Saúde 2014 X 2015, como estaria a CEI da Saúde de Peruíbe???

PIZZA-GIGANTE

Será mesmo que Peruíbe estaria fadada a não obter sucesso em nenhuma investigação que se abre nessa FAMIGERADA CASA DO POVO???

circo1

Depois o BOCA DE RUA que é recalcado, por que fala mal, pela zilionésima vez deixo bem claro que não falo mal de ninguém, o BOCA só mostra a verdade, sem a máscara da mentira, sem a máscara da hipocrisia, a verdade nua e crua, doa a quem doer, mas alguns, do lado do governo, dizem que o BOCA só fala mal, senão vejamos:

Nesse dia 19 de Janeiro de 2015, o BOCA DE RUA e o Plínio, foram à Câmara, para ver os documentos da CEI da Saúde que são os componentes André de Paula, (PRESIDENTE) ZECA (RELATOR) E aquele vereador que só vota a favor do governo o França.

Qual não foi a nossa maior surpresa ao depara que não tinha depoimentos dos Ex Secretários Nelsinho e Dr. Rubens e do atual Botteon, como pode uma INVESTIGAÇÃO DA SAÚDE não convocar os mais sabedores do que ocorreu na saúde iguais aos Secretários, anteriores e o atual, será por que o atual disse que nunca houve Secretário antes?

De tanto insistir se eles não haviam chamado os Secretários anteriores, aí apareceu um depoimento, muito chinfrim, do Nelsinho Vice Prefeito que ocupou o cargo de secretário por mais de um ano e não tinha nada a declarar?

O que achei interessante que ele negou com veemência, que nunca foram pagos aos médicos as famigeradas 30 horas, sendo que o dia só tem 24 horas, um plantão de 30 horas ao dia “NON ECZISTE”

PLANTÃO MÉDICO DE 30 HORAS POR DIA, SEGUNDO O NELSINHO:

Padre-Quevedo

EX SECRETÁRIO DA SAÚDE DIZ QUE NUNCA EXISTIU PLANTÃO DE 30 HORAS, MAS O ASSESSOR DE UM OUTRO EX SECRETÁRIO DA SAÚDE AFIRMA QUE EXISTIU.

O Ex Secretário da Saúde, Nelsinho, desmentiu claramente o que o assessor do DR. Rubens, também, ex Secretário da Saúde disse ao vivo e a cores, vamos relembrar da entrevista que ele faz revelações bombásticas.

Em quem devemos acreditar agora? Eu continuo acreditando no assessor do Ex Secretário da Saúde Dr. Rubens, jamais acreditaria no Nelsinho, viu isso??? É um direito meu não acreditar em falácias, ele falou e não apresentou nada, documento algum que pudesse ser uma contraditória daquelas revelações ditas pelo Assessor do Dr. Rubens.

Essa, linda moça, que entra ao final da gravação e grita em favor dos trabalhadores da saúde, ela é esposa do Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Municipais (SINTRAPE), achamos que ela foi corretíssima indo brigar em favor de uma classe mais fraca que é sempre o operário, o funcionário o que não achamos muito legal é ela ser também do Sindicato, diretora e agora ultimamente ela ocupa uma boa vaga padrão 18 na prefeitura que é o ENTE que ela acusa em prol dos trabalhadores, como pode acusar e defender ao mesmo tempo, pensamos que isso seja IMORAL, será que é ilegal?

VEJA A NOMEAÇÃO DESSA LINDA MOÇA NO BOM DO DIA 10 DE DEZEMBRO DE 2014.

BOM-DE-DEZEMBRO-DE-2014

Voltando ao depoimento, primário, infantil e amador do Ex Secretário da saúde, ele deveria falar e provar com documentos para derrubar a AFIRMAÇÃO MAIS QUE VERDADEIRA DO ASSESSOR DO DR. RUBENS, por enquanto vale a que esse assessor disse.

VISTAS AOS DOCUMENTOS DA CEI.

Ao ver os documentos, logo no início, da juntada de todas as denúncias, deparamos com dois atos de IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA , logo nas primeiras páginas, não vamos divulgar para não atrapalhar as investigações caso os componentes dessa CEI deixar passar em branco saberemos que eles ou prevaricaram ou então acataram as decisões do Senhor Alex Matos e do Paulão.

