Porto Brasil em Peruíbe: Realidade ou Ficção?

Vendo uma entrevista em um Jornal local (Peruíbe), o BOCA DE RUA deparou com essa matéria aqui ó:

Entrevista cedida ao Jornal pelo presidente do PSD ( PARTIDO DO KASSAB), veja a matéria, na íntegra:

Hoje estou aqui para postar esta matéria, não como BOCA DE RUA, mas como Claudete Andreotti, pois quer queiram, ou não, eu fui a única pessoa em Peruíbe que organizou 09 (nove) reuniões com os assessores direto da LLX, ou seja, os assessores direto do Eike Fuhrken Batista, mais conhecido como EIKE BATISTA.

O que aconteceu foi o seguinte:

Depois de terem impedido que acontecesse a Audiência Pública no Centro de Convenções de Peruíbe, em (26/03/2008) através de uma Liminar, eu (Claudete Andreotti) fui buscar informações junto a atual prefeita, na época, Julieta Omuro, pois foi ela quem ocupou o cargo de prefeita por conta do falecimento do Sr. José Roberto Preto, vale ressaltar que foi ele, (JOSÉ ROBERTO PRETO), quem viabilizou a vinda deste mega projeto, (PORTO BRASIL), para Peruíbe.

O motivo pelo qual fui buscar informações, era para, de alguma forma informar a população do MEGA PROJETO que estava vindo para a cidade tão carente de empregos e o povo estava animado, só que não sabia de nada, pois nenhuma autoridade fez questão de informar a população.

Quando questionei um vereador da base do governo, de como estaria a negociação do PORTO BRASIL pelo que ele respondeu-me:

“POR ENQUANTO NÃO ESTOU SABENDO DE NADA, MAS ASSIM QUE TIVER INFORMAÇÕES CONCRETAS LHE PASSO.”

Eu sabia que tal informação não correspondia com a verdade, que ele estava, sim, sabendo de tudo, haja vista ele acompanhar, a prefeita na época, a todas as reuniões ao Rio de Janeiro no escritório da EMPRESA LLX.

Foi aí que tomei a iniciativa de entrar em contato direto com o povo da LLX, comecei entrando em contato com a D T A Engenharia que, na época, era a responsável pelo PLANO DE TRABALHO PARA A ELABORAÇÃO DO EIA / RIMA – PORTO BRASIL / COMPLEXO INDUSTRIAL TANIGUÁ LLX AÇU OPERAÇÕES PORTUÁRIAS S/A Município de Peruíbe – SP Outubro de 2007 – ESTUDO DE IMPACTO AMBIENTAL – EIA – Criatividade e Excelência em Engenharia Portuária e Ambiental. ( mais detalhes acessem o site www.voltaportobrasilperuibe.com) site, este, criado por mim.

Entrei em contato com o Diretor desta empresa (J.A) que depois de várias conversas, onde o mesmo prestou vários esclarecimentos dos mais valiosos possíveis, ele achou por bem apresentar-me aos assessores direto do empresário EIKE BATISTA que combinamos de realizar a primeira reunião em uma sala que tinha disponível, onde é hoje o escritório do BOCA DE RUA, e realizamos a primeira, de 09 (nove), reuniões que houve para esclarecimentos à população do que estaria por vir, participavam destas reuniões, comerciantes, presidentes de associações de bairros, professores, enfim….

As reuniões aconteciam todas as quintas-feiras a partir das 19 horas, com, no máximo 40 pessoas, a sala ficava lotada, eram feitas palestras, com videos, distribuídos folders, e os palestrantes eram Diretores de assuntos comunitários (LLX) Assessor de Imprensa (LLX), Diretor de assuntos de meio ambiente (LLX), quando me reuni com o assessor direto do Eike Batista, ele me esclareceu que se fizéssemos várias reuniões com números menores de pessoas, seria bem mais rentável o aproveitamento das pessoas, tendo em vista, teria condição de esclarecer as dúvidas de todos, ao passo que se fosse um número maior de pessoas que não teria o mesmo aproveitamento em matéria de esclarecimentos das dúvidas. E assim foi, fizemos 09(nove) reuniões com grupos de pessoas diferentes, inclusive o Jornalista, dono deste jornal que esse senhor deu entrevista, participou de todas as reuniões, o senhor HEITOR PIRES.

