEITA IRRESPONSÁVEL E INFANTIL.

NOTA PÚBLICA DE ESCLARECIMENTO DA PREFEITA ANA PRETO.

À população de Peruíbe, eu, ANA MARIA PRETO, na qualidade de Prefeita Municipal da Estância Balneária de Peruíbe, cargo que me foi confiado no pleito eleitoral de 2012 com 38% dos votos válidos, venho me dirigir à população da minha cidade, frente aos últimos acontecimentos amplamente divulgados nas redes sociais tendenciosas e na imprensa política de Peruíbe.

A princípio, quero deixar bem claro, que não há, nem ouve, ao contrário do que meus detratores afirmam, situação de caos ou desgoverno em nossa cidade, há sim, uma tentativa transloucada, desesperada e irresponsável de uma oposição que não mede esforços para comemorar prejuízos, para incitar desordem e promover sabotagens, com o viés de terrorismo público em Peruíbe, senão vamos aos fatos:

Assumi o governo em 01/01/2013, portanto há cerca de 21 meses atrás com uma dívida pública direta na casa dos 16 milhões. Optamos naquele momento, por não quantificar, alardear ou potencializar o estado precário em que assumimos o município.

Assumi o hospital municipal fechado pela Vigilância Sanitária, fiz pequenas reformas, as quais foram suficientes de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde para reabri-lo logo nos primeiros dias do governo e assim permaneceu durante os 20 meses do meu governo, sem nenhuma queixa que pudesse negligenciar uma vida que ali foi atendida.

Após a troca de comando da Regional de Saúde, fui pressionada diversas vezes à fechar o hospital, me mantive firme no propósito de mantê-lo aberto, solicitando a mesma recursos para nos ajudar a implementar as reformas necessárias com o intuito de melhorarmos nossa unidade hospitalar para dessa forma atendermos a todos anseios técnicos. Esses recursos jamais foram enviados, não me deixando alternativas há não ser desativar o mesmo e iniciar uma obra com parcos recursos próprios, sem ajuda alguma da Secretaria do Estado.

Quando solicitei diretamente ao Secretário de Saúde Dr. David Uip, agilidade no processo para construção do novo Hospital, ouvi do próprio algumas ironias que até esse momento não consegui entender, mas o fato é que, desde a desativação do Hospital Municipal tenho tentado ajuda daquela Secretaria para nossa cidade, sem êxito concreto.

A única coisa que ouço pelos corredores, são os opositores pertencentes ao mesmo partido do Secretário, afirmando que nada vai sair e de fato nada saiu até agora.

Solicitei à Direção Regional de Saúde uma verba para aquisição de um tomógrafo, tão importante para o nosso município. Ano passado, na qual estava a Regional de Saúde, sob o comando do Dr. Marco Boteon, durante uma reunião do Condesb, tive a grata notícia que o tomógrafo seria aprovado. Há cerca de 60 dias, recebi um ofício do novo diretor Cesar Kabashi Prigenzi, de que o tão sonhado equipamento tinha sido rejeitado sob a alegação de que com a reforma em andamento do Hospital regional de Itanhaém, a unidade da cidade vizinha poderá ter esse equipamento, portanto, a cidade de Peruíbe não precisaria do Tomógrafo.

Fornecedores de contratos herdados da administração passada, semanalmente fazem pequenas paralisações, criando um ambiente de caos, afirmando que a prefeitura de Peruíbe não tem “pago ninguém” e que estaria “quebrada”.

Afirmo que a prefeitura municipal de Peruíbe, não está quebrada e que paga seus fornecedores com dificuldades, assim como todo o Brasil, dentro da ordem cronológica exigida pelo Tribunal de Contas.

O Brasil e o mundo vivem um momento de crise econômica evidente, amplamente divulgada pelos meios de comunicação, com o crescimento do PIB estimado para esse ano abaixo de 1%, reiterado diversas vezes pela Presidente Dilma Roussef, o que abala diretamente os cofres públicos municipais, pois dependemos dos repasses do Fundo de Participação dos Municípios – FPM e do ICMS, que estão deficitários, o que ocasiona numa cidade de arrecadação sazonal, ou seja, maior arrecadação própria durante a temporada de verão, um abalo significativo no 2º semestre.

Portanto, afirmo para a população de bem da nossa cidade, que assim como os demais 645 municípios do nosso Estado e mais de 3000 municípios do Brasil, que estamos nesse 2º semestre em dificuldades financeiras, porém muito aquém nesse momento, de uma crise e bem longe do caos.

Os serviços essenciais quais sejam, saúde pública, Unidade de Pronto Atendimento – UPA, UBS, medicamentos, merenda escolar, folha de pagamento dos servidores, coleta de lixo e todos os departamentos que compreendem a prefeitura municipal estão garantidos.

