Ministério Público obtém condenação de Gilson Carlos Bargieri, ex-prefeito de Peruíbe, por atos de Improbidade Administrativa.

GB-VISAO.1

AO MENOS 34 (TRINTA E QUATRO) ATOS DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA PRATICADOS PELO EX PREFEITO GILSON CARLOS BARGIERI. VEJA ISSO!

O MINISTÉRIO PÚBLICO DE PERUÍBE obteve condenação em Ação Civil Pública por Improbidade Administrativa proposta em face de GILSON CARLOS BARGIERI, ex-Prefeito de Peruíbe, em virtude do cometimento de ao menos 34 atos de improbidade administrativa ocorridos nos anos de 2002, 2003 e 2004, dentre os quais destacamos: não aplicação do mínimo legal orçamentário na área da educação; manutenção de funcionários comissionados em direta afronta ao texto constitucional; ordenar e permitir a realização de despesas não autorizadas em lei ou regulamento; liberar verba pública sem a estrita observância das normas pertinentes ou influir de qualquer forma para a sua aplicação irregular.

O pedido do MINISTÉRIO PÚBLICO DE PERUÍBE era para que Gilson fosse condenado por prática de atos de improbidade que causaram prejuízo ao erário (art. 10 da Lei 8.429/92) e que atentaram contra os princípios da Administração Pública (art. 11 da Lei 8.429/92).

A sentença proferida condenou o ex-prefeito tão somente pela prática de atos de improbidade que violaram princípios da administração pública, absolvendo-o em relação aos atos que causaram prejuízo ao erário.

As penas impostas foram: multa civil de 10 vezes o valor da remuneração do agente, suspensão dos direitos políticos pelo prazo mínimo de 03 anos e proibição de contratar com o poder público pelo prazo de 03 anos.

O MINISTÉRIO PÚBLICO DE PERUÍBE não se conformou com a sentença e recorreu da decisão visando também à condenação por atos de improbidade causadores de prejuízo ao erário, o que acarretará penas mais gravosas, inclusive o ressarcimento integral do dano causado aos cofres públicos.

Busca-se, deste modo, o ressarcimento integral do dano, a suspensão dos direitos políticos pelo prazo de 08 anos, multa civil de 02 vezes o valor do dano causado e proibição de contratar com o Poder Público pelo prazo de 05 anos.

Segue abaixo cópias da sentença proferida e do recurso interposto pelo MINISTÉRIO PÚBLICO DE PERUÍBE.

https://mperuibe.files.wordpress.com/2015/10/sentenc3a7a-gilson-carlos-bargieri.pdf

https://mperuibe.wordpress.com/

Opinião do BOCA DE RUA

PENA MÁXIMA PARA QUEM PRATICA ATOS COMO ESTE.

Numa brilhante apelação de 27 laudas o Ministério Público, muitíssimo bem representado pelo Promotor de Justiça DR LUCAS DAMASCENO DE LIMA, recorreu da Sentença da Exma Juíza da primeira Vara de Peruíbe, parabéns ao Promotor.

BRILHANTE-APELACAO

O BOCA DE RUA é a favor de que estas pessoas sejam severamente punidas com o rigor máximo da Lei, pois a IMPUNIDADE gera uma certa confiança de que o CRIME COMPENSA e que o dinheiro compra tudo, mas não compra a JUSTIÇA VERDADEIRA, além de ser punido com privação de liberdade, assim a Lei prevê para os crimes de IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA, teria que confiscar todos os bens materiais, juntamente os que estão em nomes de laranjas e devolver aos cofres públicos pois as verbas que vêm sendo desviadas há mais de 15 anos dariam para ser investida na Saúde Pública, Educação e Segurança , teríamos uma Saúde para servir de exemplo a qualquer outra cidade.

Fazendas, gados, mansões, carrões helicópteros e até o mais luxuoso iate, tudo isso sendo, supostamente, adquirido com o dinheiro público, numa crise desta que assola o mundo e com muito mais ênfase o Brasil e muito mais ainda em Peruíbe, pessoas viverem de maneira nababesca, é de se estranhar, é só a JUSTIÇA levantar um pouco a venda dos olhos e ver o que determinadas pessoas tinham antes, o que determinadas pessoas declararam antes de bens, o que elas estão tendo depois que assumiram a vida pública, ainda que estejam apenas nos bastidores. Ninguém é tão tolo que não consegue enxergar.

São provas obtidas de fontes segura e verdadeira e não são “COISAS INFUNDADAS” como disse uma autoridade, tentando maquiar a situação caótica que Peruíbe vem passando.

A INVERSÃO DE VALORES EM PERUÍBE.

O Denunciante é que é severamente punido, o denunciado continua com largo sorrisão na cara de pau, cantando e dançando como se nada tivesse acontecendo como se ele fosse a pessoa mais correta e de conduta ilibada que existisse na face da terra.

Impossível que tudo isto não tenha uma reviravolta num futuro bem próximo e os culpados sejam mesmo punidos, já começou a reverter o quadro que antes parecia irreversível, as viúvas deste ex prefeito, podem chorar por que não será desta vez que ele será candidato novamente, a Lei está fazendo JUSTIÇA.

JEITO-BARGIERI

O Ministério Público elencou de A a Z os itens irregulares cometidos pelo ex-prefeito de Peruíbe Gilson Carlos Bargieri.

O POVO DE PERUÍBE ESTÁ DE ALMA LAVADA.

1238787381_olhando_para_o_ceu

Obrigada Ministério Público por mais uma vez lavar a alma do cidadão de bem de Peruíbe, tem que afastar do cenário político estes maus políticos que só envergonham a nossa cidade, denigrem a IMAGEM de todo povo desta LINDA cidade.

O GRITO QUE ESTAVA PRESO NA GARGANTA, EXPLODIU.

GRITO1

POSTADO PELA EQUIPE DO BOCA DE RUA

JUSTICA

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

2 respostas a Ministério Público obtém condenação de Gilson Carlos Bargieri, ex-prefeito de Peruíbe, por atos de Improbidade Administrativa.

  1. Angela Sousa disse:

    AGORA MINHA CARA AMIGA CLAUDETE ANDREOTTI, SÓ FALTA O MINISTÉRIO PÚBLICO FAZER UMA VARREDURA NESTA ATUAL E FALIDA ADMINISTRAÇÃO DE PERUÍBE.

    • Angela Sousa, é o que o BOCA DE RUA mais quer e espera que isto aconteça logo. Mas é bom passar o tempo e eles pensarem que estão IMPUNES e continuar fazendo o que estão fazendo, que o braço da JUSTIÇA é FORTE E VAI BUSCAR ONDE ESTIVEREM, ter que devolver tudo o que pegaram na mão grande será o mínimo de penalidade que eles vão receber.

      Eu confio na JUSTIÇA mais ainda no Ministério Público, viu só por que entraram com duas PECs para derrubar o poder do Ministério Público? Uma PEC foi o Campos Machado, presidente do partido desta incompetente prefeita que entrou através do Estado de São Paulo para derrubar o poder que o Ministério Público tem, seria o fim se essa PEC tivesse sido aprovada, ainda bem que foi rejeitada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>