Vamos falar do contrato da empresa de transporte público de Peruíbe.

CONTRATO-COM-A-JUNDIA-1
CONTRATO-JUNDIA-EFICIENCIA-

EFICIÊNCIA E PONTUALIDADE DA EMPRESA DE TRANSPORTES DE PERUÍBE

ONIBUS CARAGUAVA

Só essa Cláusula já daria rescisão contratual sem ter que pagar multa, a empresa nunca foi eficiente e nunca foi pontual, haja vista, os usuários ficarem mais ou menos 04 horas esperando por uma condução para poder chegar ao trabalho ou chegar à sua residência.

DO VALOR DO CONTRATO QUE A EX PREFEITA ANA PRETO / PAULÃO FIZERAM COM A EMPRESA.

CONTRATO-DA-JUNDIA-3

Paga-se à Empresa de Transporte Coletivo de Peruíbe o valor astronômico de R$ 8.802.734,46 ( OITO MILHÕES, OITOCENTOS E DOIS MIL, SETECENTOS E TRINTA E QUATRO REAIS E QUARENTA E SEIS CENTAVOS ) por ano paga essa quantia astronômica.

CONTRATO-JUNDIA-4

SEGUNDO A LEI DO PAI DA PREFEITA QUE ELA ALTEROU SÓ PARA COBRAR O SUBSÍDIO QUE O MUNICÍPIO É OBRIGADO A ARCAR.

LEI-DO-PRETO-1
LEI-DO-PRETO-ALTERADA-2

A LEI COMPLEMENTAR 207/2014 ACRESCENTOU O ARTIGO 22-A PARA PODER REPASSAR O SUBSÍDIO À EMPRESA.

O Valor do Subsídio que o município é obrigado a repassar à Empresa por conta do Contrato estabelecido entre a Empresa e uma ex prefeita que não entendia nada de nada é de de R$ 300.000.00 ( TREZENTOS MIL REAIS ) a R$ 500.000.00 ( QUINHENTOS MIL REAIS ) por mês e em dezembro, janeiro e fevereiro chegam a R$ 600.000.00 ( SEISCENTOS MIL REAIS ) por mês, isso quebra qualquer município , não tem município que suporta uma carga de pagamentos tão elevada dessas, os usuários pagam duas vezes o valor da tarifa, a que ele paga na Catraca, que hoje está por volta de R$ 3,30 ( três reais e trinta centavos ) e a prefeitura paga de subsídio o equivalente a R$ 2,10 ( dois reais e dez centavos ) por passageiro, então o usuário, na verdade, pagou o ano todo o equivalente a R$ 5,40 ( cinco reais e quarenta centavos ) e quem não utiliza o transporte coletivo também está pagando dois reais e dez centavos que é o Subsídio que o município paga por conta do contrato que foi feito na época da Ana/Paulão jogando essa conta nas costas de nós munícipes.

TAL PAI, TAL FILHA, FILHA DE PEIXE, PEIXINHO É.

TRIBUNAL-DE-CONTAS-PRAZO--4

O Tribunal de Contas investiga o Contrato feito em 2015, sendo que a prefeita ia terminar o mandato dela em 2016 e certamente não seria reeleita, só que ela estabeleceu um contrato com a Empresa para 10 ( dez ) anos prorrogável para mais cinco anos, só vai findar esse contrato em 2030.

VEJA A LEI DO PAI DA EX PREFEITA ANA PRETO.

LEI-DO-PETO-PRORROGADA-4

O pai da ex prefeita Ana Preto, estabeleceu contrato com a Empresa INTERSUL em um prazo de Dez Anos, prorrogável para mais cinco anos, também, ou seja, desde 2005 se estenderia até 2020, tínhamos que suportar uma empresa mandando e desmandando na cidade, se sentindo a dona absoluta do transporte, sem concorrentes ainda bem que apareceram as VANS e quebraram o monopólio desses oportunistas que são essas mega empresas que estabelecem contrato em um tempo muito elástico por isso elas deitam e rolam, não têm respeito pelos usuários, nem pelo município.

O BOCA DE RUA ENTROU COM UM PEDIDO DE CEP NA CÂMARA SOLICITANDO A RESCISÃO CONTRATUAL E A CASSAÇÃO DA PREFEITA.

A Câmara de Peruíbe tem a cara da Impunidade e do desrespeito ao cidadão. http://bocaderua.com.br/?p=22648

COM ESSA PARALISAÇÃO DO TRANSPORTE PÚBLICO A PREFEITURA NÃO TEVE ALTERNATIVA

PROCESSO CONTRA A JUNDIA 1
ACAO-CONTRA-A-GREVE-1
ACAO-CONTRA-A-GREVE-2
ACAO-CONTRA-A-GREVE-3

Analisando ser insustentável continuar acontecendo o repasse do subsídio à Empresa e mesmo assim a prefeitura vem, às mais duras penas, repassando valores de 300, 500 e 600 mil reais todo mês para a empresa sequer ter ônibus rodando suficiente para suprir as necessidades dos usuários, tudo bem ninguém é obrigado a trabalhar e não receber, porém, esse dinheiro que está sendo repassado à Empresa é um dinheiro que sai do bolso de todo contribuinte, quer ele use o coletivo ou não, ele é obrigado a pagar.

Segundo o BOCA DE RUA ficou sabendo que esse repasse seria o Estado que teria que repassar para os ônibus escolares e não foi efetuado o repasse, por isso houve a paralisação geral do transporte público, os motoristas e a população não podem sofrer as consequências de um contrato mal feito elaborado por uma senhora que não tem noção de absolutamente nada.

Curioso que o trânsito é da alçada do Secretário da Defesa Social está vinculado a esse Secretário e veja o documento que ele enviou ao Gabinete do prefeito, não seria o caso desse Secretário intervir junto ao empresário e obrigá-lo a efetuar o pagamento aos funcionários que não podem ficar no prejuízo, tampouco, a população que depende desse transporte para pode ser locomover? Parece que nada foi feito vindo desse Secretário da Defesa Social para amenizar a situação caótica que ficou a cidade.

GREVE-DOS-ONIBUS

POSTADO PELA EQUIPE DO BOCA DE RUA

DE-OLHO-NA-CIDADE-FOTO

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>