Parti do seguinte pressuposto, de que se reunisse os presidentes de associação de bairros eles, por sua vez, passariam à população do Bairro, esclarecimentos do MEGA PROJETO que estava vindo para Peruíbe e que as autoridades estavam omitindo informações, sonegando esclarecimentos.

Da mesma forma informamos aos professores para que eles passassem aos alunos e aos pais e assim, através dessas reuniões, consegui informar grande parte da população da cidade de Peruíbe que estava sedenta de informações concretas, referente ao que estava por vir.

Quando eu residia em São Paulo, e vinha como turista aos finais de semana, não estava por dentro das necessidades do povo que reside aqui, as necessidades básicas, ou seja, EMPREGO, MORADIA, SAÚDE, SEGURANÇA E EDUCAÇÃO.

Quando decidi fixar residência em Peruíbe, logo nos primeiros meses de moradia pude vivenciar a penúria que o povo de Peruíbe é submetido, devido aos governantes que não se interessam em proporcionar uma vida digna a todos os cidadãos desta cidade tão precária em tudo.

Vendo tudo isso, me senti na obrigação de fazer algo por este povo sofrido, principalmente dos bairros mais carentes, que sequer são dignos de receber informação de total interesse da população, eu fiz o papel que nenhum vereador, da época, fez, e nem a prefeita, ninguém, nenhuma autoridade, teve respeito pelo povo em lhe informar de como estavam as negociações do PORTO BRASIL.

O senhor da entrevista ao Jornal no início da matéria, também concedeu, na época, entrevista à Record News, veja a entrevista, na íntegra:

Veja a ironia do destino deste cidadão, que foi vice-prefeito do senhor GILSON CARLOS BARGIERI, gestão 2000/2004, que o mesmo foi um vice-prefeito ausente, não comparecia ao trabalho, e no entanto, recebia do município, como se fosse um vice atuante, que um dia, em uma sessão na Câmara, o senhor Gilson Bargieri, subiu à Tribuna da Casa de Leis e reclamou que o vice dele não comparecia ao trabalho, o que gerou uma inimizade entre essas duas figuras políticas, passaram, portanto a serem inimigos número 01, foi quando esse mesmo cidadão, começou apitar no time do candidato a prefeito, o saudoso JOSÉ ROBERTO PRETO, que ao assumir a cadeira de prefeito no início de 2005, o nomeou como chefe de seu gabinete, e sua esposa, também, trabalhando dentro do gabinete do prefeito (PRETO), que ao falecer deixou sua cadeira para a vice-prefeita Julieta Omuro, que ao assumir a prefeitura tratou logo de exonerar este cidadão, tendo em vista, a criatura, supostamente, estava querendo mandar mais que o criador.

Hoje virou tudo novamente, e voltou como era antes, ele novamente está apitando no time desta atual gestão e sua esposa novamente foi indicada para prestar serviços aos soberanos, dentro do gabinete da realeza.

Um quebra-cabeça difícil de entender.

Depoimento do Presidente da Mongue referente a entrevista à Record News:

Enviado por Plínio Melo em 11/12/2007 (Peruíbe)

Site: www.mongue.org.br

Não queremos fomentar debates com pessoas com interesses financeiros (donos de imobiliária que parecem ter interesse pessoal no negócio). Porém o entrevistado cita a matéria da Record News e como fui eu quem deu a entrevista me sinto na obrigação de rebater, mas como este senhor foi exonerado pela atual prefeita fica na dúvida se ele pode falar em nome da Prefeitura Municipal, Acredito que não. Desta forma fica claro de identificar o mentiroso.

