Ministério Público ajuíza representações contra os pré candidatos, Gilson Bargieri e Emer Elias Abou Jaoud.

MINISTERIOLOGO

MINISTÉRIO PÚBLICO DE PERUÍBE AJUÍZA REPRESENTAÇÕES EM RAZÃO DE PROPAGANDA ELEITORAL ANTECIPADA

Publicado em 12 de agosto de 2016 por mperuibe

O artigo 36 da Lei nº 9.504/97 e o artigo 1º da Resolução TSE nº 23.457/2015 proíbem toda e qualquer propaganda eleitoral até o dia 15 de agosto do ano da eleição.

O artigo 36-A da Lei nº 9.504/97, por sua vez, dispõe que não configuram propaganda eleitoral antecipada, desde que não envolvam pedido explícito de voto, a menção à pretensa candidatura, a exaltação das qualidades pessoais dos pré-candidatos e os seguintes atos, que poderão ter cobertura dos meios de comunicação social, inclusive via internet:

I – a participação de filiados a partidos políticos ou de pré-candidatos em entrevistas, programas, encontros ou debates no rádio, na televisão e na internet, inclusive com a exposição de plataformas e projetos políticos, observado pelas emissoras de rádio e de televisão o dever de conferir tratamento isonômico;

II – a realização de encontros, seminários ou congressos, em ambiente fechado e a expensas dos partidos políticos, para tratar da organização dos processos eleitorais, discussão de políticas públicas, planos de governo ou alianças partidárias visando às eleições, podendo tais atividades ser divulgadas pelos instrumentos de comunicação intrapartidária;

III – a realização de prévias partidárias e a respectiva distribuição de material informativo, a divulgação dos nomes dos filiados que participarão da disputa e a realização de debates entre os pré-candidatos;

IV – a divulgação de atos de parlamentares e debates legislativos, desde que não se faça pedido de votos;
V – a divulgação de posicionamento pessoal sobre questões políticas, inclusive nas redes sociais;

VI – a realização, a expensas de partido político, de reuniões de iniciativa da sociedade civil, de veículo ou meio de comunicação ou do próprio partido, em qualquer localidade, para divulgar ideias, objetivos e propostas partidárias.

Apesar da flexibilização da legislação eleitoral se comparada às eleições passadas no quesito propaganda antecipada, houve a prática de irregularidades por alguns candidatos e terceiros, o que fez com que o MINISTÉRIO PÚBLICO DE PERUÍBE ajuizasse três representações por propaganda eleitoral antecipada até o presente momento.

Os representados foram GILSON CARLOS BARGIERI, ALEXANDRE TAMER JUNIOR, EMER ELIAS ABOU JAOUDE, IVO SOARES MELO e SERGIO RICARDO DA SILVA.

VEJA A REPRESENTAÇÃO CONTRA GILSON BARGIERI

MINISTERIO-PUBLICO1
MINISTERIO-PUBLICO2

O MOTIVO DESSA REPRESENTAÇÃO FOI UM VÍDEO

O BOCA DE RUA recebeu a denúncia através de um anônimo, pois foi deixado embaixo da porta do escritório ao chegar ao escritório deparei com o DVD ao colocar para reproduzir a surpresa da propaganda eleitoral antecipada e o pior o senhor Gilson Bargieri pedindo voto ao seu pupilo Tamer.

Essa, realmente não é a postura correta que um político deva adotar para vencer uma eleição chega a ser deprimente esses políticos tendo que se submeter, pedindo voto para um outro candidato, lamentável, o nível que chegou a nossa política.

Um político velho na carreira política e ainda não aprendeu como se faz política de maneira correta, esse método de fazer política já ficou há muito tempo perdido num passado muito distante, uma política coronelista, bem fora de moda.

Cabe a você eleitor avaliar bem esses candidatos que estão vindo aí, as atitudes deles para não se arrepender por mais 04 anos e levar toda cidade a ter que sofrer as trágicas consequências de um minuto que votou em pessoas com um perfil reprovável.

VEJA A REPRESENTAÇÃO CONTRA EMER ELIAS ABOU JAOUD

MINISTERIO-PUBLICO-EMER
MINISTERIO-PUBLICO-EMER1

População de Peruíbe, pode esperar que virão mais e mais representações, contra Gilson Bargieri, Milena a Vice do candidato Emer e mais que se fizer necessário, vamos limpar a política, vamos moralizar o cenário político.

MAIS UMA VEZ PARABÉNS AO JUDICIÁRIO DE PERUÍBE, ASSIM QUE SE FAZ JUSTIÇA, ATUANDO DE ACORDO COM A LEI.

BRACOFORTE

POSTADO PELA EQUIPE DO BOCA DE RUA

JUSTICABRASILEIRA

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Uma resposta a Ministério Público ajuíza representações contra os pré candidatos, Gilson Bargieri e Emer Elias Abou Jaoud.

  1. Mauricio Pereira disse:

    Boca de rua, mais uma vez quero parabenizar pelo seu maravilhoso trabalho para ver uma cidade melhor, ninguém tem a sua coragem de bater de frente com esses políticos cara de pau que estão condenados pela justiça e tirando uma com a cara do povo e da justiça e você com a sua bravura vai lá e denuncia dando a sua cara a tapa as únicas palavras que tenho para dizer são obrigado por você existir parabéns pelo trabalho que ninguém teve a coragem de fazer e cuidado o máximo do cuidado é pouco.
    Sou homem e acho que não teria a coragem que você tem, nunca desista de lutar por nós e por você também, que Deus te proteja.
    Você é brava gente brasileira!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>