Intolerância de um Policial Militar, em Peruíbe, contra um cidadão, pai de família.

Veja você Contribuinte, cidadão, pai de família e eleitor, que paga o salário desses profissionais para receberem em troca desrespeito, intolerância, socos, chutes e toda a sorte de maus tratos que um cidadão pode receber de um funcionário do Estado, pago com o dinheiro do nosso “SUADO IMPOSTO” da “ CARGA PESADA DE IMPOSTOS ” que todo cidadão honesto e honrado está submetido.

Ainda bem que são raríssimas exceções, ou seja, um número bem reduzido, desses “maus profissionais militares” que têm atitudes grotescas como esse “POLICIAL MILITAR” teve contra um cidadão de bem, honrado, trabalhador e pai de família.

Vamos relatar, na íntegra, o que aconteceu:

O BOCA DE RUA sempre presente registrando fatos e atos na cara da notícia, para levar a você, cidadão, tudo o que ocorre nos bastidores desta vida conturbada, que está de volta à DITADURA dos anos 60, de volta à lei do “OLHO POR OLHO, DENTE POR DENTE.”

Não podemos permitir que essas cenas voltem a ser rotina na vida de todo cidadão de bem, honesto, trabalhador e pagador de seus impostos, para poder custear esses funcionários do Estado.

NARRANDO OS FATOS

Há , mais ou menos quinze dias, este mesmo cidadão (vítima) foi ao Fórum protocolizar ações, tendo em vista, ele trabalhar em um escritório de advocacia, chegando ao Fórum, com a advogada, iam subir para protocolizar na mão do Juiz, quando a advogada perguntou a um senhor que estava vestido à paisana, se o Juiz se encontrava em sua sala, tendo em vista, a advogada pensou ser um funcionário do Fórum.

Quando o cidadão (vítima) disse à doutora que se tratava de um “GUARDA”foram para o andar de cima, quando de repente atrás deles subiu, também, o indivíduo e indagou com ar autoritário ao cidadão o seguinte:

-Você me chamou de quê lá embaixo?

Pelo que o cidadão nem se lembrava mais do que havia chamado o indivíduo, tamanha a naturalidade da nomenclatura pronunciada pelo cidadão. (GUARDA)

- Nem me lembro, do que chamei o senhor! Respondeu o cidadão.

O indivíduo disse a ele:

- Você me chamou de “GUARDA” eu sou “POLICIAL MILITAR À PAISANA.”

- Um dia a gente se acerta! Disse o indivíduo ao cidadão.

Se ele estava à paisana é por que estaria, supostamente, fazendo o tradicional “BICO” o que é proibido.

Ontem, dia 18 de Outubro de 2011 quando o BOCA estava lá no Fórum para ver alguns processos que os vereadores que tiraram os dois milhões da saúde, entraram em cima dele, quando ia saindo ouviu um Policial Militar, desta vez estava fardado, fazendo escolta a um preso, quando o cidadão chegou novamente com a advogada, e passou pelo policial que o referido policial, jogou um beijo e fez um gesto obsceno levantando o dedo do meio para o cidadão, que em seguida foi em direção ao cidadão abordando-o pedindo os documentos a ele, pelo que o cidadão respondeu que havia esquecido os documentos no escritório, quando o mesmo virou as costas para entrar no Fórum, foi surpreendido com um soco na nuca e no pescoço, que em seguida veio uma seqüência de socos jogando a vítima na porta de vidro do Fórum, que quebrou vindo ferir a vítima em seguida deu voz de prisão ao cidadão o jogou no chão, o algemou e o colocou dentro do Camburão da Força Tática, no chiqueirinho, levando-o ao Pronto Socorro e em seguida à Delegacia colocando-o novamente no chiqueirinho da Delegacia algemado e sem a menor possibilidade de se defender.

Ainda na seqüência dos socos de ponta-pé, um menor vendo tudo, tentou separar o Policial, segurando-o e o tirando de cima do cidadão, que, em seguida, o menor levou um soco, no estômago, do policial.

