“Ou pede pra sair, ou será tirada!!!”

Vereadora Nadir mostrou que tem caráter, e quer limpar sua imagem diante do público que passou a vê-la com reservas quando, segundo ela, foi praticamente coagida a votar a favor de tirar os dois milhões de reais da saúde.

Com essa atitude, de aprovar a retirada dos dois milhões de reais da SAÚDE, a imagem da vereadora ficou arranhada, ficou ainda mais estremecida a relação dela com o público depois que souberam que ela, além de ter tomado tal atitude, ainda processou o BOCA DE RUA que é um site que só nasceu para mostrar os erros dessa administração pública e mostrar as verdades nua e crua.

Quando na sessão da Câmara, do dia 28/09/2011 ela, em seu pronunciamento, tornou público a sua desfiliação do PSDB, isso causou certa alegria e satisfação ao público presente.

O que não achamos correto, que ela “jogou a toalha”, sem ter concluído o relatório da COMISSÃO ESPECIAL DE INQUÉRITO (CEI) que investiga “Fraudes em Licitações“, vindo do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) … da cidade de Campinas, é óbvio que vieram cópias, uma para a Câmara e outra para o Ministério Público do Estado de São Paulo, em Peruíbe.

Soubemos, de fonte verídica, por aquele informante de dentro do Gabinete da Realeza que o Relatório já está concluído mas que não é da vontade de toda comissão que ele seja votado favorável, tendo em vista alguns membros desta comissão são contra a aprovação deste relatório, mas teremos que ficar de olho, mantendo vigília em frente à Câmara.

Na sessão do dia 28, próximo passado, a vereadora, relatora deste relatório, entregou-o nas mãos do Presidente da Câmara em entrega extra-oficial disse para ele dar andamento na votação deste relatório, que está mais do que passado do prazo, se não for votado urgente esse relatório ele poderá perder a eficácia e aí meu amigo é mais um caso escabroso que fica na IMPUNIDADE, que acaba em PIZZA.

Por que será que até a presente data não votou esse relatório? Na quarta-feira dia 21/09 teve a sessão da Câmara com todos os vereadores presentes inclusive o presidente da COMISSÃO que investiga as fraudes em licitação do poder público, que é o vereador ADENILSON ALVES PEREIRA (NILSÃO) o afilhado do Gilson Carlos Bargieri, no dia seguinte teria a votação, isto é no dia 22/09 às 14 horas seria votado o relatório, não sabemos quais os motivos o levaram a não comparecer a esta reunião, comparecendo somente os dois vereadores Nadyr Maia e André de Paula.

Ficamos mantendo vigilia lá em frente à Câmara, pois fomos impedidos de acompanhar a votação do Relatório, caso houvesse.

A vereadora mostrou que tem ética, e como a mesma não consegue estar no partido por inteira ela irá pedir a sua desfiliação (sic).

O que podemos perceber, que lá dentro quem dita as regras são os poderosos:

Faça o que eu mando e não faça o que eu faço. Ou,

Manda quem pode, obedece quem tem juízo.

Para se ter uma idéia do jeito TUCANO DE ADMINISTRAR A SAÚDE, vamos mostrar uma matéria que veiculou no jornal o estado de São Paulo:

Via Hora do Povo
POSTADO POR GILSON SAMPAIO

Privatização da saúde: menina dos olhos da tucanalhada paulista:

Médicos paulistas exigem revogação de lei das OSs

Lideranças médicas e dos movimentos sindicais pediram a revogação da Lei das Organizações Sociais, em debate realizado no Sindicato dos Médicos de São Paulo (Simesp), no sábado (20). “Trata-se de uma lei perversa contra usuários da saúde pública e profissionais.

A terceirização impacta não só na saúde, mas nas esferas da educação, cultura, ciência e tecnologia. Há a precarização dos vínculos empregatícios, que gera alta rotatividade nos hospitais geridos por OSs”, afirmou o secretário de Imprensa do Simesp, João Paulo Cechinel Souza.

De acordo com o sindicato, o governo repassou mais de 48% de seu orçamento de R$ 5 bilhões para as organizações sociais, em 2011, somente na capital paulista.

