Mostrar, ou não mostrar? Eis a questão! Ex presidente do Sindicato, supostamente, envolvido em venda de quiosque.

DELEGACIA-20161221_102533

EX PRESIDENTE DO SINTRAPE, ATUAL VEREADOR ELEITO EM 2016, TERIA SE ENVOLVIDO COM ATOS ILÍCITOS?

Dia 21 de Dezembro de 2016, por volta de 10:30 o BOCA DE RUA recebeu uma ligação dando conta que estava havendo uma busca e apreensão através do Ministério Público e Policia Militar, até aí tudo bem, normal busca e apreensão de mercadorias, não fosse quem, supostamente, estaria envolvido, nada mais, nada menos que o Ex presidente do SINTRAPE, ex Secretário da Defesa Social, ex Secretário da Educação e atual vereador, já diplomado no dia 16/12/2016.

Ocupante de quiosque acusa integrante do Sindicato de propor venda de prédio público no valor de 120 mil reais.

Já houve várias postagens dando conta e algumas até afirmando que esse ex Presidente havia sido o Pivô de toda situação, até colocaram o atual presidente da Câmara Rafael Vitor de Souza, como se ambos tivessem sido presos e pago fiança para serem soltos, e mais um punhado de achismo, diz que diz que, depois o BOCA DE RUA é que é mexeriqueiro, fuxiqueiro e só destila o veneno contra todas autoridades e políticos dessa cidade, porém não foi bem assim, o BOCA DE RUA sempre ouve os dois lados, faz a checagem de tudo a veracidade dos fatos e aí então publica.

FOI MAIS OU MENOS ASSIM: DECLARAÇÃO DA SUPOSTA VÍTIMA.

DECLARACAO-DO-MIO-PREPARADA

Vejam que na Declaração da suposta vítima, feita ao Ministério Público, o Promotor que o atendeu foi o Dr. Rafael Magalhães Abrantes Pinheiro talvez tenha sido essa a confusão com o Rafael presidente da Câmara, pois no dia da apreensão parece-me que estavam presentes os dois promotores Dr. Thiago e Dr. Rafael (promotores de Justiça de Peruíbe).

DO DEPOIMENTO DO EX PRESIDENTE DO SINTRAPE:

Quando ele afirma que a suposta vítima é um PRESTADOR DE SERVIÇOS AO SINTRAPE nada justifica o prestador de serviços ter que pagar ao Sindicato e sim o sindicato que deve pagar a ele.

A versão do ex presidente do SINTRAPE é que a suposta vítima estava lá como prestador de serviços para o Sindicato, em contra partida a suposta vítima alega que foi feito contrato com o Sindicato e que ele pagava a quantia de 600 reais por mês de aluguel, porém, nunca viu a cópia do Contrato, tampouco, os recibos dos alugueis que ele pagava, talvez seria para não deixar vestígio de que estavam locando um prédio público, seria isso mesmo?

DIA 21 DE DEZEMBRO DE 2016, BUSCA E APREENSÃO DAS MERCADORIAS.

MERCADORIA-APREENDIDA-IMG-20161222-WA0021
FOTOS-DO-CARRETO-20161221_102502

Quando foi nesse dia 21/12/2016 houve a busca e apreensão das mercadorias que a suposta vítima alega que o sindicato, esteve lá em seu quiosque arrombou a porta e trocou o cadeado quando a suposta vítima foi entrar para trabalhar deparou com o cadeado fora trocado, não seria o seu que ele teria a chave e pode perceber que não havia mais mercadoria alguma dentro do quiosque, quando foi ao MP e solicitou a presença da promotoria que compareceu na Rua Tereza Aguiar de Almeida nº 39 ( garagem) da residência do Pai do suposto mentor de toda essa situação desagradável o ex presidente do SINTRAPE, que nega com veemência qualquer envolvimento com sua pessoa.

BOLETIM DE OCORRÊNCIA Nº. 4736/2016

BO-EDUARDO-PREPARADO-1
BO-2-PREPARADO-20161223_104848
BOA-EDUARDO-TELES3
BO-EDUARDO-TELES-4
BO-EDUARDO-TELES-5

BOLETIM DE OCORRÊNCIA CITA, PELO MENOS, TRÊS ENVOLVIDOS NESSE CASO, TODOS DO SINTRAPE.

