Emer é condenado por improbidade e não poderá ser candidato a prefeito de Peruíbe.

EMER-E-CONDENADO
FOTO EMER

EMER ELIAS ABOU JAOUD, FOI CONDENADO EM MONTE MOR A PERDA DOS DIREITOS POLÍTICOS POR DEZ ANOS, VEJA PARTE DA SENTENÇA

1--CONDENACAO-DO-EMER
2--CONDENACAO-DO-EMER
3--CONDENACAO-DO-EMER
4--CONDENACAO-DO-EMER
5--CONDENACAO-DO-EMER
6--CONDENACAO-DO-EMER

Restou comprovado que EMER ELIAS ABOU JAOUD, recebeu vantagens indevidas e ílictas, oriundas de licitações fraudulentas e direcionadas, provocaram GRAVES LESÕES ao ERÁRIO público, bem como atentaram contra os princípios da administração pública, especialmente os da legalidade, impessoalidade e moralidade administrativa.

Para o bem de Peruíbe EMER ELIAS ABOU JAOUD, teve determinado sua suspensão dos direitos políticos pelo período de 10 (dez) anos e sem poder ser contratado pelo poder público para prestar serviços ao município em nenhum lugar do País, o teor do que prevê o inciso I do artigo 12 da Lei de Improbidade Administrativa. Após expedindo assim ofícios ao Cartório Eleitoral de Monte Mor, ao TRE-SP e ao TSE para o fim previsto no artigo 20 da LIA.

PARA QUEM SEMPRE ACHOU QUE O BOCA DE RUA ESTAVA FALANDO MENTIRA VEJA AÍ A JUSTIÇA FAZENDO JUSTIÇA E LIVRANDO PERUÍBE DE UM PÉSSIMO POLÍTICO

OBRIGADA-JUSTICA

O BOCA DE RUA parabeniza ao Judiciário de Monte Mor que agiu com imparcialidade e dentro do que manda a Lei, parabeniza o Ministério Público de Monte Mor que exerceu um trabalho brilhante narrando tudo com pormenorizados detalhes e parabeniza aos vereadores que foram eles os responsáveis maior para que tivesse esse desfecho, lá, em Monte Mor tem vereadores compromissados com a cidade.

As pessoas inteligentes e de boa índole  da cidade de Peruíbe agradecem ao Judiciário de Monte Mor por ter condenado esse péssimo político que se aproveitou da boa fé dos moradores dessa cidade e causou um prejuízo sem precedentes aos cofres públicos, foram R$ 12.912.281,50 ( DOZE MILHÕES NOVECENTOS E DOZE MIL DUZENTOS E OITENTA REAIS E CINQUENTA CENTAVOS ) em uma cidade com pouco mais de 40 mil habitantes, cidade de pequeno porte e ser dilapidada por esse péssimo prestador de serviços de má fé.

FOI CONTRATADO PELA PREFEITURA DE MONTE MOR.

PROCESSO-DO-EMER2
PROCESSO-DO-EMER4
PROCESSO-DO-EMER5

Foi contratado pela Prefeitura de Monte Mor , para prestar serviços de pavimentação asfáltica, ocorre que além de levar uma gorda quantia pelos serviços ainda, parte do que utilizou nas obras tais como mão de obra da prefeitura da cidade, maquinários, também, da prefeitura do município e materiais tudo fornecido, parte deles, pelo município. Assim fica fácil exercer serviço de pavimentação asfáltica, sem que a despesa fique 100% por conta da Contratada.

QUANDO ESSE TAL DE EMER ELIAS ABOU JAOUD ERA O PRESIDENTE DA CÂMARA, FAZIAM CÂMARA ITINERANTE VEJA O QUADRO POLÍTICO DE PERUÍBE:

EMER-CAMARA-ITINERANTE

Em um país sério esse cenário jamais existiria e ainda mais compondo a Instituição que tem por obrigação de ser, no mínimo,  séria e ter pessoas PROBAS, POR SE TRATAR DE INSTITUIÇÃO VOLTADA À ELABORAÇÃO DE LEIS, que moral tem uma instituição com esses componentes? Fere, de morte, o princípio da MORALIDADE.

OS APOIADORES DO TAL DE EMER ELIAS ABOU JAOUD, VEJA QUEM SÃO PARA NÃO VOTAR NELES.

EMER-E-SEUS-APOIADORES

Em breve voltaremos a relatar o que esse, que era um pretenso candidato a prefeito de Peruíbe, fez para a nossa cidade quando foi vereador na gestão Milena Bargieri  (2009/2013 ) e foi presidente da Câmara em 2011/2012, vamos mostrar tudo o que ele fez para Peruíbe, você eleitor, vai avaliar o perfil dos ex vereadores de Peruíbe, em 2020 estarão de volta compondo o rol dos candidatos, dando beijinhos e abraços no eleitor incauto.

QUADRO-NEGRO

POSTADO PELA EQUIPE DO BOCA DE RUA

alma-lavada1-1

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>