Ainda dentro da Delegacia, o PM encarava o cidadão e o ameaçava constantemente que resolveria o caso na bala, chegou até expulsar, de maneira violenta, um menor que trabalha no Fórum na condição de estagiário, na vara Criminal, de dentro da Delegacia, dizendo de maneira violenta:

- Saia daqui, eu não quero você aqui, empurrando o menor para fora da Delegacia, foi quando intervimos dizendo ao PM que a Delegacia era um prédio público e, portanto, é do povo, que o menor não ia sair dali, por ele ter presenciado todo o entrevero de Policial X Cidadão.

COMENTÁRIO DO BOCA DE RUA

Infelizmente dentro da Corporação da Polícia Militar, existem os péssimos profissionais que têm que ser expurgados do meio para não manchar a imagem da Polícia, que existe para proteger a sociedade, não agredi-la de forma violenta, para nos agredir, nós cidadãos de bem já temos os “bandidos, os estupradores, os violentos de maneira geral” partimos do seguinte pressuposto que temos a Polícia Militar e Civil para combater esse tipo de violência, e não para nos agredir.

As algemas estavam tão apertadas que vejam o estrago que fez na mão da vítima.

Ainda bem que são bem poucos os Policiais que agem de maneira nada convencional, que agem na contra-mão da Lei, de maneira truculenta, que descarrega suas frustrações em cima do cidadão de bem, que não está apto para conviver com a sociedade , seria o caso deste funcionário do Estado ser submetido a exames médicos, psicológicos e psiquiátricos, para avaliar a conduta abominável e repudiável que teve contra um cidadão de bem, trabalhador, e pai de família.

A maioria dos policiais, tanto da Polícia Militar, como da Civil, são pessoas altamente preparadas, verdadeiros profissionais que honram a farda, o Estado e a sociedade como um todo, agindo, de maneira brilhante, em favor da sociedade, da população, estão no exercício da função para combater a violência e não gerar mais violência, como no caso deste Policial, que com total “ABUSO DE AUTORIDADE” investiu contra um cidadão honesto e trabalhador e com uma agravante, no espaço físico da Casa de Leis, onde se faz Justiça, através das Leis, e não da força bruta, que foi dentro do Fórum.

Veja você que este artigo 331 do Código Penal, “Crime de Desacato”, virou arma nas mãos desses péssimos profissionais, que se prevalecem deste artigo para desrespeitar o cidadão, veja o artigo:

Desacato (art. 331 do Código Penal)

Art. 331 – Desacatar funcionário público no exercício da função ou em razão dela:

Foi essa a alegação e a ira do policial, quando ele disse que o cidadão o chamou de “GUARDA”, no entender desse profissional do Estado o cidadão o desacatou.

Este policial faz parte da FORÇA TÁTICA DA POLÍCIA MILITAR, dizem que a Força Tática, é um dos grupos mais respeitados depois da ROTA.

“FOTO MERAMENTE ILUSTRATIVA”

A figura da Polícia existe para proteger a sociedade e não agredir cidadão de bem, nenhum bandido, mesmo pego em flagrante delito, pode ser tratado da maneira que este cidadão foi.

Assim preceitua a nossa Carta Magna em seu artigo 5º inciso III, Cláusula Pétrea:

Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

III – ninguém será submetido à tortura nem a tratamento desumano ou degradante;

Foi tratamento desumano e degradante, que esse cidadão recebeu de quem tem o dever de protegê-lo, de quem é pago pelo dinheiro dos impostos deste cidadão para proteger toda a sociedade.

Ultimamente alguns policiais desta corporação, da cidade de Peruíbe, estão deixando a desejar em matéria de proteção ao cidadão, senão veja o que aconteceu com a Claudete Andreotti, que apanhou daquela senhora que desviou 100 Kg de carnes dos doentes, só por que o BOCA DE RUA denunciou esse crime por ela cometido, ela bateu na Claudete lá na inauguração da Unidade Básica de Saúde (AMEM) do Parque D’Aville, a agressão aconteceu na cara de um policial Militar que estava fazendo a segurança do evento e ele nada fez para evitar as agressões verbais e físicas contra a Claudete.