Os profissionais da saúde contratados por OSs chegam a 32 mil, enquanto os funcionários concursados não passam de 28 mil. O presidente do Simesp, Cid Carvalhaes, afirmou que “temos confrontos com a prefeitura há tempos com relação aos desmontes na saúde pública e quanto as condições vexatórias que a população tem sido submetida. Somos médicos e o primeiro foco, em absoluto, é o paciente”.

E custam mais ao Estado. “Em 2008 e 2009, os hospitais geridos pelas OSs custaram, em média, aos cofres do Estado de São Paulo cerca de 50% mais do que os hospitais administrados diretamente pelo poder público.

A mesma tendência se manteve em 2010, revela o cruzamento de dados dos relatórios das OSs com informações do Sistema de Gerenciamento da Execução Orçamentária do Estado de São Paulo (SIGEO)”, afirma Conceição Lemes, em matéria publicada pelo HP, em 27 de julho.

A grande “gestão” privada das unidades de saúde no Estado resultou num rombo de pelo menos R$ 147,18 milhões. “Dos 58 hospitais, AMEs e serviços de diagnóstico do estado de São Paulo geridos OSs por contrato de gestão, 41 tiveram déficit em 2010, segundo o relatório das OSs publicado no Diário Oficial do Estado de São Paulo, publicado em abril de 2011. O que representa 70%”, diz a jornalista.

“Temos nas mãos uma questão de saúde pública e reforçamos hoje o compromisso com a revogação da lei das OSs”, pontou Cechinel.

E saber que houve uma reunião do Conselho Municipal de Saúde, a qual estivemos presentes, e lá foi dito pelo Secretário da Saúde que iria contratar uma dessas Organizações Sociais para prestarem serviços aqui no PS, houve discussão e até tentativa de impedir que fosse aprovado qualquer contrato de qualquer OSs que fosse.

Mas quando se tem um Conselho subserviente, omisso e medroso acontecem estas coisas, ou seja, votam sem saber o que estão votando e o pior sem saber o quanto irá onerar aos cofres públicos, e que tipo de serviços serão prestados, sem saber absolutamente nada disso, o Conselho Municipal de Saúde, em sua grande maioria dos componentes votaram “SIM” para a contratação que será outra OSs somente dois membros do Conselho não votaram a favor, mas como sempre vence a maioria então ficou aprovada mais uma contratação de mais uma Empresa terceirizada.

Serão mais muitos milhões de reais que sairão dos cofres públicos de Peruíbe, e vão para o ralo.

E A SAÚDE DE PERUÍBE CADA VEZ PIOR.

Quando um munícipe, presente à reunião, questionou o Secretário da Saúde, “como ficaria o contrato que já tem com uma empresa terceirizada de Médicos, a MRF?” Esses que aí estão, atendendo à população, como ficaria o Contrato com essa empresa?

Isso foi o que bastou para causar a ira no Secretário da Saúde que o chamou de “irônico.” Dizendo que os munícipes alí presente nada fazem para melhorar a saúde, só querem criticar e cobrar, cobrar e cobrar. Saindo em seguida deixando o munícipe sem resposta.

“Numa cidade onde a crítica construtiva é mal vista e tida “como falar mal da cidade” e a esperteza dos políticos é virtude, muitos são os que se orgulham dos conluios.” E os poderosos de plantão comungam desse mau comportamento dos políticos e avalizam que a subserviência serve para manter uma grande parte dos cidadãos de cócoras e isso é benéfico para eles.

Na verdade, a predominância da hipocrisia desgoverna uma cidade! Um povo pouco informado acredita no primeiro demagogo que aparece, engole suas mentiras como pílulas salvadoras e, por cegueira ou por carência, segue o caminho de seu próprio infortúnio, onde a nobreza do político se sustenta nos três pilares: a falsidade, a mentira e a enganação, quando a verdade nos é sonegada. Os seus malfeitos são notórios e a ineficiência é retratada em alguns dos setores da administração pública.

Burguesia Cazuza

A burguesia fede
A burguesia quer ficar rica
Enquanto houver burguesia
Não vai haver poesia

A burguesia não repara na dor
Da vendedora de chicletes
A burguesia só olha pra si
A burguesia só olha pra si
A burguesia é a direita, é a guerra

Essa música retrata bem a realidade da nossa maltratada Peruíbe.

