Estaria o vereador Rafael, cogitando, nos porões da Câmara de Peruíbe, a possível candidatura a presidência do amigo Eduardo Teles?

DUPLA-DINAMICA-RAFAEL-E-EDU

NADA ESTÁ TÃO RUIM QUE NÃO POSSA PIORAR.

O BOCA DE RUA em suas investigações, está preocupado como esse final de ano que é, também, final do Biênio do mandato da atual presidência da Câmara, ainda bem, que vai mudar o presidente, mas não podemos permitir que piore ainda mais, se é que tem possibilidade de piorar, penso que tem a possibilidade de continuar com a mesma ditadura e palhaçada de como vem sendo conduzida todas sessões Ordinárias de quartas-feiras. Faltam, ainda sete meses para eleição de um novo presidente, mas nos bastidores, nos porões da Câmara as negociatas e as manobras já começaram.

EDUARDO TELES PARA PRESIDENTE DA CÂMARA E RAFAEL VITOR DE SOUZA PARA VICE PRESIDENTE, É UM ULTRAJE, UMA AFRONTA À NOSSA IMAGEM!

Chegou ao conhecimento da equipe do BOCA DE RUA a intenção do vereador Rafael Vitor de Souza, que quando foi colocado, goela abaixo pelo Paulão, para ser o presidente da Câmara no último Biênio, 2015/2016, foi um tremendo ditador não acatava as Leis, o Regimento Interno era solenemente desobedecido em toda sua totalidade, enfim….esse ditador, tirano nunca mais o queremos de volta nem na Presidência, muito menos na Vice Presidência, como ele está cogitando nos porões da Câmara a possibilidade do amigo que está sendo investigado por vários crimes da  administração pública, com os bens já indisponíveis e Ação Civil Pública, Improbidade Administrativa e é um cidadão desses que queremos para presidir a nossa Casa do Povo????

VEJA AS REPRESENTAÇÕES QUE TÊM CONTRA ESSE PRETENSO CANDIDATO A PRESIDENTE DA CÂMARA DE PERUÍBE.

EM ABRIL DE 2017 HOUVE ESSA REPRESENTAÇÃO AQUI NEGOCIANDO QUIOSQUE, BEM PÚBLICO A UM VALOR DE 120 MIL REAIS

MUDANCA-20161221_151630

MP AJUIZA AÇÃO DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA CONTRA O VEREADOR EDUARDO TELES E OUTROS FUNCIONÁRIOS DO SINTRAPE

Publicado em 20 de abril de 2017 por mperuibe

Na semana passada (dia 11/04/2017), o MINISTÉRIO PÚBLICO DE PERUÍBE ajuizou Ação Civil Pública contra o atual vereador EDUARDO MARTINS TELES DE AGUIAR, ALEXANDRE MUNUERA e JOSINO MOREIRA DA SILVA, uma vez que, na qualidade de servidores públicos do Município de Peruíbe e por meio do Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público de Peruíbe – SINTRAPE, praticaram atos que em tese configuram improbidade administrativa.

Segundo as provas produzidas no inquérito civil que instrui a ação, foi apurada a suposta existência de irregularidades na permissão de uso concedida pela Prefeitura ao SINTRAPE para a exploração do quiosque de número 34 da orla da praia de Peruíbe.

Além disso, os requeridos, os quais integravam o corpo diretivo do referido sindicado, teriam, em tese, tentado negociar a venda do quiosque por pelo menos duas vezes para dois locatários diversos. Nas duas oportunidades, após as “partes” não chegarem a um “acordo”, houve o arrombamento da porta do quiosque, a troca do cadeado e a subtração de pertences pessoais dos locatários.

Em razão disso, foi solicitada pelo MINISTÉRIO PÚBLICO DE PERUÍBE a expedição de mandado de busca e apreensão a ser cumprido em imóvel supostamente ligado a familiares do vereador Eduardo Teles. Na ocasião do cumprimento do mandado, foi encontrado no imóvel em questão bens pertencentes a um dos locatários, os quais tinham sido subtraídos dias atrás de dentro do quiosque.

