Teria o vereador Zeca se envolvido em acidente pois estaria dirigindo embriagado???

ZECA

Neste dia 17/09/2015, por volta de 10 horas o Boca de Rua recebeu a visita de vários alunos da AEP (Associação dos Estudantes de Peruíbe) para fazer uma denúncia contra o vereador Zeca do PV que teria se envolvido em um acidente na madrugada do dia 17/09/2015.

VAMOS ENTENDER COMO FOI O ENVOLVIMENTO, DITO PELOS ESTUDANTES:

ALERTA DIRECAO SEM BEBIDA

No começo da madrugada de (17/09 – Quinta-Feira) por volta de 00:20 na Luciano de Bonna na altura do Supermercado “Ponto Bom”, um Carro em alta velocidade fez uma ultrapassagem perigosa pelo Ônibus de Nº 08 da empresa Jundiá que estava á serviço da AEP (Associação dos Estudantes de Peruibe) freando bruscamente em sua frente visto que havia uma lombada logo adiante, nisso o Ônibus vindo atrás não teve tempo de parar atingindo o veiculo em questão, felizmente não houve vitimas nem nada de mais grave, apenas avarias nos veículos envolvidos, para surpresa de todos estava dirigindo o veiculo o Vereador Zeca da Firenze e de passageiro o Vereador Loro.

Logo após a colisão, o Ver. Zeca desceu do veiculo nervoso partindo em direção ao motorista “questionando por que havia batido nele” o motorista calmamente explicou que não estava errado afinal seguia dentro da normalidade pela via e que o Vereador que provocou o acidente.

Alguns associados que desceram do ônibus durante a batida também discutiram com o Vereador, pois o mesmo se encontrava “alterado”. Diante da situação os Associados ligaram para Policia, antes mesmo da chegada da PM, apareceu o advogado que se apresentou como Advogado do Ver. Zeca, este se irritou com alguns associados por terem acionado a Policia, alegando que tal situação poderia facilmente ser resolvida entre todos no local, visto que ele tem contato direto com o André (proprietário da empresa Jundiá) não sendo necessária a presença da Policia.

Logo após apareceu uma viatura onde atendeu a ocorrência os Soldados da PM , após ouvirem as partes os mesmos perceberam que o Vereador Zeca apresentava Sinais Notórios de Embriaguez sendo assim solicitaram o mesmo para comparecer ao Batalhão da Policia para se fazer o “Teste do Bafômetro” juntamente com o Motorista do Ônibus e 06 Associados que testemunharam todo ocorrido para se fazer o Boletim de Ocorrência, prontamente o Ver. Zeca se dispôs a ir ao Batalhão, mas informou aos policiais que iria primeiro em sua residência buscar o documento do Veiculo pois não o tinha em mãos no momento e que logo após iria com seu Advogado para se fazer o teste.

Segundo o Policial iria dar este voto de confiança por ser tratar de um agente publico e que iria aguardá-lo no Batalhão com todos envolvidos na ocorrência. Passado mais de 40 min de espera no Batalhão pelo Vereador Zeca e seu Advogado, somente o advogado se fez presente no local alegando que o seu cliente Ver.

Zeca não iria comparecer por não ter havido vitima na Batida e que dentro do Código de Transito ele teria um prazo maior para se fazer o Boletim de Ocorrência, neste momento após a fala o SD PM se irritou com a fala do Advogado ressaltando que o mesmo agiu de má fé pois a orientação policial foi para que o mesmo se dirigisse até o Batalhão de posse de seus documentos para se fazer o Teste e lavrar o Boletim de Ocorrência, ainda assim o advogado salientou que seu cliente não iria comparecer, diante disto o Policial solicitou a todos que fossem até a Delegacia Sede para fazer o B.O. pois não mais seria feito no Batalhão.

O advogado disse que iria até a delegacia com os Documentos do Ver. Zeca para que se fosse feito o B.O., o Advogado ainda por vezes tentou distorcer os fatos ocorridos dizendo que havia sido desrespeitado por um Associado e que também faria um B.O. contra o mesmo, o Associado em questão deixou claro que em nenhum momento o ofendeu apenas tentou apaziguar a situação.

