Mais um setor da Saúde que está na iminência de fechar as portas.

CADOL

A CADOL SERÁ FECHADA???

Mães que têm filhos adolescentes em Peruíbe, estão preocupadas com o fechamento desse importante setor que cuida especificamente dos adolescentes da nossa cidade.

Nesse dia 23/10 teve Reunião do CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE e foi abordado o assunto do fechamento da CASA DO ADOLESCENTE (CADOL) por uma mãe que estava representando as mais de 50 mães que não aprovam o fechamento desse importante setor da Saúde, ouça a reclamão da mãe:

VÍDEO GRAVADO NA REUNIÃO DO CMS NO DIA 23/10.

Que Secretário da Saúde é esse que já faz quinze dias que ele assumiu a secretaria e não sabe o que está acontecendo embaixo de onde ele fica, ou seja, ele fica na Secretaria da Torre do Hospital do Centro e esse CADOL fica na antiga recepção do antigo Pronto Socorro, aliás, é o único setor que está funcionando no antigo Pronto Socorro, ou Hospital do Centro, que foi recentemente INTERDITADO PELA VIGILÂNCIA DO ESTADO DE SÃO PAULO.

Uma informação muito importante da Dra Mariana, atual Diretora Técnica da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), que médicos obstetras não recebem desde o mês 07 (Julho) por isso não temos especialista NESSA ÁREA, na ativa.

O QUE É A CADOL???

CADOL – A Casa do Adolescente de Peruíbe

CADOL2

A Casa do Adolescente é um equipamento de atenção e promoção da saúde integral do adolescente. Tendo o grupo como ferramenta de prevenção aos agravos à integridade física e moral,esclarece dúvidas quanto a questões próprias da idade:sexualidade, auto-conhecimento, convívio social e familiar,alterações clínicas e psicológicas,contracepção, DST, drogas, aborto, prostituição, civilidade,dentre outros.

Todos os setores da Saúde de Peruíbe estão mais que sucateados, muitos deles estão sendo fechados, outros estão funcionando “meia boca”, em situação mais que precária.

Nesta quinta-feira teve a reunião do Conselho Municipal de Saúde e qual não foi o espanto do novo Secretário, quando o presidente fez uma longa explanação o colocando ao par de todos os problemas que agravam a Saúde pública de Peruíbe é estarrecedor como está a SAÚDE DE MANEIRA GERAL E CADA VEZ PIORA AINDA MAIS.

PRESIDENTE DO CMS EXPLANANDO OS HORRORES DA SAÚDE PÚBLICA AO NOVO SECRETÁRIO:

Somente o vereador André de Paula compareceu à reunião do Conselho Municipal da Saúde, todos os demais vereadores receberam ofício com 15 dias de antecedência mas ninguém compareceu, exceto o vereador André de Paula.

O presidente do Conselho afirmou que vai tomar providências cabíveis contra a Promotora Drª Lorena, em virtude da mesma estar alegando que o Conselho está de maneira irregular sem estar, segundo o presidente do Conselho que alega estar tudo normal.

O presidente do Conselho Municipal de Saúde disse que vai contratar uma empresa particular para fazer uma auditoria na Saúde desde o ano de 2009/2015

DA LAVANDERIA DO HOSPITAL E DA CHANCELA DO NOVO SECRETÁRIO DA SAÚDE.

SEGUNDO O NOVO SECRETÁRIO DISSE QUE NÃO VAI MAIS EXISTIR ACORDOS NA SAÚDE NESSA GESTÃO.

Segundo o Secretário da Saúde disse, em tom de afirmação, que tudo o que for de ACORDOS FIRMADOS ANTES ele vai acabar com esses ARCODINHOS feitos anteriormente com os secretários anteriores, que ao invés de resolverem o problema arrumam outro problema ainda maior, como esse de vários funcionários da lavanderia de Peruíbe serem submetidos a um trabalho em regime de escravidão pois são obrigadas a ficarem em pé a partir das 14 h até às 18 h dobrando aproximadamente 800 kg de roupas sem receberem absolutamente nada, para suprirem a concessão do espaço que Itanhaém está cedendo para Peruíbe.

FECHAR AS TORNEIRAS É O LEMA DO NOVO SECRETÁRIO DA SAÚDE.

Vamos ver mesmo se vai ser enxugada a máquina administrativa, essa é a primeira torneira que terá que ser fechada, rever os salários dos médicos que estão ganhando acima do permitido.

Tem médico que em 05 meses ganhou dos cofres da prefeitura nada mais do que 150 mil reais, outros em cinco meses teriam levado dos cofres públicos 400 mil reais.

Segundo o vereador André de Paula existe uma “EMINÊNCIA PARDA” que está atuando com muito ênfase nos bastidores.

O Vereador André de Paula fez a pergunta para o Secretário se ele pretende terceirizar, mais uma vez, a Saúde de Peruíbe, pelo que ele respondeu com um SONORO NÃO.

Assim esperamos que ele não queira mesmo terceirizar a Saúde Pública e que não permita a prefeita a fazer isso.

POSTADO PELA EQUIPE DO BOCA DE RUA

brasil

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

3 respostas a Mais um setor da Saúde que está na iminência de fechar as portas.

  1. Eu falei que de vez a promotora ficar pedindo os mesmos documentos por varias vezes seguida como protocolado no mp vou a corregedoria para Reclamar por que este conselho já mandou varias denuncias e nada e feito e ficam questionando o conselho como foi entregue os documentos por varias vezes como foi elegido este conselho e fiscalizado por auditoria do ministério da saúde não fale o que eu não falei publique o real não distorça as palavras

    • As suas falas foram gravadas senhor presidente do Conselho, não foi dito nada além daquilo que o senhor disse.

    • O senhor tem que obedecer essa Lei que rege o Conselho Municipal de Saúde:

      LEI Nº 2.342, DE 10 DE OUTUBRO DE 2002 – fls.
      __________________________________________________________
      PERUÍBE PRA VOCÊ AMAR
      1
      GILSON CARLOS BARGIERI, PREFEITO MUNICIPAL DA ESTÂNCIA
      BALNEÁRIA DE PERUIBE, FAZ SABER QUE A CÂMARA MUNICIPAL EM
      SESSÕES ORDINÁRIAS REALIZADAS DIAS 02 E 09 DE OUTUBRO DE 2002,
      APROVOU E EU SANCIONO E PROMULGO A SEGUINTE LEI.
      DISPÕE SOBRE A FORMAÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DE
      SAÚDE DE PERUÍBE – CMSP., E O DESENVOLVIMENTO DOS SEUS
      TRABALHOS.

      Essa Lei foi desobedecida, na íntegra, e ficou por isso mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>