Em suma, os requeridos, valendo-se dos cargos públicos que ocupavam no sindicato, indevidamente exploraram o quiosque, bem público, recebendo alugueis, negociando-o com terceiros e anunciando-o à venda, sem jamais repassar valores ao Município.

Estima-se que os requeridos supostamente deixaram de repassar ao Município aproximadamente R$22.547,63 (vinte e dois mil, quinhentos e quarenta e sete reais e sessenta e três centavos).
Em razão das condutas acima descritas, o MINISTÉRIO PÚBLICO DE PERUÍBE requereu a condenação dos requeridos por atos de improbidade administrativa que configuram, em tese, enriquecimento ilícito, dano ao erário municipal e violação de Princípios da Administração Pública.

Dentre os pedidos constantes na inicial, estão: a) o ressarcimento integral do dano, no importe de R$22.547,63 (vinte e dois mil, quinhentos e quarenta e sete reais e sessenta e três centavos); b) a devolução dos valores supostamente ilícitos que foram obtidos, estimados em R$19.700,00 (dezenove mil e setecentos reais); c) a condenação ao pagamento de multa civil de três vezes o valor do dano causado; d) a indenização por dano moral coletivo no valor de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais).

Por fim, foi postulada a concessão de tutela de urgência para decretar-se a indisponibilidade dos bens dos requeridos até o limite do valor do dano causado, enriquecimento indevido e multa civil, totalizando R$101.347,63 (cento e um mil, trezentos e quarenta e sete reais e sessenta e três centavos), pedido esse que foi deferido pela Magistrada competente para analisar e julgar a Ação Civil Pública.

CHEQUE NO VALOR DE SETE MIL REAIS

CHEQUE-1
FOTO PARA ILUSTRAR A MATÉRIA

Desse quiosque, esse vereador EDUARDO MARTINS TELES DE AGUIAR, ( EDUARDO TELES ) recebeu um cheque no valor de Sete mil reais como adiantamento de aluguel, em nome do SINTRAPE  e quem foi descontar o cheque no Banco,  no Caixa Presencial, foi o senhor  JOSINO MOREIRA DA SILVA  (JARDINEIRO) DA PREFEITURA quando o gerente ligou para o dono do cheque se poderia pagar ao senhor que estava no Caixa com o cheque para ser descontado o inquilino do quiosque autorizou o pagamento no valor de sete mil reais.

Houve mais inquilinos até chegar nesse que o vereador foi lá, supostamente tenha arrombado o cadeado e o próprio Eduardo Teles em uma entrevista ao BOCA DE RUA confessou que realmente trocou o cadeado para o inquilino não mais entrar no estabelecimento, em virtude de terem tido desentendimento financeiro, deve ter sido por conta do valor de 120 mil reais que o vereador Eduardo Teles pediu como venda do quiosque e o inquilino não aceitou por não ter todo esse dinheiro.

Vale ressaltar que o vereador Eduardo Teles nega que ele tenha alugado o quiosque inúmeras vezes, que teve uma mulher com um prejuízo de mais de trinta mil reais com a reforma do estabelecimento, que também teve problema com esse vereador, ele alega que esses que estariam lá dentro do quiosque trabalhando eram prestadores de serviços do SINDICATO, como eles poderiam ser prestadores de serviços se eles tinham que pagar todo mês um aluguel para o vereador???? Ele nega que eram inquilinos.

EM AGOSTO DE 2017 ESSA REPRESENTAÇÃO AQUI – MP OFERECE DENÚNCIA CRIMINAL CONTRA DIRETORES E EX-DIRETORES DO SINTRAPE

Publicado em 18 de agosto de 2017 por mperuibe

No mês passado (dia 10/07/2017), o MINISTÉRIO PÚBLICO DE PERUÍBE ofereceu denúncia contra EDUARDO MARTINS TELES DE AGUIAR (atual Vereador), ALEXANDRE MUNUERA e JOSINO MOREIRA DA SILVA pelos crimes de extorsão, dois furtos duplamente qualificados e duas tentativas de estelionato.