Referente à área que seria instalado o PORTO BRASIL, uns dizem que ela se tornou área de reserva indígena, essa questão, segundo um morador do Bairro do Guarau, me contou a seguinte história:

Que no ano 2000, os índios que residiam lá no Bananal, Bairro de Peruíbe, entraram em conflito religioso, e a tribo começou uma desavença muito grande, e para resolver momentaneamente o problema esse senhor do Guarau, juntamente com o senhor Gilson Bargieri, atual prefeito na época, foram a essa aldeia e retiraram alguns índios para por fim ao conflito dentro da tribo, sem ter local para o remanejamento destas famílias, aproximadamente 40 índios, o levaram para esta área que hoje é a Piaçaguera e Santa Cruz.

As terras que lá existem são de uma empresa de nome SINCAL SOCIEDADE IND E COM LTDA, ela é a detentora dessas terras, ou seja ela possui o TÍTULO DE AFORAMENTO e a AGÊNCIA NACIONAL DE TRANSPORTES AQUAVIÁRIOS (ANTAQ ) só libera a licença, para que haja a construção do porto seco, a quem possuir o Registro de Imóveis (RI) das terras, ou o Título de Aforamento, que é o que a SINCAL possui, veja:



O total de terras desta empresa é de 26.220.170 (vinte e seis milhões, duzentos e vinte mil e cento e setenta) metros quadrados, ou seja o equivalente a aproximadamente 6.400 (SEIS MIL E QUATROCENTOS) Alqueires de terra, isto é tendo início, na passarela da rodovia Padre Manoel da Nóbrega no bairro da Vila Erminda, até o Bairro de Santa Cruz, já na divisa de Itanhaém, bem próximo ao Bairro do Gaivota.

Esta área é toda da SINCAL que me entregou toda a documentação, inclusive o Título de Aforamento, para eu entregar aos assessores do empresário Eike Batista na última reunião que houve entreguei para um dos assessores do empresário.

As terras do senhor Leão Novaes, na época, havia fortes indícios de que não possuía o Registro de Imóveis, tampouco o Aforamento, por isso não poderia vender ao Eike Batista, tendo em vista na época, supostamente só teria o título de posse de aproximadamente 05 milhões de metros quadrados, o que seria uma área ínfima, diante das proporções que seria o projeto, sendo, portanto, a SINCAL a proprietária majoritária da maioria da área, quase 30 milhões de metros quadrados, devidamente documentada com TÍTULO DE AFORAMENTO.

O que me fez lutar para que o PORTO BRASIL viesse se instalar em Peruíbe, foi pensando única e exclusivamente no povo desta cidade que não tem emprego, não tem geração de renda, que a maioria desse povo às vezes não tem o que comer, e a Julieta Omuro, só perdeu a eleição, tendo em vista ela ter se aliado ao Deputado Beto Mansur e pelo que o povo ficou sabendo ele, bem como o senhor Marcio França seriam radicalmente contra a vinda do PORTO para Peruíbe, pois seria um forte concorrente ao PORTO DE SANTOS que é a menina dos olhos desses dois deputados, eles lutariam ferrenhamente, como, supostamente, lutaram para atrapalhar a vinda deste PORTO.

Outro “gigante” que não quer que venha nada para Peruíbe em matéria de porto é o senhor DANIEL DANTAS, veja por que:

Daniel Dantas, sócio da Santos-Brasil, concessionária do maior terminal público de contêineres em Santos, é contra mudanças que facilitem a criação de novos terminais privados. Um dos maiores interessados na abertura é o empresário Eike Batista, com seu projeto de investir 2 bilhões de dólares na construção de um mega porto em Peruíbe, a 70 quilômetros de Santos. Da solução dessa briga dependem mais de 30 000 exportadores e importadores, que movimentarão 375 bilhões de dólares neste ano. Enquanto ela não for resolvida — e enquanto os portos brasileiros não atingirem um grau de eficiência pelo menos próximo do que se vê em países competitivos —, quem perde são essas empresas e a economia do país.

