“Quero morar na propaganda da prefeita de Peruíbe……”

Vejam que curioso, lá na Bahia acontece tal como aqui em Peruíbe (ESTÂNCIA DE SUCUPIRA), vejam que musiquinha legal encontramos na Net, qualquer semelhança é mera coincidência, vejam que bonitinha:

É, parece que o governador de lá da Bahia tem os mesmos modos operandi da nossa , ou nosso prefeito daqui de Peruíbe, enganam o povo com propagandas mirabolantes sites para derrubar o BOCA DE RUA, enfim, só enganação, propaganda enganosa.

Vejam a propaganda da nossa “eficiente gestora”:

A FANTASIA

É nessa Peruíbe, da propaganda, que queremos morar.

Como senão bastasse este video enganador no site oficial da prefeitura agora foi criado um site para derrubar o BOCA, pessoas ligadas a prefeita nos disseram que ia ser criado um site vejam o site que lindo trabalho da nossa fantasiosa prefeita.

www.peruibeverdade.wordpress.com

Vejam também a enquete que eles criaram, isso mesmo, supostamente, foi a prefeitura quem criou, gente em se tratando de prefeitura ter criado essa enquete pode ser crime eleitoral, vejam:

http://oficialafolhadosbairros.blogspot.com/

Os candidatos que estão disparados nas pesquisas, se essa pessoa aparecer nas urnas não votem nele é encosto, se votarem nele ele vai colocar a sogra para ficar no lugar dele e ele vai continuar, viram no passado não muito distante, o que aconteceu? DE NOVO NÃO!

Personagens bem presentes na vida do governo de Peruíbe:

PAPAI NOEL, CEGONHA, BRANCA DE NEVE E OS SETE ANÕES, SACI PERERÊ, e muitos outros das historinhas infantis, que viagem faz esse governo.

A REALIDADE

Este caso é recente acabamos de aprovar o comentário desta paciente, vejam a nossa realidade:

“quero deixar um recado para quem ver este recado nos gestantes que somos atedidas na casa da mulher estamos com nesecidades de um doutor para nos atender porque já faz dois meses que a doutora esta afastada e nos estamos passando com uma enfemeira que não sabe tirar as nossas duvidas no meu caso eu já estou de 7 mases quando a doutora voutar a adenter o meu filho já vai ter nascido e agora cade vcs que cuidão da saude de peruibe para ver este recado.”
Simone

Já estes outros aqui aconteceram em Março de 2011.

Segundo o Secretário da Saúde, foi aberto uma Sindicância, em Março de 2011, para apurar esse caso, até a presente data, nada foi resolvido, estamos no final de Agosto de 2011, cinco meses se passaram e até agora a mãe e toda família do menino, Marcelo, estão sem explicação. DO QUE MORREU MARCELO?

O BOCA NÃO ESQUECE, E MOSTRA SEMPRE.

EM QUAL HISTÓRIA, VOCÊ MORADOR DE PERUÍBE, ACREDITA?

POSTADO PELA EQUIPE DO BOCA DE RUA

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

9 respostas a “Quero morar na propaganda da prefeita de Peruíbe……”

  1. Robson Sciola disse:

    Uma das coisas que sempre questionei é porque o Governo, seja Federal, Estadual ou Municipal precisa gastar com propaganda para informar aquilo que tem OBRIGAÇÃO de fazer! Duas coisas: o cidadão, eleitor e contribuinte pode pensar (mas não acredita!) que as benesses que se divulga em uma propaganda é um grande favor feito pelo governante. A outra são as perguntas que surge na sequência – Quanto gastaram para colocar essa propaganda à disposição da população? Essa dinheirama não seria melhor aproveitada na Educação, Saúde, Segurança, Transporte, Criação de Empregos ou até NA REDUÇÃO DE TRIBUTOS?
    Propaganda faz que precisa vender algo. O que um governo eleito precisa vender para a população? Nada! Precisa é cumprir promessa de campanha, honrar o voto do cidadão, eleitor e contribuinte. Não é preciso divulgar realizações, uma vez que se elas se concretizam a população tomará conhecimento de pronto. Quer divulgar? Use a Imprensa Oficial, que existe também para essas coisas.
    Quanto custa, afinal, ao bolso dos contribuintes a propaganda de Governo?
    Algum partido político com afiliados que tenham vergonha na cara se disporá a acabar com essa despesa desnecessária?