Favoritismo? Quem sabe, talvez!

Queremos deixar bem claro, que todos os Policiais, tanto Militar como Civis, são pessoas dignas de todo nosso respeito e consideração, pois trabalham em prol da sociedade, em prol do povo, protegendo o povo da violência que assola o País, a cidade de Peruíbe, mas infelizmente têm as exceções, os péssimos profissionais, os maus elementos que estão lá só para denegrirem e arranharem a imagem da Corporação, esses maus profissionais, têm que ser reavaliados, e retirados do convívio da sociedade, remanejados para um trabalho interno, depois de ter passado por um tratamento rigoroso de psiquiatria, tendo em vista determinadas atitudes, põe em risco toda sociedade, e se o ocorrido tivesse evoluído para o pior, para a tragédia ainda maior, que seria ceifar a vida deste cidadão, que tem um filho de 06 meses de idade?

Como ficaria a família deste cidadão? É uma atitude sem volta, uma atitude que pode ser evitada, tirando esse Policial do seio da sociedade, das ruas, e o colocando para serviços administrativos em outra cidade que não seja Peruíbe, haja vista, a vítima estar em pânico devido as ameaças e as agressões que sofreu, por duas vezes desse péssimo profissional.

Não podemos permitir que haja, outros eventos trágicos como o da Candelária do Rio, outras PATRICIAS ACIOLIS a juíza que foi morta, de maneira violenta, por Policiais, lá no Rio de Janeiro, essa morte e agora essa agressão contra esse cidadão foi mais um tapa na cara de toda sociedade, só vem provar a fragilidade do sistema de Segurança, que emprega funcionários truculentos e sem o menor preparo e equilíbrio para estar agindo direto com a sociedade.

A juíza Patrícia Acioli já mandou mais de 60 Policiais pra Cadeia.

POSTADO PELA EQUIPE DO BOCA DE RUA

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

16 respostas a Intolerância de um Policial Militar, em Peruíbe, contra um cidadão, pai de família.

  1. Olá equipe do Boca.
    Meu nome é Carlos Cavallaro, tenho 26 anos, residente, domiciliado e contribuinte nesta cidade, pai de família, com um filho de apenas 6 meses de idade.
    EU FUI O HOMEM QUE FOI AGREDIDO COVARDEMENTE PELAS COSTAS PELO POLICIAL MILITAR GERALDO FERREIRA DA SILVA E JOGADO CONTRA A VIDRAÇA DO FÓRUM DA COMARCA DE PERUÍBE/SP COMO SE FOSSE UM LIXO, AINDA COMO SE NÃO BASTASSE SENDO AMEAÇADO DE MORTE EM ALTO E BOM TOM PELO PM EM QUESTÃO ATÉ NAS DEPENDÊNCIAS DA DEPOL DESTA CIDADE.
    NUNCA IREI TOLERAR UMA COVARDIA E DESPREPARO QUE ESTE PM ME PROPORCIONOU.
    QUANDO DIGO NUNCA IREI TOLERAR ASSUMO O COMPROMISSO COM QUALQUER CIDADÃO DE BEM NA EMPREITADA CONTRA ESSES PMS COVARDES QUE SE ESCONDEM ATRÁS DO ART 331 QUE SE REFERE AO DESACATO.
    ORA, VEJAMOS: O QUE VOCÊ FARIA SE FOSSE SURPREENDIDO POR UM PM, QUE EXIGE A APRESENTAÇÃO DE SEUS DOCUMENTOS SEM NEHUMA JUSTIFICATIVA AINDA SOB GRITOS COVARDES E PROMESSAS DE MORTE?
    É MEUS AMIGOS… ONDE VAMOS PARAR??