Já para a Santos Brasil, a notícia é favorável, pois afasta a entrada de um forte concorrente, Eike Batista (LLX). Com o novo regime de concessões de portos. Segundo as expectativas do mercado, o novo modelo regulatório deve desobrigar os portos privados de contratar mão-de-obra avulsa, o que deverá lhes conferir condições de operar com recursos mais modernos, eficientes e de menor custo que os atuais concorrentes. Por esse motivo, havia a expectativa que parte da carga transportada em Santos passasse para Peruíbe e com isto os “tubarões do setor portuário de Santos perderiam terreno”.

Há políticos e mega empresários que não quer ver o crescimento do Brasil a nível de importação e exportação, querem colocar um “gigante dentro de um anão” quem não vê que o Terminal Portuário de Santos, não tem mais como crescer? O calado é mínimo e para adquirir a profundidade que Peruíbe possui, de maneira natural, serão necessários dragar 6 metros de profundidade e isto é o maior dano ambiental que se pode causar.

Mas agora, não dá mais para impedir a vinda de algum porto, soube que em Novembro (2011) terá início a abertura de licitações para instalar o PORTO PERUÍBE, e não mais PORTO BRASIL e que será a Petrobrás que fará com que venha um porto para PERUÍBE, em virtude do PRÉ-SAL na Bacia de Santos e não mais EIKE BATISTA.

Espero que os governos pensem mesmo no povo sofrido de Peruíbe, Baixada-Santista e Vale do Ribeira e fiscalizem essas obras para que haja o mínimo de impacto ambiental, para que haja mesmo implantação de indústrias não poluentes, mega shopping, hiper mercados, enfim, que haja geração de renda para o povo carente principalmente da cidade de Peruíbe, uma vez que a melhor indústria não poluente é a indústria do TURISMO, mas infelizmente o nosso turismo não é explorado de maneira educada e civilizada, não tem uma política de desenvolvimento nesta área , tão rentável em outras cidades, que têm governos sérios e que pensam e respeitam seu povo, enquanto que em nossa cidade, que tem tudo para ser uma GIGANTE na área turística, é extremamente precária.

Há fortes indícios de que Peruíbe já está recebendo royalties da Petrobrás se isso for mesmo verdade, qual o valor do recebimento destes royalties?

Aonde estão sendo aplicados?

O povo precisa saber da veracidade deste recebimento, se é fato, ou boato.

Veja a matéria da Folha de São Paulo:

15/09/2011 – 08h02
Alckmin defende regras atuais de partilha do pré-sal

Publicidade

FELIPE CARUSO – ENVIADO ESPECIAL A PERUÍBE (SP)
RODRIGO VIZEU – DE SÃO PAULO

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), defendeu ontem a manutenção das regras atuais de partilha dos royalties do petróleo no caso de contratos de exploração já licitados.

A posição do tucano vai de encontro à proposta do governo federal e dos Estados não produtores, que pressionam para receber uma porcentagem maior do royalties imediatamente e não somente em contratos futuros de exploração do pré-sal.

Governador de PE diz que União vai ceder nos royalties do pré-sal – Governo aceita ceder R$ 1 bilhão em royalties do petróleo – Senador diz que questão dos royalties se encaminha para solução

“Parece razoável que [apenas] nas novas licitações os Estados e municípios não produtores recebam um valor maior”, disse Alckmin durante evento em Peruíbe, no litoral de São Paulo.

Nas discussões para construir acordo sobre a distribuição dos recursos, os governadores dos Estados que mais produzem, como São Paulo, Rio e Espírito Santo, resistem em mudar as regras dos contratos explorados hoje pelo sistema de concessões.