    • Robson, o BOCA DE RUA agradece a visita, é o que o BOCA diz que não tem que elogiar coisa alguma vinda do governo, quer seja Estadual, Federal ou Municipal, as poucas coisas que fazem é um dever deles fazerem, pelo muito que arrecadam, é ínfimo o que dão de retorno para o povo é quase nada da arrecadação astronômica que eles têm, não era para estar assim a Saúde, não era para estar assim a Segurança, a Habitação, a Educação, enfim tudo está “capenga” menos a vida deles, vejam as mansões que eles moram, os carrões que ele têm, os sítios de lazer deles, têm até elicóptero, e o povo morrendo à míngua, morrendo de fome.

      Veja que inaugura e leva gente para aplaudí-la até quando coloca um aparelho de ar condicionado, para mostrar que foi ela quem inaugurou quanta Hipocrisia, quanta enganação.

  2. Marcia Regina disse:

    QUERO MORAR NA PROPAGANDA DO GOVERNO DE PERUIBE LÁ É TUDO MARAVILHA TÃO DIFERENTE DO QUE VEJO NO MEU DIA A DIA…………
    BOCA DE RUA ADOREI ESSA MÚSICA, VOCÊS SEMPRE ACERTAM O ALVO ISSO MESMO CHEGA DE ESTAR BEM SÓ NA PROPAGANDA.
    PARABÉNS PELO BELO TRABALHO

  3. Quanto custou essa propaganda? Quem fez? Como foi a licitação? São perguntas que eu gostaria de fazer…

  4. J. Juan Rivera disse:

    FALANDO SOBRE PROPAGANDA POLÍTICA, GOSTARIA QUE A EQUIPE DO BOCA DE RUA, ACOMPANHASSE COM ATENÇÃO A LEITURA DO TEXTO ABAIXO, PUBLICADA PELO MARQUETEIRO DE CAMPANHA DE GILSON BARGIERI.
    DESCULPE PELO TEXTO SER MUITO EXTENSO, MAS É PRECISO LER ATÉ O FINAL, PARA PERCEBER COMO O POVO É INDUZIDO PELAS CAMPANHAS FARAÔNICAS, COMO ELE É ENGANADO POR BRILHANTES MARQUETEIROS, QUE FAZEM UMA BELÍSSIMA MAQUIAGEM E DEPOIS VENDEM SEUS PRODUTOS.

    http://IPSYLON.BLOGSPOT.COM/
    QUINTA-FEIRA, 21 DE ABRIL DE 2011
    Comunicação pode ser a melhor obra
    Um estadista não se limita a construir pontes e escolas, realizar obras físicas e promover assistência social e de saúde. Não se limita a investir em educação, que, aliás, também traz resultados ilimitados ao desenvolvimento de um município, estado ou nação. Um grande líder, mais que tudo, investe em comunicação.

    Até os calhordas, como Hitler, conseguem grandes resultados, apesar de negativos, quando vendem uma idéia a seu povo. Mas imagine o tirano alemão com sabedoria, em vez de apenas ambição e inteligência, convencendo os arianos a ajudar a humanidade. “Somos uma raça com dotes divinos, somos capazes de eliminar a fome, promover a paz e ajudar a todos”, ele dizendo com aquela mesma teatralidade. É evidente que o bem não é tão inflamável quanto o mal. Mesmo assim, a história teria registrado um efeito extraordinário e, certamente, admirável.

    Podemos supor que os limites de um ser humano são delineados por sua ilusão, pelo que ele acha dele mesmo. Temos exemplos históricos, como o de Alexandre, o grande, cuja mãe o convenceu de ser filho de um semideus, Aquiles, e não do seu bravo, mas limitado pai, Felipe. A humanidade testemunhou a respeitável campanha de Alexandre em curto tempo de vida. Conquistou o mundo com a idéia de que era semideus. E seus soldados também acreditavam nisso, por isso venciam exércitos várias vezes maiores e bem mais armados.