Segundo o apurado, os denunciados, os quais integravam o corpo diretivo do Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público de Peruíbe – SINTRAPE, tentaram negociar a venda do quiosque 34 (que estava sob a permissão do sindicato) por pelo menos duas vezes para dois locatários diversos. Nas duas oportunidades, após as “partes” não chegarem a um “acordo”, houve o arrombamento da porta do quiosque, a troca do cadeado e a subtração de pertences pessoais dos locatários.

Posteriormente, os denunciados constrangeram um dos locatários a pagar a quantia de R$ 10.000,00 (dez mil reais) como exigência para a devolução dos bens subtraídos.

Em razão disso, foi solicitada pelo MINISTÉRIO PÚBLICO DE PERUÍBE a expedição de mandado de busca e apreensão a ser cumprido em imóvel ligado a familiares do vereador EDUARDO TELES. Na ocasião do cumprimento do mandado, foi encontrado no imóvel em questão bens pertencentes a um dos locatários, os quais tinham sido subtraídos dias atrás de dentro do quiosque.

Segue abaixo a denúncia oferecida.

CRDen Teles Josino Manuera SINTRAPE Correto.

EM MARÇO DE 2018 ESSA AQUI – MP AJUIZA NOVA AÇÃO CIVIL PÚBLICA CONTRA O VEREADOR EDUARDO TELES – IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA E INDISPONIBILIDADE DOS BENS

TOYOTA
MANSAO

Toyota Hilux SW4, Mansão Em Peruíbe, Condomínio Boungaville Esses são alguns dos bens do vereador que, certamente estejam indisponíveis, esse vereador ganha 4.900 ( quatro mil e novecentos reais por mês ).

Publicado em 29 de março de 2018 por mperuibe

O MINISTÉRIO PÚBLICO DE PERUÍBE, em 12 de março de 2018, ajuizou Ação Civil Pública por Ato de Improbidade Administrativa contra o vereador Eduardo Teles.

Segundo o apurado, o atual vereador EDUARDO MARTINS TELES DE AGUIAR, à época agente de saneamento da Prefeitura de Peruíbe, recebeu salário no mês de junho de 2016 sem trabalhar.

As provas existentes no inquérito civil evidenciam que, a fim de concorrer à vereança, EDUARDO TELES se desligou do cargo de direção que ocupava no SINTRAPE em 31/05/2016.

Com isso, ele deveria retornar efetivamente ao seu cargo de agente de saneamento em junho de 2016 e, para atender a legislação eleitoral, somente dele se afastar em 02 de julho de 2016. Entretanto, isso não ocorreu, vez que o atual vereador não retornou efetivamente ao seu cargo.

Em resposta a ofício encaminhado pelo MINISTÉRIO PÚBLICO DE PERUÍBE, a Prefeitura informou que EDUARDO TELES esteve à disposição do Gabinete da ex-Prefeita Ana Maria Preto no mês de junho de 2016. Contudo, não foi localizada nenhuma Portaria o designando para atuar no gabinete. E mais, não foi localizado nenhum documento que comprovasse que EDUARDO TELES efetivamente tenha trabalhado no mês de junho de 2016. O que é certo, somente, é que ele recebeu salário.

Em razão destes fatos, o MINISTÉRIO PÚBLICO DE PERUÍBE pleiteou a condenação do vereador por atos de IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA que geraram enriquecimento ilícito e violação dos princípios da Administração. Foi solicitado, ainda, a indisponibilidade dos bens do vereador.

Segue abaixo cópia da inicial da Ação Civil Pública.

ACP EDUARDO TELES ATUALIZADA Impresso

EDUARDO-TELES

Com todo esse “Know-how”, esses antecedentes de investigações de crimes de grande potencial ofensivo à Administração Pública, se ele conseguir ser mesmo Presidente da Câmara Municipal de Peruíbe, o povo pode fechar as portas e apagar as luzes da Câmara, por que ele não poderia sequer estar sentado à mesa da presidência secretariando os trabalhos de uma Casa Legislativa, Casa onde se elaboram Leis para toda cidade obedecer e cumprir, Casa de tem que ser o Exemplo da conduta ILIBADA, ter um presidente com esse perfil é, no mínimo um contra sendo sem precedentes, é um ULTRAJE à Imagem da cidade, vão dizer que não houve, ainda o trânsito em Julgado, mas com todas evidências que há nas reapresentações que estão sobre os ombros dele, nem precisa haver o TRÂNSITO EM JULGADO, se tivéssemos um Presidente da Câmara que fosse sério e pautasse pela obediência ao PRINCÍPIO DA MORALIDADE, se morássemos em um País sério, em uma cidade séria, isso não estaria acontecendo.