Depois de passar a manhã reunido com o presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli, o tucano deixou claro que não pretende abrir mão da fatia que cabe aos Estados produtores durante o período de transição entre os sistemas, que se estenderá até 2020, segundo o governo.

“O pessoal [Estados não produtores] não vai esperar o pré-sal para receber em 2017 ou 2018. Eles querem receber no ano que vem. Quem vai cobrir isso? É a União? Aqueles que já estão recebendo [royalties]?”, questionou Alckmin, antes de o governo federal anunciar a nova proposta.

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), disse à Folha que considera a cartada do governo uma “proposta para início de conversa”. “É uma proposta que chama ao diálogo, que permite que nos sentemos à mesa para dialogar, fazendo um ajuste aqui e outro ali.”

Ele disse que estará hoje em Brasília para reuniões para avaliar a proposta.

O projeto prevê que caberia à União abrir mão de parte dos royalties que arrecada atualmente para elevar gradualmente a porcentagem recebida pelos Estados não produtores durante a fase de transição (entre 2011 e 2020).

Apesar dos impasses, Alckmin disse que é melhor chegar a uma “decisão política” que recorrer ao Supremo Tribunal Federal.

POSTADO POR CLAUDETE ANDREOTTI

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

12 respostas a Porto Brasil em Peruíbe: Realidade ou Ficção?

  1. Marcia Regina disse:

    Claudete adorei a matéria, sou professora concursada (Estado) eu participei, a convite seu, de uma dessas reuniões que você promoveu com os diretores da LLX, o que, na época esclareceu muito bem o projeto do Porto Brasil.

    Não me lembro de ter visto este senhor da entrevista, participando das reuniões que você promoveu, lembro bem que estavam presentes, além do Jornalista o senhor Heitor Pires (Jornal Acontece de Peruíbe), aquele senhor alto que fica no Pronto Socorro, agora ele está no “AME”, orientando as pessoas, inclusive no dia que eu fui à reunião o vi participando.

    Por que que tem sempre alguém querendo ser o “Pai da criança?”

    Que feio senhor, não me lembro de saber que o senhor foi a pessoa mais importante neste projeto, pelo que sei, grande parte da população só ficou sabendo de detalhes deste projeto através da Claudete, ela foi a peça chave para esclarecer ao povo o que seria o projeto Porto Brasil, não o senhor.

    Clau, não ligue para esse tipo de pessoa que só quer pegar carona no brilho de outra pessoa, como você.

    Não adianta ninguém querer se vangloriar em cima do seu trabalho, quem criou o site http://www.voltaportobrasilperuibe.com foi você, é o site mais esclarecedor, deste projeto, que já vi é o melhor em matéria de explicação e conteúdo bem organizado.

    Parabéns, mulher guerreira, mulher de pulso forte se Peruíbe tivesse pelo menos 10 Claudetes, estaríamos bem, mas infelizmente você é única e impar.

    Continue assim, não retroceda nenhum milímetro da sua brilhante caminhada na estrada da vida, difícil de trafegar por ela, mas não impossível de conseguir realizar suas aspirações, seus ideais.

    Beijão amiga, estou com você e não abro.

    Você arrasou com esta matéria.

    • Marcia, agradeço a sua visita e os elogios, direcionados à minha pessoa.

      São pelas pessoas como você, que graças a Deus é a maioria do povo desta cidade, que eu sinto que sempre vale a pena continuar, não desistir de lutar, jamais, pelo bem do povo, da cidade, de maneira geral.

      Às vezes recebo pedradas, pauladas, mas de repente vem uma pessoa como você e me traz palavras de ânimo, elogios e reconhecimentos pelo trabalho que venho desenvolvendo há anos, desde quando cheguei de São Paulo, e tenho a certeza que assim como você me ergue, me coloca lá em cima, muitas outras pessoas também fazem isso, são por vocês que vou lutar até morrer, ainda que os poderosos façam ameaças de morte para eu me calar ou parar de lutar, não o farei, pois respeito as pessoas de bem e que querem ver uma Peruíbe melhor, sem corrupção, sem mentiras, sem hipocrisia, uma Peruíbe linda, saudável e de cara limpa.