Veja se ela, quando ao final, do Relatório, não foi qualificada no artigo 90 e 91 da Lei 8.666/93 que diz o seguinte:

Art. 90. Frustrar ou fraudar, mediante ajuste, combinação ou qualquer outro expediente, o caráter competitivo do procedimento licitatório, com o intuito de obter, para si ou para outrem, vantagem decorrente da adjudicação do objeto da licitação:

Pena – detenção, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa.

Art. 91. Patrocinar, direta ou indiretamente, interesse privado perante a Administração, dando causa à instauração de licitação ou à celebração de contrato, cuja invalidação vier a ser decretada pelo Poder Judiciário:

Pena – detenção, de 6 (seis) meses a 2 (dois) anos, e multa.

Será mais uma CEI que acabou numa PIZZA gigantesca, merece até uma PIZZA BEM GRANDE DO TAMANHO DA IMPUNIDADE DESSA PREFEITA, está nas mãos dos vereadores Zeca e André de Paula, os dois únicos confiáveis vamos confiar que eles não vão se deixar levar pelas manobras rasteiras iguais os vereadores do resto e o Dr. Rubens.

CEI DE 2013, VEJA COMO FICOU:

panca

CEI DE 2014/2015, VEJA COMO ESTÁ :

barrigudoCEI DE 2014/2015:

VALE RELEMBRAR DE UMA CEI DE UM PASSADO NÃO MUITO DISTANTE, GESTÃO MILENA BARGIERI, CASO O.O.LIMA.

Veja o que aconteceu com a RELATORA DA CEI DE 2011 CASO O.O.LIMA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA CONTRATADA PELA EX PREFEITA MILENA BARGIERI.

NADYR

Vale ressaltar que a Dra Nadyr é mãe da Dra Mariana médica que atende no hospital em Itanhaém, a filha que queriam a cabeça dela era a Dra Mariana.

Comovente o relato dessa ex Relatora no caso O.O.LIMA (SEGUNDO O GAECO DE CAMPINAS É UMA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA).

É BOM LEMBRAR SEMPRE O QUE FEZ A ADMINISTRAÇÃO PASSADA. VEJA O VÍDEO:

Envolvimentos com prefeitos de cidades do Estado de São Paulo e Peruíbe é uma delas, veja a matéria:

POLÍCIA PRENDE OITO POR FRAUDE EM LICITAÇÕES. E PERUÍBE ESTÁ ENVOLVIDA. QUE VERGONHA! PRECISAMOS MOBILIZAR A POPULAÇÃO PARA FORÇAR A CÂMARA PEDIR UMA CPI PARA INVESTIGAR ESSAS FRAUDES.

Veja a matéria, divulgada no Jornal o Estado de São Paulo, na íntegra, isso tudo aconteceu e foi publicada no BOCA EM 18 DE SETEMBRO DE 2010, portanto, na gestão da ex prefeita Milena Bargieri.

Mais uma vez, é doloroso e triste, muito triste mesmo ver PERUÍBE estampada nas páginas policiais, nas manchetes de fraudadora, FAZ TEMPO QUE VENHO AVISANDO A TODOS OS VEREADORES PARA FISCALIZAR ESSAS OBRAS, ESSES PROCESSOS DE LICITAÇÃO, ENTRE ASPAS, A TERMAQ, LITUCERA, MIKZ, E OUTRAS “EMPRESAS” VEJAM A VERGONHA DA NOTÍCIA NA ÍNTEGRA:

POLÍCIA PRENDE QUADRILHA QUE FRAUDAVA LICITAÇÕES

Contratos de pelo menos seis prefeituras de São Paulo estão sob suspeita; governador de Tocantins é citado na investigação do Ministério Público

18 de setembro de 2010 | 0h 00

Fausto Macedo, Bruno Tavares e Marcelo Godoy – O Estado de S.Paulo

Operação conjunta do Ministério Público Estadual e da Corregedoria da Polícia Civil de São Paulo prendeu no fim da tarde de ontem seis empresários supostamente envolvidos em um esquema de fraudes em licitações para contratação de empresas de segurança e limpeza.