    FAÇO UM APELO PARA QUE POSSAMOS PRODUZIR UMA PASSEATA NESTA CIDADE CONTRA O ABUSO DE AUTORIDADE. LOGO MAIS A EQUIPE DO BOCA DE RUA IRÁ DIVULGAR A DATA E OS PONTOS ABORDADOS NESTA MANIFESTAÇÃO POPULAR QUE TEM COMO FINALIDADE PROMOVER A INTOLERÂNCIA AS AGRESSÕES PRATICADAS POR AUTORIDADES POLICIAS.

    CONTO COM A SUA COLABORAÇÃO E DIGO: NÃO TENHAM MEDO DE DENUNCIAR A COVARDIA PRATICADA POR QUALQUER AUTORIDADE.

    Sou estudante de direito na Universidade UNIP – SANTOS e trabalho em escritório de advocacia nesta cidade.
    Tenho uma meta na minha vida: ESTUDAR , TRABALHAR E PODER CHEGAR AO CARGO DE DELEGADO DA POLÍCIA FEDERAL.
    Mas será que estaremos todos seguros até que isso aconteça?
    DENUNCIE GRITE ! BRIGUE PELOS SEUS DIREITOS !
    SÓ ASSIM ACABAREMOS COM A IMPUNIDADE QUE ASSOLA O BRASIL.
    Faço da reportagem postada no Boca as minhas verdades.
    Fui agredido covardemente por um PM que deveria ao invés de agredir, proteger a população.

    OBRIGADO PELA VERDADE.

    • Carlos, lamentável e muito triste o que aconteceu com você nas dependências do Fórum, esse episódio deixa qualquer cidadão amedrontado e com receio de reclamar com as autoridades, ainda bem que não são a maioria, são bem poucos os péssimos profissionais, profissionais com perfil agressivo como foi o caso deste Policial.

      Todos, com raríssimas exceções, são profissionais íntegros, corretos e que respeitam o cidadão.

      O BOCA DE RUA lamenta imensamente o ocorrido.

      O BOCA DE RUA agradece a visita.

  2. Jackeline disse:

    Quero deixar o meu recado ao Carlos que foi mais uma vítima desses policiais que só denigrem a corporação, meu marido é policial militar só que ele trabalha em São Paulo, ele é uma pessoa correta, não é por que é meu marido, mas ele segue a lei, aplica sempre a lei ele é criterioso, não sai batendo em ninguém, mesmo que a pessoa ofereça resistência ele tenta imobilizar o indivíduo sem que com isso ele precise espancar a pessoa, você, com certeza estava, desarmado, o que já é uma fragilidade sua, você naquele momento estava vulnerável, diante da força, do poder do policial o agressor, ele estava em vantagem a você, por ser um policial e por outro lado portar uma arma, enquanto que você como cidadão, estava fragilizado diante dele, o que já caracteriza um ato de covardia deste policial.

    Quero deixar aqui, em meu nome e em nome do meu marido, PM, o nosso pedido de desculpas, por esse policial ter tido uma atitude desta abominável e grosseira, pedimos desculpas a você e a toda a sociedade por termos na Corporação esse tipo de funcionário público prestando um desserviço à sociedade.

  3. Jéssica disse:

    Aí boca de rua, que feia a titude deste policial, nossa estou indignada com o que li no boca a respeito desse que deveria dar proteção ele agride um cidadão pai de um bebê de apenas 06 meses.
    Carlos cuidado que existe alguém que está tentando descaracterizar o dano contra o patrimônio público, a história que fiquei sabendo foi a seguinte, por isso que eu liguei para o BOCA para ele postar logo a matéria para ficarmos sabendo da verdade, como foi.
    O que eu fiquei sabendo foi o seguinte:
    Que o menino que trabalha no fórum, surtou e quebrou o vidro da porta com a cabeça.
    Veja que historinha mais de criança, mas nem o seu bebê acredita nisso.
    Isso eles estão comentando, por que houve o dano ao patrimônio público e quem vai pagar? A corda sempre arrebenta do lado mais fraco. Por isso cuidado Carlos você é a vítima e ponto.

