Prefeitos de Peruíbe, anteriores e atual plantaram vento estão colhendo tempestade. Peruíbe está debaixo d’água.

ALAGAMENTO 5

CADÊ O DINHEIRO DO IPTU? CADÊ A VERBA DESTINADA PARA PREVENIR ENCHENTES?

ALAGAMENTO 4

A população de Peruíbe passa o ano todo implorando para limpar as valas desentupir todas, veja lá aquela vala no Caraguava que o bebezinho caiu várias vezes dentro e a mãe precisou tirar o menino cheio de esgoto, o BOCA DE RUA cansou de pedir para as autoridades irem lá e desentupir para não acontecer uma tragédia maior da criança vir a óbito por afogamento na vala, pois se trata de uma criança de dois anos, ninguém fez nada para prevenir essa eventual  tragédia que estava na iminência de acontecer, a sorte que a mãe estava sempre por perto e cansada de tirar o filho de dentro da vala, trancou o menino em casa sem direito a sair para brincar. E não seria somente essa vala, porém, essa seria prioridade pois a vida da criança estava em risco. Agora pede ajuda para a população?

PEDIDO DE AJUDA

A população está cansada de ficar com o ônus, com toda carga pesada nas costas e não venham dar uma de vítima. Vítimas somos nós os moradores dessa cidade que só pagamos altos impostos . Vou publicar sim pedir ajuda mais uma vez será pelo povo sofrido . O BOCA DE RUA está de paciência esgotada. Veja lá, o Leão Novaes e adjacências o BOCA cansou de pedir para o responsável em abrir ruas e limpar as valas daquele bairro e arrumar tudo lá. Só enrolou até agora. Vários Secretários e diretores ganhando sem fazer nada em benefício do povo, tivessem trabalhado com prevenção e não é de hoje que as valas estão todas entupidas isso vem desde a época do ex prefeito Gilson Bargieri, aquele dos vinte milhões de reais que tirou dos cofres públicos se ele tivesse devolvido a grana daria para fazer muita coisa que sem esse dinheiro não conseguimos fazer nada, está represado na mão desse ex prefeito que quer novamente indicar um candidato para ele ficar nos bastidores cometendo erros novamente e deixando a cidade o caos que vem acontecendo.

Isso não é de agora a culpa não é somente desse atual prefeito a culpa, a máxima culpa é do Gilson Bargieri 2000/2004, Preto 2005/2008, Milena 2009/2012 , Ana Paulão 2013/2016 e agora 2017 em diante, não dá para isentar ninguém da culpa dessas catástrofes que ocorrem em Peruíbe que entra ano e sai ano e nada é feito, chorar o Leite derramado não tem como, tem que trabalhar com prevenção, prevenir para poder evitar muitas tragédias.

Choveu muito mas deveriam ter trabalhado com prevenção. Não tem coleta de lixo, o lixo vai tudo para os córregos rios e mares. Pede para alguns secretários que ganham muito sem fazer nada ajudar. São 300 mil reais por ano na pasta do Secretário de governo que antes era o Abude o Secretário e agora é o Ribas, a preocupação do prefeito é só em colocar bem os amigos deixar os amigos bem.

DECRETAR ESTADO DE CALAMIDADE PÚBLICA?

ESTADO DE CALAMIDADE PUBLICA

SABE O QUE OCORREU NA ENCHENTE DE 2008?

Caso haja a necessidade de DECRETAR ESTADO DE CALAMIDADE PÚBLICA, toda população de bem deverá fiscalizar a distribuição de tudo arrecadado, para não fazer como fizeram em 2008 que tivemos uma enchente nessas proporções foi DECRETADO ESTADO DE CALAMIDADE PÚBLICA pela ex prefeita JULIETA OMURO arrecadaram-se milhares de utensílios novos, tais como geladeira, fogão, armário de roupas, muitos calçados, chinelos havaianas, cobertores, edredons, colchões de casal e de solteiro, muitas cestas básicas e sabem o que ocorreu? Funcionários da prefeitura concursados e portariados levavam geladeiras novas para as próprias casas e traziam as velhas para doar para as vítimas da enchente, sapatos eles tiravam um pé e davam só um pé de sapato para as pessoas, humilhando todas elas, não houve uma fiscalização na distribuição das doações que chegavam nas inúmeras carretas que vieram de todo lugar do Estado, hiper mercados doaram  milhares de cestas básicas e não foram todas distribuídas que a prefeita à época Julieta Omuro teve que enterrar muitas delas em um terreno no Veneza, preferiu enterrar a doar para as vítimas da enchente, sem contar que em um ESTADO DE CALAMIDADE PÚBLICA o prefeito pode, durante 180 dias, estabelecer contratos com empresas, de maneira emergencial, sem ter que passar pelo processo licitatório.

A DISPENSA DE LICITAÇÃO EM SITUAÇÕES EMERGENCIAIS.

1. Nos casos de calamidade e de emergência, exige-se uma atuação imediata e urgente do Estado, sob pena da ocorrência de dano em detrimento de pessoas ou de bens. Enquanto a calamidade pública envolve fatos da natureza que causam risco geral (ex. secas ou inundações), devendo ser reconhecida por decreto do Poder Executivo, a emergência implica em risco particularizado , não dependendo de reconhecimento formal por ato do Chefe de Governo.

DA RETIRADA DO FUNDO DE GARANTIA, AINDA ESTÁ EM VIGOR?

“Moradores de áreas afetadas pelas chuvas da enchente de 2008 estavam podendo sacar FGTS, liberado apenas para trabalhadores que moram em cidades em situação de emergência ou em estado de calamidade pública. Pelo menos em 2008 foi liberado o saque do FGTS para moradores que comprovam que residem em área de risco e enchente estava podendo sacar o FGTS mesmo estando trabalhando, deve ainda  poder  até o presente momento, tem que verificar junto a Caixa Econômica Federal.

Esperamos que o povo que não está nessa situação de desabrigado colabore mas de verdade, doam o que foi doado para as vítimas da enchente não façam, por favor, igual fizeram em 2008 que pegaram para si as doações que eram para a vítimas.

TODOS OS LOCAIS DE COLETA ESTÃO NECESSITANDO DE MATERIAL DE HIGIENE PESSOAL E LIMPEZA, FRALDAS DE BEBÊ E FRALDA GERIÁTRICA, TEM SENHORAS IDOSAS QUE NECESSITAM DE FRALDAS, LOCAL DE COLETA NIPE E ESCOLA DELCÉLIA.

Essas enchentes que ocorrem em Peruíbe são os reflexos de administrações anteriores e atual que sequer lembraram um dia que teriam que desentupir as valas, não jogar lixo nas ruas, no córregos O POVO E OS PREFEITOS TÊM CULPA dessas enchentes acontecerem, estão falando que mesmo os albergados no NIPE e no Delcélia, estão jogando lixo no chão do albergue, providenciem coletores de lixo senão como podemos conscientizar o povo que o lixo deve ser depositado no local específico para ele senão proporcionamos o local específico? Aí querem chamar o povo de mal educado.

LIXO NÃO SE JOGA NOS CÓRREGOS, NEM NA ORLA DE RIOS LIXO, O LUGAR DELE É NA LIXEIRA.

ENCHENTES

LIXO = ENCHENTES = GRAVES CONSEQUÊNCIAS.

POSTADO PELA EQUIPE DO BOCA DE RUA

LIXO CAUSA ENCHENTE

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>