      Vamos conseguir limpar a cara desta cidade, tão suja ultimamente, que só vemos estampada nas páginas policiais, vamos tirar Peruíbe da lama.

      DA PERUÍBE QUE TEMOS PARA A PERUÍBE QUE QUEREMOS E COM CERTEZA, NÃO É ESTA PERUÍBE QUE
      QUEREMOS TER.

  2. Pois é, não desistem nunca…
    No dia 19 de abril o ministro da Justiça decretou a área como Terra Indígena Piaçaguera, de uso esclusivos ao povo indígena, foi publicado no DOU de 23-04-2011.
    Esta agendado para o início de 2012 a parte fisica, ou seja, colocações de placas, idenizações de posseiros de boa fé e retirada dos posseiros de má fé, juntamente com a PF. Estamos convidando todos para participarem das comemorações do aniversário da Terra indígena nos dias 11 e 12 de novembro, apareçam lá!

    • Cristiano Hutter, satisfação tê-lo em nosso espaço, o BOCA DE RUA agradece a visita e o comentário.

      Conhecemos o seu trabalho, em prol deste povo sofrido e não reconhecido que eles são os verdadeiros donos de todo Brasil, nós é que somos os invasores, aqueles que tomamos suas terras, pois quando “Pedro Alvares Cabral” chegou ao Brasil esse povo já existia como sendo o descobridor desta terra, mas não foi reconhecido, como nada que um povo humilde faça é reconhecido, tem sempre alguém, “esperto” que chama para si o “mérito, os louros.”

      A exemplo deste senhor que deu a entrevista ao Jornal, o que ele fez para informar a população, de Peruíbe, o projeto que estava vindo? Nada!

      A SINCAL é a detentora dessas terras, ela prova com documentos, se estamos falando isso, é por que temos em mãos todos os documentos, aliás a Claudete, tinha em seu poder todos os documentos, que entregou ao assessor do Eike Batista, esses documentos provam que a SINCAL é a única que tem o Título de Aforamento daquelas terras, caberá a UNIÃO indenizá-la por ter tornado reserva indígena.

      Quanto ao projeto, que esteve na iminência de se instalar em Peruíbe, segundo ficamos sabendo, não terá mais como evitar que venha o porto para Peruíbe, só que agora será, ficamos sabendo que a Petrobrás que vai viabilizar a vinda deste projeto, ou seja o Governo Federal, também não sabemos até que ponto isso é verdadeiro, há rumores que o porto estaria vindo para se instalar em Peruíbe, talvez seja para um futuro, meio distante, e não para os próximos anos, quem sabe!

      Não será mais através do mega empresário Eike Batista, muito embora, em uma de suas entrevistas, ele disse que quando abrisse licitação para instalar um porto em Peruíbe que participaria da concorrência , vamos esperar para ver.

      Só abordamos esse assunto, tendo em vista o Jornal que noticiou não está falando totalmente a verdade, por enquanto são só hipóteses, não passam disso, de verdadeiro, de concreto acreditamos que ainda não há nada, tendo em vista , estarmos em contato direto com o dono da SINCAL e, por enquanto, ele não nos disse nada referente à venda das terras para a instalação de um porto.

  3. Suzane disse:

    O Porto é para desenvolvimento ou há outros interesses escondidos desta empresa que já tinha alvará para extração de titânio e etcs em Peruíbe desde os anos de 2006/2007???