  4. Kleber Alexis B de Abreu disse:

    Só posso deixar meu repúdio ao ocorrido, relato claro da truculência e, tentativa por parte de uma peça substituível da corporação, que esqueceu, que vivemos em uma DEMOCRACIA.

    Devemos deixar claro, que servidor tem a função de servir e, quem serve, serve ao patrão, que nesse caso é o POVO.

    O desrespeito feriu não só a esse cidadão que representa a nós, POVO, mas, a toda instituição JUSTIÇA, pois, foi demonstrado despreparo e desrespeito a todos que ali estavam.

    Esse ocorrido me lembrou uma música do Titãs.

    Polícia
    Titãs

    Dizem que ela existe
    Prá ajudar!
    Dizem que ela existe
    Prá proteger!
    Eu sei que ela pode
    Te parar!
    Eu sei que ela pode
    Te prender!…
    Polícia!
    Para quem precisa
    Polícia!
    Para quem precisa
    De polícia…(2x)
    Dizem prá você
    Obedecer!
    Dizem prá você
    Responder!
    Dizem prá você
    Cooperar!
    Dizem prá você
    Respeitar!…
    Polícia!
    Para quem precisa
    Polícia!
    Para quem precisa
    De polícia…(2x)

    A recíproca hoje para com o POVO é necessária querendo ou não.

    Hoje a regra não é esse tipo de Policial, contudo as exceções aos bons Policiais Civis ou Militares, que ainda transpiram o ranço da ditadura e, sofrem por isso, aconselho a buscarem residencia fixa na Coréia do Norte, pois no Líbano o último ditador Muamar Kadafi está conversando com o Saddam Hussein.

  5. Melissa Conceição disse:

    ESSE POLICIAL VIVE METIDO EM SITUAÇÕES DE ENCRENCA.
    EM QUALQUER LUGAR A MAIORIA DIZ NÃO SUPORTAR ESSE CIDADÃO(SE É QUE SE PODE CHAMA-LO ASSIM).
    UMA PESSOA ARROGANTE,METIDO A VALENTÃO….PURO IGNORANTE,ISSO SIM.
    PESSOAS COMO ESTE SER DENIGREM A IMAGEM DOS BONS POLICIAIS,TANTO DE NOSSA CIDADE COMO DE TODO O DEMAIS.
    GOSTA DE BATER.DE SER O PODEROSO.
    SERÁ QUE TEM FAMILIA UMA CRIATURA DESSA
    SÓ OUÇO FALAREM MAL DELE
    COITADA DA CONPANHEIRA(SE É QUE EXISTA ALGUÉM CAPAZ DE VIVER COM ISSO)

    BOCA DE RUA VOCES CADA DIA MELHORES

  6. Luciana Martyns disse:

    Não sumi,rsrsrs

    Estava novamente com problemas no PC (hd desta vez), enfim fiquei alguns dias longe e quando volto uma noticias dessas!!!
    Onde vamos parar????
    Ja virou clichê…

    Repudio é pouco, isso não seria caso de denuncia na Corregedoria?
    Enfim desacato a funcionario publico e ao cidadão que passou por todo este constrangimento ficará por isso mesmo?

    Até onde eu sei…
    A revista pessoal, pedido de documentação,etc… É uma afronta à dignidade humana e uma violência, passível de punição por abuso de autoridade.

    Ela somente é autorizada mediante determinadas circustâncias, como, por exemplo, o local onde o sujeito se encontra com alto nível de criminalidade, o horário, sua reação ao avistar a viatura policial (susto, medo, tentativa de evasão, etc.), ou em caso de flagrante delito.

    A revista pessoal deve ser precedida de expressa concordância do cidadão que não está obrigado a se submeter a constrangimento ilegal.

    Isso porque vivemos numa democracia, aproveitando a ocasião deviam “varrer” do lixo das leis ditatoriais: o “desacato à autoridade”, mais um crime “criado” na época da ditadura, que ameaça todos os cidadãos que entram numa repartição pública. Topamos com um aviso de que desacato à autoridade é crime e dá cadeia e multa.