Contratos de pelo menos seis prefeituras de São Paulo são alvos da investigação – Mauá, Hortolândia, Peruíbe, Indaiatuba, Guarulhos e Campinas.

Segundo o Ministério Público Estadual, políticos e prefeitos podem ter ligações com a organização criminosa. Um único contrato sob suspeita soma R$ 500 milhões. O grupo corrompia agentes públicos para vencer processos de concorrência. A investigação revela contratos elaborados pelos empresários e entregues aos administradores para direcionar as licitações.

A promotoria informou que o governador do Tocantins, Carlos Henrique Gaguim (PMDB), é citado em telefonemas interceptados com autorização judicial. No rastro de um integrante da organização, investigadores descobriram Gaguim e uma comitiva em um hotel em São Paulo.

Como governador tem prerrogativa de foro, o núcleo de Campinas do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco)- braço do Ministério Público – não o investigou. Todas as informações a ele relacionadas serão enviadas segunda feira ao Superior Tribunal de Justiça, corte que tem competência para eventual abertura de inquérito. A assessoria de Gaguim não retornou contatos do Estado, por telefone e por e-mail.

Foram detidos dois policiais civis, Alcir Biason Júnior e Alexandre Felix Sigrist. Eles são apontados como seguranças de uma mansão que servia de base para o grupo em Campinas. Também transportavam valores. Durante meses, agentes da promotoria filmaram o entra e sai de veículos de luxo na casa. A operação seria deflagrada na terça-feira, mas foi antecipada – os alvos chegaram a trocar telefonemas de alerta e fugiram de Campinas para se hospedar em hotéis de São Paulo com nomes falsos.

Um deputado estadual de Minas também é citado na investigação. Ele teria negócios com a quadrilha na área de mineração. Um contrato, no valor de US$ 400 milhões (cerca de R$ 680 milhões), está sob análise da promotoria. Os negócios são relativos à exploração de uma jazida de manganês no Tocantins.

A investigação nasceu na Polícia Federal há sete meses. Depois, ficou a cargo da promotoria porque os crimes atribuídos aos empresários seriam de competência da Justiça estadual. A sede das empresas fica entre as ruas Frei Gaspar e Rocha Pita, no Brás, zona leste de São Paulo. Durante toda a tarde a região ficou sob cerco da força tarefa que apreendeu computadores, documentos contábeis e dinheiro. Foram recolhidos com os suspeitos oito automóveis e motocicletas – Vectra, Subaru, Audi, Mini Cooper, BMW X5, Jaguar, MV Agusta F4 (moto de corrida que vale mais de R$ 300 mil) e Harley Davidson.

Dois lobistas foram capturados em Campinas – Mauricio Manduca e Emerson de Almeida. Relatório da força tarefa imputa ao empresário José Carlos Cepera o papel de primeiro escalão da organização. “Na linha de frente das fraudes estariam funcionários de Cepera, os quais fazem o contato direto com os representantes dos órgãos públicos e também das empresas concorrentes, as quais são aliciadas a participarem do esquema mediante promessa de compensação futura em outra licitação.”

POSTADO PELA EQUIPE DO BOCA DE RUA

Ta-na-boca-do-povo2

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

2 respostas a Saúde 2014 X 2015, como estaria a CEI da Saúde de Peruíbe???

  1. Peruíbe caos disse:

    Esse sindicato deve mudar o nome de SINTRASTE, eles se venderão para o Paulão para derrubar o Rubens, após isso receberam em troca cargos comissionados! Sintraste fez de tudo para que n]ao acontecesse processos contra a Prefeitura! Falsidade pura…………

  2. Eliana Graça disse:

    “Essa, linda moça, que entra ao final da gravação” linda?
    Gosta de fazer papel de boa moça, mas no fundo só quer adiantar o lado dela. Mais falsa que nota de r$3. Se faz de amiga, mas mete o pau em todos os funcionários da saúde pelas costas. Devia ter vergonha de aparecer em publico fingindo que defende alguém

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>