  4. Daniel Simões disse:

    Prezados Senhores da Equipe Boca de Rua,
    Primeiramente gostaria de parabenizar a todos pelos trabalhos realizados em prou da cidade de Peruíbe. O que está sendo feito pela “Boca de Rua” tenho certeza de que será muito importante para a cidade.
    Vivemos em um conflito entre interesses financeiros e ecológicos, mas como todos sabemos, precisamos chegar a um meio termo para tudo. Respeito muito toda a humanidade indígena, mas precisamos crescer junto com o país todo. Sou investidor e pretendo ajudar a cidade de Peruíbe a crescer, sempre respeitando o lugar de todos. Gostaria de saber qual a ultima posição que o “Boca de Rua” tem referente a implantação do porto na cidade. Isso vai sair? Tem previsão de inicio? Será uma licitação?
    Por favor, peço a gentileza de me atualizarem.
    Desde já, agradeço a atenção e mais uma vez meus parabéns.

    Atenciosamente

    • Daniel, o BOCA DE RUA agradece o reconhecimento do nosso trabalho, tão criticado e severamente punido por aqueles que fazem questão de ter o alicerce na mentira, na hipocrisia, na falsidade e na enganação.

      Referente ao PORTO, se ele virá ou não, isso agora não dá mais para impedir que seja instalado um porto em Peruíbe, tendo em vista a vinda do Pré-Sal na Bacia de Santos e a ampliação do Canal do Panamá, caso o Brasil não se expanda a nível portuário, certamente ficará na Lanterna e será impedido de se lançar par o mundo, pois o nosso Porto de Santos há muitos anos que está obsoleto, o calado do Porto de Santos não atinge a profundidade para receber UBs Cargueiros, ainda que façam dragagem que é um desastre ambiental, ainda assim ele não conseguirá suprir a demanda o que manterá o Brasil no final da fila do progresso.

      O Porto de Santos é tão obsoleto e ultrapassado que ele ainda depende da Lua para a maré ficar alta e os navios de grande porte atracarem, veja bem grande porte e não graneleiro capesize e sendo assim o porto de Peruíbe será o maior HUB porto da América Latina.

      Os únicos locais, segundo estudos dos mergulhadores, que tem 18 metros de calado natural é em Peruíbe e no Chile, creio que não seja mais o “fanfarrão” do Eike Batista a instalar o porto em Peruíbe, estamos sabendo que a Petrobrás quem irá abraçar a causa e que de início será apenas cargueiro, mas que futuramente será expandido para receber também navios de cruzeiro.

      O investidor que quiser investir em Peruíbe, Itariri e Pedro de Toledo, essa é a hora, haja vista, com o processo acelarado do Pré-Sal já não temos mais condições de investir em Santos, São Vicente e Praia Grande, visto que a valorização dos imóveis nestas cidades nesses últimos três anos foi assustadora quintuplicando o valor dos imóveis, por enquanto Mongaguá, Itanhaém, Peruíbe, Itariri e Pedro de Toledo ainda está tendo condição de comprar imóveis a preço mais acessível.

      Pelas grandes empresas que estão vindo se instalar em Peruibe há rumores que esse mega evento virá em um curto espaço de tempo, não temos mais como impedir que isso aconteça.

  5. Eu acho que a petrobras está nessa como testa de ferro, pela história do pressal. O fanfarrão, Eike Batista, é quem está comandando tudo por trás. É lamentável levar porto para o paraíso, onde vai trazer drogas, prostituição, doenças, e não um progresso como falam. A real é que eles só estão vendo o dinheiro deles. O enriquecimento de cada um. E assim, a corrupção continua.