    O cidadão se comporta guiado pela idéia que tem de si. Seus limites, tanto de uso do cérebro, como de percepção espiritual e de energia realizadora, parecem produtos de um convencimento. Uma programação cerebral, como o que softwares fazem nos computadores. Não basta, contudo, sabendo disso, a gente tentar se convencer e começar a mover objetos sem tocar. Alguns raros monges tibetanos ou eremitas podem até conseguir isso, mas ao longo de muito tempo de exercício e naquele silêncio peculiar. A grande transformação parece exigir liderança.

    A autoridade de alguém com um discurso estimulante obtêm admiráveis frutos. Então imagine um governante usando o seu poder de projeção, estimulando o exercício de cidadania, promovendo a paixão do seu povo, motivando sinergia pelo bem comum. Só não faz quem não quer. Ou quem já perdeu credibilidade. Essa sim é uma obra de grande valor, ao alcance de um líder que ame o seu povo e deseje realmente o bem de todos.
    POSTADO POR AGÊNCIA Y ÀS 21:49 0 COMENTÁRIOS
    ENVIAR POR E-MAIL BLOGTHIS! COMPARTILHAR NO TWITTER COMPARTILHAR NO FACEBOOK COMPARTILHAR NO ORKUT COMPARTILHAR NO GOOGLE BUZZ

    2000 – TURISMO É EMPREGO, EMPREGO É SAÚDE

    Além de Ourinhos, fizemos a campanha de Gilson Bargieri a prefeito de Peruíbe. Gilson havia perdido uma eleição anterior, apesar do favoritismo, e precisava conduzir com prudência aquele processo de 2000. Contratou-nos como consultores e recebeu conselhos valiosos para lhe garantir a vitória. Na comunicação, enfatizamos as antigas propostas de Gilson, de investir no turismo para o desenvolvimento de Peruíbe, fazendo uma associação didática entre os projetos do candidato e as principais reivindicações populares reveladas em pesquisa: emprego e saúde. A condução da campanha sem malabarismo publicitário, sem correr riscos desnecessários, manteve o candidato em alta até a vitória esmagadora.

    2008 – VONTADE POPULAR

    A prefeita Julieta Omuro contratou um advogado de renome para cavar a inelegibilidade e impedir a candidatura de Gilson, alegando contas rejeitadas da gestão de 2001 a 2004. Como antídoto à estratégia da situação de tentar ganhar no “tapetão”, sugeri o nome “Vontade Popular” para a coligação que apoiava Gilson. Administrando a vantagem que ele tinha desde as primeiras pesquisas, fizemos uma campanha que fortalecia a certeza de vitória entre os eleitores de Gilson, e era o que precisava fazer para ganhar. Os ataques infundados foram ignorados pela caravana vitoriosa de Bargieri, até porque não ameaçavam a preferência da população. Para proteger seu nome no flanco mais vulnerável, criamos peças e destacamos a força da “vontade popular” no processo democrático. Essa ação foi tão bem-sucedida que, quando Gilson teve seu recurso negado pelo TSE, mesmo depois de ter ganho no TRE, cinco dias antes das eleições, sua filha Milena assumiu a candidatura e venceu.

    Vamos tomar muito cuidado com a escolha dos nossos representantes, principalmente aqueles que fabricam conteúdos os quais nunca tiveram, ideais que não os pertencem, falácias que fazem o povo acreditar, e principalmente: dinheiro, muito dinheiro , que pode (e vai ) contratar profissionais para dar todos os retoques na maquiagem, preparando os candidatos para o grande show, de compra de votos, de estruturas mirabolantes, e por fim , deixando a conta para os eleitores pagarem durante 4 anos. Devemos acabar com a política do “quem paga leva”.

    2001 – PERUÍBE PRA VOCÊ AMAR

    Quando Gilson assumiu o governo de Peruíbe, fui convidado para criar o Departamento de Comunicação e Marketing e sintonizar as ações em comunicação com os projetos que ele iria executar. Criei a marca do governo voltado para o turismo e o slogan “Peruíbe pra você amar”. Lançamos várias peças publicitárias com esse objetivo, inclusive uma campanha para atrair turista da capital com o apelo “Vou descer pra Peruíbe”. O marketing adotado rendeu bons resultados para o governo e o município, criando um sentimento de orgulho pela cidade, elevando a auto-estima da população e estimulando o exercício da cidadania.