    Considerando a qualidade dos serviços públicos (e nunca esquecendo que seus usuários são quase sempre os mais pobres e menos poderosos) isso ser crime impede que um cidadão reclame de mau atendimento num hospital público , etc.
    Qualquer funcionário público pode se sentir desacatado por um cidadão pagador de impostos que resolveu, apenas, reclamar seus direitos.

    “Pé na Porta” e “desacato à autoridade” não cabem na democracia, para pobres ou para ricos.

    Abrçs ao Boca…
    Mais uma vez Parabéns

    • Pra você vê, que ainda impera o “OLHO POR OLHO, DENTE POR DENTE.”

      DEMOCRACIA? O QUE É ISSO?

      O povo, principalmente de Peruíbe, está muito aquém de estar vivendo em uma DEMOCRACIA, sequer sabem o que significa.

      A DEMOCRACIA só existe no papel, na teoria, mas na prática, a coisa é bem diferente, predominando o “MANDA QUEM PODE, OBEDECE QUEM TEM JUÍZO.”

      É um total desrespeito pelos limites do cidadão, algumas autoridades se prevalecem da posição que estão ocupando, para crescer e ter predominância sobre o cidadão de bem, vão abordando como se bandido fosse, extrapolam os limites da Lei, quem deveria proteger o cidadão que paga o salário deles são os que amedrontam, partem para a agressão.

      Ainda bem, Lú, que dentre tantos policiais honestos, corretos e cumpridores dos deveres legais, que graças a Deus é grande maioria, existe essa laranja podre para denegrir a imagem da corporação, tendo em vista ele estar fardado no momento da agressão, deveria ao menos ter respeito pela farda que ele usa, caso ele não tenha sido educado o suficiente para respeitar o seu semelhante.

      Um funcionário com esse perfil tem que ser, sumariamente, afastado do convívio social, ele não pode ficar trabalhando direto com o público, pois o mesmo oferece risco à sociedade.

      Lú, o BOCA DE RUA agradece a visita.