São eles os supostos envolvidos, segundo o Boletim de Ocorrência de Número 4736/2016: ALEXANDER MUNUERA, JOSINO MOREIRA DA SILVA E EDUARDO TELES, todos do SINTRAPE. O Senhor Josino Moreira da Silva, há indícios que ele esteja em desvio de função em virtude do mesmo ser concursado na prefeitura para ser jardineiro. Em épocas bem remotas, o BOCA DE RUA sempre via esse senhor trabalhando em um viveiro que tinha no lugar que foi construído o Fórum Novo, será que em todos os setores dessa administração tem problema dessa ordem, ou seja, desvio de função?

O BOCA DE RUA FOI ATÉ O QUIOSQUE PARA VER COMO HAVIA FICADO:

MUDANCA-20161221_151630
PORTA-QUIOSQUE-20161221_151654
QUIOSQUE-NUMERO-34-20161221_151700

Encontramos o Quiosque fechado e a suposta vítima está ao lado com outro quiosque, o BOCA DE RUA ficou sabendo, também, que essa suposta vítima já é a terceira, já houve duas anteriores a ele que, segundo ficamos sabendo, foram os mesmos “modus operandos” para todos que se interessaram pelo quiosque cedido pela prefeitura em regime de Concessão ao SINTRAPE, não podendo sequer alugar, emprestar, ou colocar ninguém lá dentro que não seja do Sindicato, assim o BOCA DE RUA pensa ser o certo, se foi cedido para o Sindicato, nada melhor do que colocar pessoas do sindicato para movimentar o ponto e toda a renda ser revertida em benfeitoria para os sindicalizados.

NOTA OFICIAL DO ATUAL PRESIDENTE DO SINTRAPE:

NOTA-OFICIAL-DO-EDUARDO1

Em primeira mão, o ex presidente do SINTRAPE enviou essa Nota Oficial ao BOCA DE RUA e pediu para ser divulgado.

DOS ACHISMOS E DAS CONJECTURAS.

MATERIA-DO-WASHINGTON1
MATERIA-DO-WASHINGTON2
MATERIA-DO-WASHINGTON3
MATERIA-DO-WASHINGTON4

Houve muitos falatórios, muitos achismos na cidade foi o assunto da semana que passou, desde que foi deflagrada essa Busca e Apreensão que não se fala em outro assunto, nem as festividades do Natal tiveram tanto destaque quanto esse caso, ocorre que o BOCA DE RUA, que não é leviano foi atrás de obter as provas para poder publicar, sem pressa, sem leviandade e sem sensacionalismo, a maioria da Imprensa de Peruíbe, quer sempre sair na frente, publicar no afogadilho, pode dar problema se não houver as devidas provas do que publicou, mesmo o BOCA DE RUA falando com respaldo em provas ele, ainda, é penalizado por mostrar a verdade.

O QUE A POPULAÇÃO ESPERA DAS AUTORIDADES DESSA CIDADE?

A população dessa cidade espera que seja feita justiça e que os culpados paguem pelos seus crimes, quer seja de Peculato, Estelionato ou Improbidade Administrativa, por se tratar de Servidor Público caberá a autoridade da Justiça chamar à responsabilidade as duas vítimas anteriores para corroborar com o alegado da atual suposta vítima que foi cerceado o seu direito de ter uma cópia do Contrato que ele alega ter e o ex Presidente do SINTRAPE deixa claro na gravação feita com ele que têm Contrato, ocorre que a atual vítima nunca teve em seu poder a cópia desse Contrato estabelecido entre SINTRAPE e Prestador de Serviços como ambos alegam.

PRESTADOR DE SERVIÇOS NÃO PAGA PARA TRABALHAR, E SIM, RECEBE PELOS SERVIÇOS QUE EXECUTA.

Essa História não está bem contada, alguém está faltando com a verdade total nessa história, qual versão é verdadeira, a da suposta vítima ou dos acusados?

POSTADO PELA EQUIPE DO BOCA DE RUA

FIQUE-DE-OLHO-PREPARADO

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>