Esclarecimentos do caso “JUNINHO”, a vítima, do Caraguava Peruíbe, que foi baleada nesses últimos dias.

1--ATITUDE-SUSPEITA

O BOCA DE RUA RECEBEU MAIS INFORMAÇÕES DO CASO DA VÍTIMA AELSON MAURICIO DA SILVA JUNIOR ( JUNINHO )

No dia do trágico acontecimento, ( 23/05/2019 ) que mais uma vida foi ceifada, provando mais uma vez que a vida está mesmo banalizada, surgiram várias histórias que foram contadas em toda cidade de Peruíbe, senão vejamos:

Uma das histórias que se ouviu, com bastante ênfase, foi que o incêndio que houve no coletivo ocorreu por conta da revolta dos moradores do Bairro do Caraguava, em virtude de ter ocorrido uma tragédia de uma pessoa muito querida dos moradores e vizinhos havia sofrido uma violenta perseguição de uma viatura policial, apenas por que a vítima teve a infeliz sorte de trafegar na contra- mão com uma moto e ao deparar com a viatura da policia deve ter entrado em pânico o que o fez empreender  fuga, evoluindo para uma perseguição policial.

ASSISTA AO VÍDEO:

Segundo fatos narrados por várias testemunhas a vítima não portava arma, mesmo por que há que se acreditar que se tivesse portando arma, seria comum e rotineiro em sua vida, o que seria motivo de ter alguma passagem pela polícia por porte ilegal de arma, nunca houve, sequer uma ocorrência contra essa vítima que foi ceifada sua vida de maneira banal, poderiam os policiais, é óbvio,  efetuar a abordagem por ele estar trafegando na contra mão apreender o veículo motocicleta, até se fosse o caso caçar a CNH da vítima, aplicar uma multa, enfim, há meios não letais para se punir quem comete infração de trânsito, jamais atirar na cabeça como foi feito o disparo de maneira letal e fatal.

CONSTA DO BO QUE A VÍTIMA NÃO TINHA PASSAGEM PELA POLÍCIA ELE, COM 24 ANOS, NENHUMA PASSAGEM!

4- FRAG--BO-DO-JUNINHO........

Por conta do motociclista trafegar na contra mão ofereceu risco a ele e aos demais usuários da rodovia, merecia sim ser punido de maneira severa com o rigor da Lei, mas, jamais ser alvejado na cabeça vindo a óbito em seguida.

VEJA MAIS FRAGMENTOS DO BOLETIM DE OCORRÊNCIA

4--BO-DO-JUNINHO

QUAL FOI O MOTIVO DO BOCA TER RETOMADO ESSE CASO QUE ESTÁ SENDO INVESTIGADO?

Foi, apenas e tão somente, por conta que a cidade toda estava vinculando o incêndio que ocorreu no ônibus ( ATO TERRORISTA ) com a morte de AELSON  MAURICIO DA SILVA JUNIOR ( O JUNINHO ) como era carinhosamente chamado pelos vizinhos e amigos do bairro Caraguava.

O INCÊNDIO DO COLETIVO NÃO TEVE VÍNCULO ALGUM COM A MORTE DO JUNINHO.

onibus incendiado

Bandidos ( 15 ) se aproveitando do movimento que estava ocorrendo usou como pano de fundo que a mente de todos deduziu que foi por conta da morte trágica do “Juninho” até o BOCA DE RUA que obteve informação de fontes verdadeiras, publicou apenas uma linha não deu tanto ênfase mesmo por que não estava de posse de informações documentais que agora vieram às mãos dessa JORNALISTA que um advogado que ele decretou ser desafeto do BOCA DE RUA usando a fragilidade e a dor da família pela perda do ente querido, enviou para a família isso aqui veja que postura abjeta:

1--TIRO-NA-CABECA
2--TIRO-NA-CABECA

Tentando induzir a erro a família fragilizada e colocá-la contra essa jornalista que ele chama de “JORNALZINHO, JORNALISTAZINHA” e o pior, anti ético da parte dele tentando atravessar o trabalho do já então advogado constituído pela família.

A família está programando uma passeata, de maneira pacífica, pedindo que haja JUSTIÇA, SEGURANÇA E EM AGRADECIMENTO POR ITARIRI TER PRESTADO OS PRIMEIROS SOCORROS para esse caso que não poderá ficar impune, o BOCA DE RUA vai se limitar a passar mais informações, para não atrapalhar as investigações, que estão nas mãos de um excelente e competente Delegado, imparcial, segue à risca a Lei. Quem dever, certamente, será punido com o rigor da Lei, confio no brilhante trabalho desse Doutor Delegado que nunca nos decepcionou.

A PROVA QUE O INCÊNDIO DO COLETIVO NÃO TEVE VÍNCULO ALGUM COM A MORTE DO JUNINHO FOI O DEPOIMENTO DA VÍTIMA, O MOTORISTA, FOI UM VIOLENTO ASSALTO.

MOTORISTA-DO-ONIBUS

Houve duas vítimas em evidência nesses dois dias, 23 e 24 de Maio de 2019, o MOTORISTA e o JUNINHO e, certamente, são também iguais às duas vítimas os moradores de bairros distantes da área central que por conta do ato terrorista o dono da Empresa optou por suspender a circulação dos coletivos, na noite do fato horrível que aconteceu, para segurança dos usuários e dos funcionários.

O que ocasionou o incêndio do veículo foram 15 bandidos que adentraram ao coletivo anunciaram o assalto e forçaram o motorista dirigir até a pista que o mesmo apanhou dos bandidos, levaram o dinheiro e não tiveram a decência de permitir que o motorista saísse de dentro do coletivo ateando fogo com ele no interior do ônibus o que não bastou somente o ATO TERRORISTA VEIO ACOMPANHADO DE REQUINTES DE CRUELDADE, atear fogo com o motorista dentro do coletivo, é desumano e perverso.

VEJA MAIS INFORMAÇÕES A RESPEITO DO CASO JUNINHO O BO Nº 385/2019, SOMENTE O HISTÓRICO

1--BO-DO-JUNINHO
2--BO-DO-JUNINHO...........
3--BO-DO-JUNINHO
3--SUSPEITA-ATITUDE

A PERSEGUIÇÃO, A VIATURA, SUPOSTAMENTE, SEM SINALIZAÇÃO ALGUMA, GIROFLEX ESTARIA APAGADO E SIRENE ESTARIA DESLIGADA.

2--VIATURA-SEM-SINALIZACAO

POSTADO PELA EQUIPE DO BOCA DE RUA

JUSTICA

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>