Chegando a delegacia o Policial explicou que o teste do bafômetro não seria realizado no Ver. Zeca pois o mesmo não se fazia presente e sendo assim não teria meios de obriga-lo a fazer. Por fim informou aos Associados presentes e ao Motorista do Ônibus que o Vereador Zeca sofreria sanções administrativas do que diz a Lei, onde teria sua CNH cassada por 12 meses e aplicação de multa.

Os 06 Associados da AEP que presenciaram todos os fatos e fizeram questão de acompanhar o desfecho da Ocorrência principalmente em respeito ao motorista que estava em serviço e foi surpreendido pelo descumprimento da Lei de Transito e atitudes desrespeitosas por parte do Sr. Vereador Zeca da Firenze se mostraram INDIGNADOS diante da situação, por ser um Homem Publico o mesmo se utilizou disso para que pudesse ser beneficiado, não sofrendo qualquer punição mais severa.

FONTE: NARRATIVA DOS ESTUDANTES DA AEP.

Talão
Nº B.O. : 333 VTR – I29331

BEBIDA E DIRECAO

DO DIREITO DE RESPOSTA DO VEREADOR ZECA.

Vale ressaltar que o BOCA DE RUA está aberto a todos que se sentirem no direito de vir se explicar à população, tendo em vista, o BOCA DE RUA prima pela verdade somente a verdade e nada mais que a verdade, sem as máscaras da mentira.

Ligamos para o advogado do Vereador que teria se envolvido no acidente, pelo que o mesmo negou todos os fatos, dizendo que o coletivo que colidiu com o veículo do vereador, fica aqui registrado mais um caso de suposto ” ABUSO DE AUTORIDADE, OU ABUSO DAS PRERROGATIVAS DE SER VEREADOR.”

Caso o vereador esteja, mesmo errado, terá que assumir a culpa de que fechou o coletivo numa ultrapassagem perigosa e arriscada e o coletivo veio a colidir, segundo ficamos sabendo, através desta narrativa acima que deixaram embaixo da porta do escritório do BOCA DE RUA.

POSTADO PELA EQUIPE DO BOCA DE RUA

ALCOOL E VELOCIDADE

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

3 respostas a Teria o vereador Zeca se envolvido em acidente pois estaria dirigindo embriagado???

  1. Lucius de Sant'Anna disse:

    EU penso que se ele se negou a ir fazer o teste do Bafometro é porque ele deve ter “culpa no cartório”,ou seja….quis escapar do flagrante!…..

  2. Fernanda Reis disse:

    É lamentável ver que a lei é só para alguns. Os que tem poder se safam. Agora imagina se fosse eu que estive na situação e não tivesse portando a CNH? E ainda pior, tivesse ingerido bebida alcoólica?
    Informo que agora morando em outro estado, saibam queridos futuros candidatos, que já transferi o meu título de eleitor e com certeza aqui se eu errar, é porque ainda não conheço o suficiente os candidatos, agora aí, já dá para contar nos dedos quem realmente se preocupam com a nossa querida Peruíbe. Aí que saudades de George Popescu, Sodré, Mário Omuro e doutor Alberto.
    Saí daí para tentar dar um futuro melhor a minha filha, pois Peruíbe o que tem a oferecer?
    Fico triste, pois passei a maior parte da minha vida na querida Peruíbe, mas por falta de oportunidade de emprego e por muitos acharem que eu não precisava trabalhar, pelo fato de ter na família alguém que já foi empresário. Sendo assim, o vereador Zeca da Firenze, não poderia também ser Vereador.
    Bem é isto que tenho a falar, e espero que os estudantes não deixem barato, que recorram e que a justiça seja feita.

  3. jose carlos barbosa disse:

    Notamos que em qualquer esfera seja municipal,estadual ou federal os politicos não respeitam as leis, são soberanos, se não respeitam as leis respeitaram o povo, belo candidato a prefeito

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>