MAIS UMA DAS INÚMERAS PRESEPADAS DESSE VEREADOR EDUARDO TELES.

APROVADO-PROCURADOR

Houve, suposta fraude no Concurso de Procurador do Município que a ex prefeita promoveu, não poderia ser diferente esse vereador, Eduardo Teles, passou e foi classificado no Concurso, que ainda bem temos um Ministério Público imparcial e atuante, que em cima do fato ele ajuizou um pedido de anulação do referido Concurso devido a fraude estar muito explícita, o BOCA DE RUA recebeu uma denúncia dando conta que duas pessoas ligadas à ex prefeita, que uma seria o namorado dela e a outra pessoa seria esse vereador que conseguiriam se classificar dentro das vagas do Concurso Público para procurador do município, quando o BOCA DE RUA   foi ao Ministério Público e oficializou a Representação, que o Ministério Público acatou o pedido e fez uma ATA NOTARIAL deixando-a para o momento oportuno, foi o que salvou toda a cidade de mais uma investida de oportunistas estarem no poder público, mas como temos determinada parcela da população que é pior que os péssimos políticos, elegeram essa pessoa como vereador com todo esse histórico desabonador.

A ATA NOTARIAL

Ata-Notarial-MP-Concurso-Publico-
Ata-Notarial-MP-2

VAMOS FICAR DE OLHO NAS MANOBRAS RASTEIRAS QUE O VEREADOR RAFAEL E O EDUARDO TELES ESTÃO PROMOVENDO

DUPLA-DINAMICA

O atual Presidente da Câmara é péssimo, não sabe conduzir uma sessão quanto mais presidir uma Câmara, que ele age como se tivesse no quintal da casa dele, mas, contudo, ele ser amador, debutante, no quesito vereança e Presidência, ele não tem processos dessa magnitude, pelo menos por enquanto, como esse que está pleiteando o cargo de Presidente, não podemos permitir, terão que cessar todo e qualquer movimento de colocar esse investigado por crimes de grande potencial sentado à mesa da presidência, não poderia estar sequer sendo vereador, tampouco secretariar os trabalhos da CASA mais importante da cidade.

Nós, o povo, temos que exercer a nossa SOBERANIA e não permitir que brinquem com a nossa cara, já que não podemos interferir no andamento dos trabalhos durante as sessões Ordinárias, então que, pelo menos vamos impedir que pessoas com esse perfil, que esteja na iminência de ser um ficha suja em 2019/2020 venha presidir a nossa Casa Legislativa, isso não podemos permitir pela moralidade de todo povo que não aceita mais políticos com esse perfil desabonador.

NÃO PODEMOS ESPERAR CHEGAR PERTO DE SE ELEGER NOVO PRESIDENTE SEM SABER O QUE ESTÁ ROLANDO NOS PORÕES DA CÂMARA

Falta somente sete meses para eleger novo presidente da Câmara Municipal de Peruíbe, não vamos permitir que nos peguem de surpresa como quando foi para eleger o Rafael que todos foram pegos de surpresa e que desagradável e mais que péssima surpresa, tendo que ver na porta da Câmara o Paulão dizer A CASA TAMBÉM É NOSSA, TAMBÉM ESTÁ EM NOSSAS MÃOS, QUEM MANDA AQUI SOMOS NÓS foi doloroso de ouvir isso, mas ficamos livres desses dois ditadores, Paulão e Rafael, voltar a ser vice da Câmara seria insanidade mental, ter uma diarreia mental daquelas, bem forte e acabar com toda massa encefálica de toda população.

POSTADO PELA EQUIPE DO BOCA DE RUA

SEMPRE-DE-OLHO-NA-CAMARA-DE

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>