  7. MARTA disse:

    OLÁ, SR. CARLOS CAVALLARO . LAMENTO MUITO PELO OCORRIDO COM VOSSA PESSOA. MAS QUE ENGRAÇADO NÉ !.. NO DIA 01 DE OUTUBRO AGORA PASSADO, ERAM UMAS 10 HORAS DA MANHÃ , ESTAVA EU NA JANELA DE MEU APTO EDIFÍCIO ITATINS , CENTRO DA CIDADE ,( FRENTE A RUA DA PRAIA ) QUANDO UM CARRO CHEGOU E ESTACIONOU NO CALÇADÃO , E DALI DESCERÃO 4 JOVENS RAPAZES E UMA CRIANÇA DE MÁXIMO 10 ANOS, CADA UM COM 1 LATINHA DE CERVEJA NA MÃO , ELES ABRIRAM O CAPÔ DE TRÁS E “”" BELAS CAIXAS DE SOM APARECERAM “” E NO ULTIMO VOLUME A FESTA COMEÇOU. OUÇAM A MÚSICA QUE COMEÇOU A TOCAR .. ( “” QUERO FDR… QUERO FDR.. COM VC …) LOGO DEPOIS FORAM ATÉ O QUIOSQUE PRÓXIMO E PEGARAM MAIS BEBIDAS. SÓ QUE NÃO PAGARAM, POIS UNS 5 FUNCIONÁRIOS DO QUIOSQUE RODEOU O CARRO DELES E ´NOTEI DO MEU APTO. QUE HAVIA ALÍ ÁRES DE UMA LÉVE DISCUSSÃO . DITO E FEITO. CHAMARAM A POLÍCIA. OS JÓVENS RAPIDAMENTE “” DESLIGARAM “” O SOM E “”FECHARAM ”O CAPÔ . QUANDO OS POLICIAIS VIERAM ,DURANTE POR UMA HORA ,ELES FICARAM APAZIGUANDO O OCORRIDO , ATÉ QUE UM CASAL NUMA MOTO CHEGOU E FORAM PAGAR A CONTA NO QUIOSQUE. UM DOS JOVENS ATÉ ABRAÇOU UM POLICIAL . !! XAVECO É XAVECO NÉ !!. E TODOS FORAM EMBORA FELIZES E CONTENTES. SERÁ QUE NESTE CASO , A POLÍCIA NÃO DEVERIA TER SE LIGADO QUE ELES BEBIAM E DIRIGIAM ? E A CRIANÇA DE 10 ANOS QUE ESTAVA JUNTAMENTE COM ELES DENTRO DAQUELE ANTRINHO COM 4 RODAS OUVINDO AQUELAS BÉLAS MÚSICAS? E AS CAIXAS DE SOM ? A POLICIA NÃO PODERIA TER REVISTADO O CARRO ?? // ENGRAÇADO TAMBÉM SR. CARLOS, QUE TODAS AS MADRUGADAS DE SÁBADO, QUANDO ACONTECE AQUELE “”INFERNINHO “”QUE TODA PERUIBE CONHEÇE , NA RUA DA PRAIA ,ENFRENTE DO MESMO PRÉDIO , A PM QUANDO É CHAMADA E VEM DEVIDO A TANTAS RECLAMAÇÕES DOS CONDÔMINOS , NÃO AGRIDE CERTOS ” CRETINOS “” QUE CIRCULAM COM SEUS CARROS E SEUS SONS EM ÚLTIMO VOLUME E OBRIGAM O PESSOAL DO PRÉDIO INTEIRO A OUVI-LAS POR TODA MADRUGADA , CUJAS LETRAS SÃO DE DOER. COM TODO RESPEITO QUE EU TENHO POR ESSE JORNAL , PELA CLAUDETE, E POR VC SR. CARLOS , PEÇO A LICENÇA DE MOSTRAR-LHES UMA AGORA QUE TOCARAM MUITO NA MADRUGADA DO ÚLTIMO SÁBADO . LA VAI !! ( DESCE A B_ _ _ _ _ NHA NO MEU PAU … AI..AI.. VAI.. VAI.. ) . LHES PERGUNTO AGORA KD O RESPEITO AO CIDADÃO DE BEM? KD A LEI DO SILÊNCIO ? E AS GARRAFAS DE BEBIDA , OS PINOS DE COCAINA ESPALHADOS PELA RUA QUE ELES DEIXAM ? E O MAU CHEIRO DE URINADAS DEIXADAS PELOS POSTES E MURINHO DA PRAIA ?? E NINGUEM FAZ NADA !!! PARA QUEM ACHAR QUE ESTOU MENTINDO, TENHO GRAVAÇÕES NA MINHA CÂMERA . QUEREM SABER DE UMA COISA, SRS. , “”O RABO TÁ ABANANDO O GATO “”".

    • Marta, lamentável esse episódio, quem é pago pelo cidadão de bem, para proteger a sociedade é quem agride um pai de família enquanto que os baderneiros caracterizados ficam impunes.

      Com certeza, Marta o mesmo pau que bate em chico, não bate em Francisco, aqui em Peruíbe, existe o protecionismo, o filho de casado com, os juninhos da vida filhos de políticos desta Sucupira, são dois pesos e duas medidas, só prevalece “O CARA” a coroa nada, teria que ser os dois lados da moeda, fazer cumprir os Princípios Constitucionais, que são eles:

      Princípio da Isonomia ou da Igualdade

      Princípio da Moralidade

      Dignidade da pessoa humana: o Brasil é estruturado com base na consciência de que o valor da pessoa humana, enquanto ser humano, é insuperável. Em vários artigos a Constituição mostra como pretende assegurar o respeito à condição de dignidade do ser humano, como por exemplo no art. 5º, III, onde se lê que ninguém será submetido a tortura ou a tratamento desumano ou degradante, ou no art. 6º, onde se encontra uma lista de direitos sociais da pessoa.(grifos nossos- texto transcrito, na íntegra, da Constituição Federal do Brasil) a nossa Carta Magna.