  6. Spencer Freire disse:

    Oi Jamesson,
    Em que paraíso você vive?
    Prostituição, drogas e doenças tem em toda parte, inclusive lá.
    Tem ladrão também pois minha casa, que fica lá perto, foi assaltada por que nâo tem nenhuma fonte de renda.
    Sou 100% a favor do porto para desenvolver a região com emprego, moradia, saúde e educação.
    É lógico que aquele que investir no local deseje obter lucro. Mas quem quer trabalhar de graça? Se disso houver corrupção que os responsáveis respondam por isso. Ou será que teremos que estacionar a nave terra no século passado por conta de alguns fiscais da natureza? Já ouviu dizer que o sertão vai virar mar? Pois é… E o mar vai virar sertão. Mais cedo ou mais tarde.
    Spencer Freire

  7. Emerson disse:

    Oi tudo bem. A gente aqui dessas tres cidades temos que saber os politicos de santos sempre foran contra o nosso progresso a ex prefeita de peruibe sera que nao sabia disso um polico de santos vai querer ver um porto de navio que com serteza vai dar uma quebrada neles igual aqui em itanhaem os santistas queren que saia o aeroporto no guaruja para levar a petrobras daqui de itanhaem para eles e o povo daqui dessas tres cidades como fica .nunca pessa apoio de santista por que mongagua itanhaem peruibe sempre foran descriminada por santistas.e pior que tem gente daqui que votou no maior inimigo do nosso progresso beto mansur marcio franca entre outros mongagua itanhaem peruibe tem que se unir e nas proximas eleicao devemos colocar la em brasilia um politico daqui que realmente pense igual a gente que nao se deixe comprar. meu nome e emerson morador de itanhaem .mongagua itanhaem peruibe vamos acorda.vamos apoiar nos mesmo e que DEUS estege com nosco em nome de JESUS CRISTO amen.

    • Emerson, o BOCA DE RUA agradece seu comentário em forma de apelo, é isso mesmo vamos acabar com essa história de xerifes mandas-chuva, advinhe quem vai ser o prefeito de São Vicente? Eu duvido que não seja o filhinho do papai pois o atual prefeito já foi o indicado do xerife, foi reeleito e agora não dá mais, então para continuar com a herança e ele tinha que esperar o filhote crescer agora ele já emplumou então já pode ser prefeito, essas cidades da Baixada Santista estão engessadas sob o domínio desses coronéis, temos que acabar com isso, veja aí na sua cidade segundo o Forssell alguém daqui de Peruíbe está bancando a campanha do Strama, indicado pelo xerife advinhe quem será o prefeito de Itanhaém? Não temos dúvidas que seja o indicado pelo coronel e aí meu amigo nós vamos embrulhar em uma caixa de presente com um lação de fitas bem grande e vamos colocar no pacotão 40 indicado pelo coronel nada mais nada menos quem???? O REI DO GADO de Peruíbe e vamos dar para vocês, cuidado em quem você irão votar, correrão o risco de levar no pacote o nosso amado ODORICO PARAGUAÇÚ e as Irmãs Cajazeiras MMM.

  8. CONCORRÊNCIA Nº 02/FUNAI/SEDE/2012

    Objeto: Contratação de empresas especializadas em agrimensura, cartografia e geodésia para demarcação e avivamento dos limites das terras indígenas: Bacurizinho, Buriti, Caarapó, Caramuru/Paraguassú, Dourados, Guarani do Araça’I, Guyraroká, Jatayvary, Nambikwara, Passo Grande do Rio Forquilha, Piaçaguera, Pindoty, Piraí e Tarumã, Porquinhos dos Canela-Apânjekra, São Marcos e Merure, Sombrerito, Tubarão Latundê, Vale do Guaporé, Pequizal e Taihantesu, Xapecó e Pinhalzinho Canhadão, Xukuru-Kariri eYvyporã-Laranjinha.
    Abertura: 25/10/2012, às 10h. Retirada do Edital: a partir da publicação deste Aviso, de 2ª a 6ª feira, das 9h30 às 11h30 e das 14h às 17h30. O Edital poderá ser obtido no “site”www.comprasnet.gov.br ou por solicitação ao”e-mail”concorrencia@funai.gov.br.
    *Anexos

    Obs. Será poderiam divulgar isto, pois estes sites do governo quase ninguém entra e temos preça para fazer logo esta demarcação física da Aldeia Piaçaguera.

    Saudações Indigenistas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>