Tentam imputar a mim e ao meu governo, comissões processantes e de inquérito na Câmara Municipal, todas partindo de um mesmo grupo oposicionista, tentando criar um clima de instabilidade do meu governo. A maioria absoluta dos vereadores tem entendido a forma rasteira e inconseqüente desse grupo, que quando acusam meu governo não apresentam sequer alguma prova e chegam ao absurdo de trazer como depoentes membros de grupos políticos oposicionistas que a cidade inteira conhece.
Por que esses vereadores oposicionistas jamais atenderam um pedido meu como prefeita para que juntos pudéssemos esclarecer as dúvidas e acharmos um caminho melhor?

Se são claramente candidatos a prefeito no próximo pleito e verbalizam isso a todo momento, que esperem o tempo certo para que possam satisfazer suas vontades pessoais e deixem o egoísmo e o egocentrismo de lado, para o bem do nosso município.
Me respondam: Por que quando assumi o governo não me deixaram uma única máquina para limpeza das ruas e valas? Por que não deixaram o valor da folha de pagamento dos servidores municipais, referente ao mês anterior à minha posse? Por que não me fazem entender o por que dos seis meses anteriores à minha posse não ter um médico sequer atendendo no UPA?

Por fim, quero dizer aos meus detratores, que nenhuma só acusação foi atribuída a mim como prefeita até o momento, pois não há como macular minha imagem como empresária, prefeita e mãe.

Os interesses obscuros que rodeiam o entorno deste gabinete, não terão em mim tolerância e nem conivência, vou permanecer no comando desta cidade até o fim do meu mandato, com austeridade, melhorando cada dia a qualidade de vida do cidadão, com todas as dificuldades inerentes do cargo, pois assim fui eleita e empossada democraticamente para fazê-lo.

É hora do cidadão de bem dessa cidade, que é a maioria absoluta, combater diretamente os que tentam denegrir a nossa amada Peruíbe e lembrar e honrar este solo que nos pertence.

Enfrentaremos dificuldades e a estamos enfrentando e vamos conseguir vencê-las.

ANA MARIA PRETO

Tudo o que foi dito pela senhora nessa NOTA, de maneira, infeliz, a senhora teria que apresentar provas, se pagou aos fornecedores deveria apresentar o comprovante de pagamento, em contrapartida se os fornecedores não receberam deveriam apresentar provas testemunhais que não houve acerto de pagamento.

O que acontece é o JOGO DE EMPURRA, EMPURRA, ou seja, a EMPURROTERAPIA.

O que mais preocupou o BOCA DE RUA foram essas falas aqui ó:

“vou permanecer no comando desta cidade até o fim do meu mandato…..,”

NÃÃÃÃÃOOOO, PREFEITA, POR FAVOR, MIL VEZES NÃO, SAIA ANTES DE COLOCARMOS A ÚLTIMA PÁ DE TERRA NA COVA DA CIDADE.

POSTADO PELA EQUIPE DO BOCA DE RUA

corrup

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

2 respostas a Por que a Prefeita Ana Preto foi irresponsável, infantil e leviana?

  1. AMOPERUIBE disse:

    Prefeita está sentada até agora, e realmente está ao lado do POVO, lado de trás colocando dividas e mais dividas em nossos traseiros… Total despreparo, descontrole e muita safadeza!

    • AMOPERUÍBE, isso mesmo, a cidade caminha para o fundo do poço a passos largos, gigantescos e pensar que dez vereadores ainda estão do lado dela, oito, desses dez são fieis a ela, e dois são oscilante, na maioria das vezes votam contra o povo, de vez em quando votam a favor, ou saem antes da votação, ou chegam atrasados, ou até mesmo, se abstém ao voto, qual seria a vantagem de continuar do lado dela, vendo essa descida meteórica? Quando o BOCA DE RUA entrou com onze pedidos de cassação da prefeita, foi mais para o povo ver de que lado estavam os vereadores que foram eleitos pelo povo e faziam falsos discursos na Tribuna da Câmara, enganando a população, quando findar essa CEI da Saúde, o BOCA DE RUA vai pedir novas CEPs, agora temos que focar nessa INVESTIGAÇÃO DA PREFEITA que sempre foi esse o meu objetivo, ao menos investigar a Prefeita, caso não ache erro algum faço questão de emitir o ATESTADO DE HONESTIDADE E ENTREGAR A ELA, NA TRIBUNA DA CÂMARA, SERÁ EM NOME DE TODA A POPULAÇÃO.

      AMOPERUIBE, o BOCA DE RUA agradece a visita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>