      E foi ela que aquele Policial Militar desrespeitou, denegriu, constrangeu e vilipendiou a imagem de um cidadão diante de todo povo que estava no Fórum e com uma agravante desrespeitou, também, a Casa do Povo onde vamos buscar JUSTIÇA.

      Marta todas as providências cabíveis já foram tomadas contra o tal policial.

      O BOCA DE RUA agradece a visita.

  8. Maike disse:

    Sou Policial Miltar da Força Tática e fico triste com acontecimentos de agressão a pais de família em geral…minhas sinceras desculpas pelo acontecimento…porêm vale resaltar que o trabalho de abordagem policial é importantissimo para a manutenção da ordem pública…é prevista no Art.244 do CPP…Diáriamente são efetuadas prisões de individuos foragidos da justiça que estão nas ruas para cometer crimes de diversas naturezas e pessoas que vão, ou acabaram de cometer todo tipo de ilicito penal…Se com a PM nas ruas está difícil, imagina sem…as pessoas só sentem falta de nós quando estão em perigo…lembram de Deus e do Tel 190…vi muitos comentários sábios neste site, mas li tambem muita gente falando besteira…Daqui uns dias isso vai virar um inferno, ja que o policial vive tenso, ainda mais com a pressão popular de quem não entende o nosso trabalho…vão comessar a cruzar os braços e deixar o pau torar…ai eu quero ver o povo pedindo POLICIA na rua…acho que o problema é bem maior que a policia…Como diz o Capitão Nascimento no final do filme do Bope: O sistema é foda….

    • Maike, o BOCA DE RUA agradece a visita, você como policial competente não tem o que pedir desculpas, alguns, e ainda bem que são a minoria não sabemos por qual razão, ele perde o equilibrio e agride cidadão de bem, talvez esse policial estivesse no limite de suas forças, devido a pressão sofrida pelo próprio cargo que ocupa, mas isso não dá o direito dele sair espancando o primeiro cidadão de bem que encontra, precisamos de paz a população precisa de paz e não se combate a violência com violência.

      Talvez fosse o caso dele ser afastado da ruas e ser colocado no batalhão para serviços internos até passar o stress que ele deveria estar sofrendo.

      Toda a corporação é digna de respeito e todas as honrarias, não podemos generalizar, por causa de uma pessoa que não está nos melhores dias e sai da linha, dizer que todos são desequilibrados, não é esse o caso, sempre que precisamos da polícia ela nos atendeu prontamente, temos que parabenizar e agradecer por ela nos defender.

      Maike o BOCA DE RUA tem o maior respeito por toda a corporação, mas ele não pode admitir que um componente da Polícia Militar aja desta maneira com ciadadão pai de família.

      Conhecemos o seu empenho e o seu maravilhoso trabalho prestado na cidade de Peruíbe e agradecemos o comentário e a colaboração, você não tem que pagar pelos erros dos outros, você cumpre a Lei e respeita o cidadão é isso que importa.

      Continue desta maneira agindo sempre com cordialidade e dentro da Lei.

  9. suzana disse:

    oi sou de turvo sc tenho reclamaçoes dos policiais desa cidade trabalho de fachineira para dar o pao de cada dia para menhas filhas eos policiais ficam mme caluniamdo ke sou uma traficante se provalecem batemdo nos outros para eles mentirem sobre min nao e porke meu marido esta prezo acuzado por ser uzuario de drogas trabalho porke presizo sustentar elas nao sou iso ke eles falam vou procurar meus direitos na juistisapor favor sou onesta presizo de ajuda me responda oke poso fazer obrigada

    • Suzana, você precisa ter testemunhas para provar o alegado, se você tiver testemunhas vá ao MP que fica no Fórum de sua cidade e peça para fazer uma representação contra esses policiais que estão fazendo isso com você, eles não podem espancar ninguém, para confessar um crime que não existe.

      Caso você não faça isso então vá a OAB de sua cidade e peça um advogado dativo para ingressar com uma Ação contra esses policiais que estão praticando Abuso de Autoridade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>