    2008 – PERUÍBE PRA VOCÊ

    Administração de Milena Bargieri e o desafio de criar um conceito melhor que “Peruíbe pra você amar”, adotado por seu pai, oito anos antes. Não me intimidei e recorri ao melhor dos caminhos, a simplicidade: cortei uma palavra e lancei “Peruíbe pra você”. Com “Peruíbe pra você” o governo tem sua comunicação facilitada e grande capacidade de promover identidade em todas as ações governamentais. Inaugura uma obra, diz “esta obra é pra você”. Melhora o serviço de saúde, diz “melhoramos pra você”. E a população ouve e vê repetidamente para quem o governo trabalha e por quem se realizam os feitos.

    VAMOS TOMAR MUITO CUIDADO COM A ESCOLHA DOS NOSSOS REPRESENTANTES, PRINCIPALMENTE AQUELES QUE FABRICAM CONTEÚDOS OS QUAIS NUNCA TIVERAM, FALSOS IDEAIS QUE NÃO OS PERTENCEM, FALÁCIAS QUE FAZEM O POVO ACREDITAR, ARTICULADORES QUE NEGOCIAM A POLÍTICA DO $$$$$$$$$$$$$$$, E PRINCIPALMENTE: DINHEIRO, MUITO DINHEIRO , QUE PODE (E VAI ) CONTRATAR PROFISSIONAIS PARA DAR TODOS OS RETOQUES NA MAQUIAGEM, PREPARANDO OS CANDIDATOS PARA O GRANDE SHOW, DE COMPRA DE VOTOS, DE ESTRUTURAS MIRABOLANTES, E POR FIM , DEIXANDO A CONTA PARA OS ELEITORES PAGAREM DURANTE 4 ANOS. DEVEMOS ACABAR COM A POLÍTICA DO “QUEM PAGA LEVA”.

    • J.Juan, o BOCA DE RUA agradece a visita, lindo texto e não tem o que pedir desculpas pela extensão do texto, adoramos! É isso mesmo, devemos insistir e bater sempre nesta tecla “DEVEMOS ACABAR COM A POLÍTICA DO QUEM PAGA LEVA.” E alertar a todos que VOTO NÃO TEM PREÇO, TEM CONSEQÜÊNCIAS, E SÉRIAS.”

  5. Ribeiro disse:

    A continuar assim, a saude publica “excelente” em peruibe, conforme a propaganda da PM, que está boa e vai melhorar mais ainda, os donos de clinicas particulares irão a falencia pois quem tem plano de saude, não vai precisar mais pagar plano particular e vai usar só a rede publica.
    Sera que os ricos e poderosos do poder executivo e legislativo passarão a frequentar o PS central já que o o atendimento lá é excelente? Que piada……………….é brincadeira.

    Quanto será que custou esse filme e ainda pra mostrar uma fantasia?
    Isso é propaganda enganosa, não?

    • Sim, pura propaganda enganosa, só para enganar o povo.

      QUERO MORAR NA PROPAGANDA DO GOVERNO DE PERUIBE LÁ É TUDO MARAVILHA TÃO DIFERENTE DO QUE VEJO NO MEU DIA A DIA
      CHEGA DE ESTAR BEM SÓ NA PROPAGANDA
      rsrsrsrs

      Ribeiro, o BOCA DE RUA agradece a visita.

  6. dr. detetive disse:

    cuidado com o sr: sinhosinho malta como na novela da rede globo ( roque santeiro)

    1-ele mata ,2 ele vaz armação 3- ele cobra propina-4 ele prende os coitados de vente pirulito como prendeu a mercadoria do meu avo de 82 anos .

    ele troca favores tipo **me da um carro que eu passo sua empresa na licitação para fazer pinturas de rua pela cidade **
    aguardemmmmmmm vem muito mais …………. isso e uma vergonha

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>