Paralisação geral dos ônibus, em Peruíbe, por falta de pagamento.

ATENCAO

PREFEITURA DE PERUÍBE, CALOTEIRA NÃO PAGOU A EMPRESA DE ÔNIBUS, POR ISSO A PARALISAÇÃO.

Ouça isso, informações importantes do proprietário da JUNDIÁ empresa que cumpriu com todas as promessas que fez, a empresa trouxe para a cidade de Peruíbe, mesmo sabendo das condições mais que precárias das estradas, 17 veículos zero Km o BOCA DE RUA foi verificar as condições dos veículos e as condições das estradas, excelente as condições dos veículos, péssimas as condições das estradas, a prefeita tem que arrumar as estradas para poder exigir melhores condições no Transporte Público.

EMPRESA-JUNDIA-CAM07957

Antes a população reclamava das sucatas que estavam rodando e com razão ocorre que agora são veículos zero, todos devidamente equipados atendendo as exigências da legislação vigente para portadores de necessidades especiais.

A prefeitura, caloteira, deveria, ao menos honrar com os pagamentos do subsídio, estabelecido em Contrato, caso haja o descumprimento de alguma Cláusula contratual por parte da prefeitura, quem vai pagar a multa é a população, assim como foi pago uma multa de mais de um milhão de reais para a empresa Plural e saiu do nosso bolso.

SEGUNDO, INFORMAÇÃO DO DONO DA EMPRESA, ANDRÉ ABI CHEDID, DISSE O SEGUINTE:

“A prefeitura ficou de pagar uma parte da dívida, na sexta-feira (04/09) e não pagou o valor combinado.
A Empresa não conseguiu pagar todos os funcionários, uma boa parte da folha foi paga, infelizmente não conseguimos pagar em sua totalidade, hoje (08/09) o Sindicato amanheceu na porta da garagem e paralisou todo o transporte urbano, porém, fomos mais rápidos e conseguimos liberar o Transporte Escolar Rural.”

GOVERNO-PROMETE-E-NAO-CUMPR

A DÍVIDA É DE 1.000.000,00 (UM MILHÃO DE REAIS) QUE VERGONHA, QUE DROGA DE ADMINISTRAÇÃO É ESSA?

Vale ressaltar que a dívida da prefeitura com a Empresa é de R$ 1.000.000,00 ( UM MILHÃO DE REAIS ), mesmo com os pagamentos do subsídio mais barato ainda têm a coragem de atrasar os pagamento de serviços essenciais à população.

ALGUNS USUÁRIOS DO TRANSPORTE COLETIVO NÃO TÊM EDUCAÇÃO, VEJA POR QUE.

IMG-20150905-WA0018
IMG-20150905-WA0019

Encosto do banco do ônibus zero km, já rasgado de propósito, isso foi ato de vandalismo, onde já se viu alguns usuários depredarem a própria condução que serve para ele se locomover? Isso que é ser desumano, pois não são só os vândalos que utilizam o transporte coletivo, a maioria que utiliza é gente do bem, usuário educado e que valoriza o que lhe oferecem de melhor, pois os ônibus são realmente zero, todo equipado com cinto de segurança, alça de apoio em toda extensão do veículo, ainda bem que a maioria da população merece este conforto, mas tem as laranjas podres que têm que ser jogadas na lata do lixo.

PAGUE A EMPRESA PREFEITURA CALOTEIRA.

calote

POSTADO PELA EQUIPE DO BOCA DE RUA

ONDE ESTA O DINHEIRO

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

2 respostas a Paralisação geral dos ônibus, em Peruíbe, por falta de pagamento.

  1. João Donizete disse:

    Sou motorista da litoral Sul transporte de Itanhaém, os ônibus não são todos novos mas a manutenção da frota é constante , e os pagamentos de funcionários e outros são tudo em dia, na verdade é uma ótima empresa pra se trabalhar. Não temos do que reclamar, não é perfeita mas cumpri com suas obrigações e a prefeito também não é lá essas coisas, ruas cheias de buracos totalmente irregulares que acabam com a coluna dos motoristas. Quer dizer prefeitos só servem pra roubar o povo, eles tem carros de graça né, não andam de ônibus. Todos safados!

    • João Donizete, o BOCA DE RUA agradece o contato, bem diferente de vocês de Itanhaém, Peruíbe agora ganhou uma frota de 17 ônibus todos Zero Quilômetro que dá dó de ver as estradas que eles têm que trafegar, a população merece, mas a prefeita deveria dar condição para que os veículos pudessem resistir por muito mais tempo, as estradas que eles têm que rodar, BARRA DO UNA E BANANAL estão em situação mais que precárias, nem veículos zero não têm resistência para aguentar muito tempo, em menos de um ano estarão todos sucateados e ainda dentro da garantia de fábrica, penso que o fabricante não se responsabiliza por rodar em estradas que o governo municipal é relaxado é negligente e incompetente, penso que o dono da empresa terá que arcar com os prejuízos causados nos veículos zero KM adquiridos por ele, por exigência do governo que não tem nada para exigir de ninguém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>