POVO DE PERUÍBE, DIA 01/10/2011 (SÁBADO) TERÁ REUNIÃO DA SAÚDE NO COLÉGIO TEREZINHA RODRIGUES KALILL, QUE FICA NA AV DOMINGOS DA COSTA GRIMALDI, 80, ESQUINA COM O COLÉGIO CARMEM MIRANDA – ÀS 15 HORAS – NÃO PERCAM.

Não podemos permitir que sejam decididos os rumos da SAÚDE como eles bem entendem, devido a sua ausência em reuniões é que são tomadas decisões importantes para que a SAÚDE continue péssima da maneira que está.

Os sete pecados sociais

Política sem princípios
Riqueza sem trabalho
Comércio sem moralidade
Ciência sem humanidade
Colaboração sem sacrifício
Prazer sem consciência
Conhecimento sem caráter

Mahatma Gandhi

“Nunca duvide que um pequeno grupo de pessoas conscientes e engajadas possa mudar o mundo; de fato, sempre foi somente assim que o mundo mudou.”
Fritjof Capra

Não importa saber se a gente acredita em Deus: o importante é saber se Deus acredita na gente…

(Mario Quintana)

POSTADO PELA EQUIPE DO BOCA DE RUA

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

7 respostas a “Ou pede pra sair, ou será tirada!!!”

  1. Cristen Charles disse:

    As pessoas podem até não gostar do Boca de Rua, eu e a querida Claudete concordamos em umas coisas, discordamos em outras, “C’est la démocratie”, mas que o Boca é um site que cuTUCA e irrita essa galera isso é FATO…Sou fã desse site…

    • Cris, as pessoas que não gostam do BOCA DE RUA são as do palácio e a plebe, fiéis e fanáticos seguidores, somos irreverentes e ousados em nossas matérias, também sou fã nº 1 do programa “NA MIRA” e da TV Vale das Artes, e “vamo que vamo”, sem dar trégua pra pessoas que estão fazendo coisas erradas, se a gente souber, mandamos ver mesmo sem dó nem piedade.

      Cris o BOCA DE RUA agradece a visita

  2. Luciana Martyns disse:

    Olá, amigos

    Estava sem Pc por isso andei meio sumida, mas acompanhando o boca pelo celular.
    Enfim não tenho nem o que dizer, somente que isso tudo aqui é a mais pura dissertação de nossa cidade, brilhante esplanação:

    “Numa cidade onde a crítica construtiva é mal vista e tida “como falar mal da cidade” e a esperteza dos políticos é virtude, muitos são os que se orgulham dos conluios.” E os poderosos de plantão comungam desse mau comportamento dos políticos e avalizam que a subserviência serve para manter uma grande parte dos cidadãos de cócoras e isso é benéfico para eles.

    Na verdade, a predominância da hipocrisia desgoverna uma cidade! Um povo pouco informado acredita no primeiro demagogo que aparece, engole suas mentiras como pílulas salvadoras e, por cegueira ou por carência, segue o caminho de seu próprio infortúnio, onde a nobreza do político se sustenta nos três pilares: a falsidade, a mentira e a enganação, quando a verdade nos é sonegada. Os seus malfeitos são notórios e a ineficiência é retratada em alguns dos setores da administração pública.”

    Perfeito,
    Parabéns ao Boca

    • Lú, querida, ainda bem que arrumou o seu PC, nossa eu pensei que você tivesse sido ameaçada ou coagida a não entrar mais no BOCA, como eles fazem com as “vaquinhas de presépio” que são todos que estão subordinados a eles, em baixo dos pés deles, servindo de tapete deles.

      Lú o BOCA agradece o elogio e o parabéns.

  3. Luciana Martyns disse:

    É ruim hein,kkkkkkkkk

    Jamais por uma razão muito simples:
    Não tenho rabo preso, não devo, não temo…
    Procuro levar minha vida de maneira digna para não ter que prestar ao papel de “tapete”.
    Tenho minhas opiniões que ora divergem, ora completam, mas tento fazer uso da democracia em que vivo, embora em nosso país , em nossa cidade a ditadura continua de forma velada e presente á todo instante quando nos levantamos contra um sistema falho, quando exigimos nossos direitos que eles insistem em achar que é prestação de favor…
    A mudança já está acontecendo, porém a arrogância de muitos em se acharem donos do poder não estão enxergando!!!

    Abrçs,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>